terça-feira, 7 de agosto de 2012

Marshmallows de mudança

Como algumas pessoas adivinharam, a segunda parte da novidade em minha vida é a de que estou me mudando. De novo. Grávida. De novo. Mas desta vez a mudança é grande: estamos saindo de São Paulo. Foi um choque para nossos amigos mas um movimento totalmente esperado por nossa família. Estava cada vez mais óbvio que nosso estilo de vida não mais combinava com o centro dos Jardins.

Ainda não é um sítio no meio do mato, mas tem uma formiguinha me mordendo atrás da orelha, que me diz que o passo que estamos dando é apenas um em direção a algo ainda um pouco mais radical. Mas vamos ver. Nasci nos Jardins, e é a primeira vez que vou morar a mais de quarenta minutos de minha mãe, ou mesmo a mais de um quarteirão de uma padaria, então acredito que será uma experiência um pouco assustadora, ainda que bem vinda.

Com a mudança marcada, tornou-se uma missão minha acabar com todos os itens do meu freezer e tudo aquilo da geladeira e da despensa que fosse difícil de transportar. É claro que eu não consegui. É claro que há muito mais farinhas especiais, feijões, e pastas de curry do que minha família poderia consumir em um mês. Mas pelo menos o freezer precisava ser limpo. E minha maior nêmesis eram as claras. Vinte claras congeladas. O que um ser humano faz com vinte claras congeladas? Suspiro para abastecer uma escola primária? Não. Angel Food Cake. Que virou meu bolo oficial de mudança. Nada faz a rapa das claras congeladas como um Angel Food Cake. E encontrei um no lindo livro Bon Appétit Desserts que usava 14 delas! O bolo ficou delicioso, mas não vai aparecer por aqui. Primeiro porque não consegui tirar uma foto do bendito. Segundo porque ele precisa de uma forma de furo no meio absolutamente imensa, de um tamanho que eu sei que a maioria dos brasileiros simplesmente não tem. Nem eu. Usei a maior forma de pudim que eu tinha, e mesmo assim tive de jogar fora (!!!!) uma xícara e meia de massa, pois não cabia mais. Para quê dificultar a vida de vocês?

Mas ainda sobraram claras. O que fazer? O que fazer? Acabado o bolo, ataquei os marshmallows. Nunca fiz as versões que levam apenas gelatina, porque sempre que resolvo prepará-los é o uso das claras perdidas que me atrai. Esses, do delicado livro Miette, ficaram ótimos, e não consigo parar de comê-los, o que não é exatamente bom para minhas ancas parideiras. Certamente, no entanto, anuviam a preocupação e o stress de empacotar toda uma casa enquanto se impede um garotinho de um ano e meio de escalar a caixa onde está a louça.

Nos mudamos na semana que vem. Como ainda não consegui resolver a conversão do meu fogão de volta para gás de botijão [butijão? desligar a correção ortográfica automática é confiar perigosamente no próprio cérebro... hmmm...], provavelmente semana que vem será uma semana estranha de macarrão feito no fogareiro e legumes grelhados na churrasqueira. [Sim! Churrasqueira! Meus amigos não entendem para que serve uma churrasqueira na casa de quem não come picanha, mas eles vão ver só!] Não sei se haverá algum post, mas juro que tentarei, pelo menos para captar a bizarrice da situação. ;)

Enquanto isso, mais um marshmallow.

MIETTE MARSHMALLOWS
Rendimento: cerca de 48 unidades, dependendo do tamanho que você cortar

Ingredientes:
  • 1/2 xic. amido de milho
  • 1/2 xic. açúcar de confeiteiro, peneirado
  • 3 colh. (sopa) + 2 colh. (chá) gelatina em pó incolor e sem sabor (pouquinho mais de 2 envelopes de 12g)
  • 1/3 xic. água + 1/2 xic.
  • 2 xic. açúcar cristal orgânico
  • 1/2 xic. glucose de milho
  • 1/2 fava de baunilha
  • 3 claras de ovo grande, orgânico
  • 1 colh. (sopa) extrato natural de baunilha
  • 1 pitada de cremor tártaro
  • 1/4 colh. (chá) sal

Preparo:
  1. Unte ligeiramente com óleo neutro uma assadeira de aproximadamente 20x30cm. Em uma tigela pequena, misture bem o amido e o açúcar de confeiteiro. Polvilhe um pouco na assadeira, cobrindo bem o fundo e as laterais e bata o excesso de volta na tigela para usar depois. Reserve.
  2. Numa tigela pequena, coloque 1/3 xic. de água fria e polvilhe a gelatina por cima. Reserve.
  3. Numa panela pequena, combine o açúcar cristal, a glucose e 1/2 xic. de água fria. Corte a meia fava de baunilha ao meio e raspe as sementes para dentro da panela (guarde a casca da fava no seu pote de açúcar, se quiser). Coloque um termômetro de óleo/açúcar na panela e leve ao fogo médio-baixo, sem mexer, até que chegue a 120ºC. 
  4. Enquanto isso, coloque na tigela da batedeira (com o batedor de arame) as claras, o extrato de baunilha, o cremor tártaro e o sal. Quando o caramelo da panela chegar a 110ºC, ligue a batedeira em velocidade baixa. 
  5. Quando o caramelo chegar a 120ºC, retire imediatamente do fogo e junte a gelatina, misturando bem e rapidamente com um fouet até que não haja mais pedacinhos de gelatina visíveis. Passe a mistura por uma peneira em uma tigela resistente ao calor para retirar qualquer pedacinho de gelatina que não tenha dissolvido.
  6. Com a batedeira em velocidade baixa, coloque uma quantidade pequena do caramelo, tentando não atingir o batedor de arame. Continue adicionando o caramelo em fio, devagar. Quando todo o caramelo tiver sido adicionado, aumente a velocidade da batedeira para médio-alta e bata até que a tigela da batedeira esteja em temperatura ambiente e a mistura esteja clara e com picos firmes. Isso pode levar vários minutos. 
  7. Despeje a mistura na assadeira preparada e alise a superfície com uma espátula. Polvilhe mais um pouco de amido com açúcar por cima, cubra a assadeira com papel alumínio e deixe firmar por aproximadamente 6 horas em temperatura ambiente. 
  8. Com a ajuda de uma espátula, desenforme a massa. Com uma faca afiada, ligeiramente untada de óleo, corte o marshmallow em cubos e passe-os na mistura de amido e açúcar. Guarde em pote fechado, em temperatura ambiente, por até 5 dias.


40 comentários:

Renata disse...

Ana, noticia legal! Eu me mudei de SP faz 4 anos. Nenhuma mudança muito radical, moro em Sao Jose dos Campos. No início eu sofria com a falta da familia, por não estar do lado do bairro da Liberdade e comprar shimeji baratíssimo e achar produtos que ai tem em todo lugar e aqui tem gente que nem sabe o que é.
Mas hj, cada vez que eu vou pra SP quero voltar pra minha casa! Aquele monte de carro, o preço do estacionamento do shopping é o que eu pago em 2 entradas de cinema, o transito...
Enfim, nao sei pra onde você vai, mas certamente vai adorar a mudança!
Beijos e boa sorte

Camila disse...

Ana, espero que corra tudo bem na mudança e que vocês sejam muito felizes na casa nova!

Patricia Scarpin disse...

Pois eu achei uma receita deliciosa de mudança, assim como aquele outro angel food cake ótimo.
Força aí nas caixas!

Bj!

F. disse...

Boa sorte!

F.

Flavia disse...

Ana, acho que vocês têm que seguir o coração de vocês e viver onde se sentem melhor!
Há tempos sonho com uma casa, com um grande jardim, para poder plantar as minhas ervas, vegetais orgânicos, pé de amora, morango, limão, etc (quem sabe até mesmo framboesa e "currants"?). Moro em Osasco, pertinho de São Paulo, em um apartamento de 80m2 e o que eu mais quero é contato com a terra e um lugar tranquilo e arborizado, um pouco afastado da cidade. Me identifico muito com você nesse ponto.
Te desejo muita felicidade na casa nova!

Dricka disse...

Ah Ana que delicia, o bolo e a mudança! Pelo que tudo indica estão indo morar em uma casa, o que eu acho um prazer enorme. Sempre morei em casa e poder abrir a porta e ter um quintal (mesmo que pequenucho) pra chamar de seu não tem preço, se ele tiver um pedacinho de terra então é o paraiso!!! Muitas felicidades nessa nova fase!
Bjs

Dricka disse...

affe bolo não, receita!!!!

Fê Dayrell disse...

Ana adoro marshmallows que a nova etapa da sua vida seja doce como eles.
bjo

Junji Takeda disse...

Eu acho que eu tenho 2 ou 4 claras de ovos dentro do meu freezer. Talvez eu faça macarons ou dê uma de louco e faça um angel food cake.

Boa sorte na mudança! :)

Junji

dri disse...

Boa Sorte Depois você pode dizer para onde vai? bjs

Cynthia Nogueira disse...

Ah, eu amo marshmallows e uma única vez na vida comi uns maravilhosos, caseiros, que vieram da Austrália. Nunca me esquecerei!
AMs a minha batedeira é mequetrefe, ela não aguenta o tranco para fazer isso. Vou ficar na vontade!
Boa sorte com a mudança (dentro do possível!
Eu ando louca para me mudar também. Essa coisa de ficar parada num lugar só me cansa. E depois sacia a nossa curiosidade de mostra recanto do sossego pra gente!

Marcia H disse...

Ana,
boas mudanças, renovação, vida nova, tudo tem a ver. Essa receita é tudo que eu precisava: minha filha ama marshmallows, mas ela está reagindo a produtos industrializados, tudo tem xarope de frutose-glicose e outras porcariasinhas.
beijo

Juliana disse...

ana,
desejo tudo de bom, adoro tudo o que aparece aqui,
só espero que de tempos em tempos você consiga tempo e condições pra compartilhar um pouquinho.
no mais, apesar de não te conhecer de fato, fico realmente feliz vendo as coisas se desdobrarem para sua tão bonita família e para você.
desejo que você se aproxime cada vez mais da alegria e da serenidade.
um beijo

Ju

Fatima disse...

Ana, como já disse em um post anterior mudar para um sitio tb é um sonho meu.Que vc seja muito feliz na nova morada!!!!

Gabriela de Lima Correia disse...

mas vai continuar por aqui né??? podia pelo meno postar a foto que aparece no livro rsrs sou louca por formas diferentes e gostaria de saber que formato de bolo é esse rsrs

bjus

Unknown disse...

Querida Ana, mudanças são sempre bem vindas, ainda mais quando é para melhor. Eu já sai do stress de SP faz 4 anos anos. Fui para o fundão do estado por questões profissionais e não curti muito, parece que somos habituados a uma vida movimentada e não queremos parar. Agora estou em mogi das cruzes morando no meio do mato mesmo e finalmente compreendi que essa é a vida que eu sempre quis. Se precisar de um help me avise.
Bjo grande e parabéns pela decisão e pela nova vida que está sendo gerada!

Anna Paula disse...

Ana,

acredito muito que nossos desejos, quando não realizados, vão criando forças dentro da gente e nos impulsionando para realizá-los sem nem percebermos.
Este é mais um passo para sua casinha no mato. Dá pra perceber nos seus relatos, que este será seu futuro.
Vc até já conseguiu fazer o pão de forma pro seu marido!
Parabéns por vc conseguir se desapegar desta vida louca e barulhenta como nos jardins( apesar de não saber pra onde está indo).
Boa sorte e parabéns!
Anna Paula .

FERNANDA disse...

Ana! Tudo bem? Acompanho seu blog ja alguns anos (desde o pão do homem elefante e do strudel!;-) e voltei aqui hoje, apos um tempo, buscar uma receita.
E qual não é a minha surpresa, de ver tantas novidades!
Em primeiro lugar, desejo muita felicidade e saúde pro novo rebento! E o mesmo para sua casa nova (as vezes eu me perguntava qdo vcs fariam isso... rsrsrs)
Eu mesma atualmente moro 'quase num sítio', num dia sem trânsito a 20 min da cidade, que tem mato, os gatos andam soltos, trato os passarinhos que chegam, tem banana, tem hortinha que fizemos, tem aracuã e até esquilo!
Eu acredito que você vai adorar, e mais do que isso, vai dar uma chance pros seus filhos correrem na grama, pegarem fruta do pé, ver os bichinhos na natureza, minhoca, joaninha, e tantos outros!
Um beijo
Fernanda

lili disse...

Que corajosa!Boa sorte e saúde

Erika Fernanda disse...

Ana

Sempre acompanho seu blog, adoro demais, já fiz muitos dos pães que postou aqui, e pizza aqui em casa agora feita por nós, não vejo a hora de ter meu forno a lenha.

Adorei as novidades, queria desejar pra vc toda felicidade do mundo nesse novo lar que tem muito mais a ver com vocês.

Beijos
Erika

Lubélia disse...

faz dez anos que sai de são paulo rumo a atibaia,buscando criar meus filhos em um mundo mais calmo e perto da natureza.Acertei em cheio,ar puro,verduras frutas e legumes frescos colhidos na hora de comer e paz...tudi bão, só saúde e felicidade
Boa sorte e muita felicidade

Cristina disse...

Aha! Eu sabia que você ia se mudar! Aposto que na nova casa tem espaço para um ateliê! ;) (Ou algo parecido, haha)Pelo menos será mais silenciosa, né?

Boa sorte na mudança e tudo de bom na casa nova. Beijo!

Léia disse...

Oi Ana, que delicia de marchmallows e que delicia de notícia.Meu marido e eu estamos estudando a possibilidade de sairmos dessa loucura que se tornou São Paulo.Mas com filho em faculdade, filha adolescente, eles sempre acabam nos prendendo.Sem falar o marido que trabalha no aeroporto de cumbica.
Espero que essa mudança traga muita alegria e tranquilidade à sua família.Que todas as suas espectativas sejam concretizadas e superadas.Deus abençoe vocês.Beijos e tudo de bom.

Anônimo disse...

nossa ana que bom, nao deixe de postar sou leitora assidua e fico com um vazio quando nao lei nada seu adorooooooooooo.

Anônimo disse...

Ana felicidades na nova morada, e pra familia que vai aumentando Deus te abençoe e proteja. bjs. volta logo.(DIU)

Lílian disse...

Boa mudança, Ana!

Giiu disse...

Não acreditooo!! Que delícia!!
40 minutos não são nada, a gente pega qualquer transito em SP e já demora mais de 1h pra chegar em qualquer lugar!
Só lamento que nunca nos encontramos, pq sempre achei que moravamos perto =]

Boa mudança pra vcs!!

CRISTIANE LARA disse...

Oi Ana, tudo bem ? Desejo tudo de melhor para vocês nesse novo lar. Mudanças são sempre boas, com certeza ! Bjs

Cecília disse...

Uma feliz mudança pra vocês!!

Anônimo disse...

Olá Ana,
o primeiro post seu que eu li foi o do requeijão cremoso - num dia em que eu precisava de uma receita fácil e rápida pra fazer com meus alunos de culinária na pré-escola. Desde então estou sempre dando uma espiadinha no seu blog. Não sou foodie, não. Sou professora de música, trabalho 40 horas por semana, meu marido tem pouco tempo, e sou eu que corro atrás de filho, faxina, roupa, etc. Não dá pra ser kosher desse jeito. (Não sou judia, mas adoro o termo rsrsrsrs). Adorei o conceito da sexta-feira frugal, e fiquei super feliz de ver o título novamente. Tenho um super problema com ovo cru (minha mãe me passou isso... salmonelas e coisa e tal). Mas fiquei louca de vontade de tentar. Quem sabe daqui a pouco eu corra no mercado buscar meia dúzia de ovos orgânicos pra fazer uma salada de batata para os filhotes (já que o marido está viajando...).

Glaucia Gripp disse...

Ana Elisa, parabéns pelo bebê a ca-
minho, pela coragem de conquistar
novos horizontes e por insistir na
comida não industrializada...! Moro
no RJ (Meier) e conseguimos comprar
uma casa a 2 minutos do centro do
bairro, mas o quintal é grande, te-
mos mangueira, cajá-manga, abil, sapoti, figo, fruta-do-conde, laranja, acerola e 1 pé de limão siciliano já na segunda safra. E um
galo e muitas galinhas que me dão ovos amarelíssimos, com os quais faço muitos pães e delícias...! às
vezes é ótimo uma mudança! Vão com
Deus e muita sorte...! Glaucia

Priscila Beneducci disse...

Parabens vc fez marshmallows profissinalmente...

Anônimo disse...

Bom dia Ana,
Estou sempre lendo seu blog embora raramente escreva alguma coisa...Fiquei muito feliz com as novidades - família aumentando,mudança de residência, sonhos se realizando- que coisa linda, parabéns!!!
Com todo carinho,
Mariana

Beatriz disse...

Que notícia legal Ana! Só espero que vc não deixe de postar suas receitas e comentários mais que interessantes. É engraçado como me sinto tocada com as coisas que acontecem na sua vida...essa internet é mto louca msm... não sou mto de comentar os posts mas acompanho todos eles e seu blog de certa forma mudou meu estilo de vida. Não, não virei vegetariana! rsrs mas passei a ter vontade de cozinhar minhas próprias coisas e parei de comprar tudo industrializado, passei a confiar mais em mim e vi que tb posso fazer coisas gostosas na cozinha! rsrs E tudo começou com aqueles cupcake de chocolate e café que vc diz serem mto fáceis de fazer e são mesmos! Enfim, na época morava no Rio, hoje moro no extremo-oeste catarinense e no ano que vem ainda não sei para onde vamos. Mas o que quero mesmo é te desejar tudo de bom nessa nova fase da sua vida! Deus te abençoe. Obrigada por tudo e não esqueça de contratar internet por lá! kkkk bjs

Neiva disse...

Ana, frequento seu blog há poucos meses. Sou leitora compulsiva de blogs de culinária, mas ultimamente dedico-me apenas a dois, um deles o seu, que admiro. Aposentada há um ano, morava em Niterói há uns 40 anos e trabalhava no Rio (em outra área que não o jornalismo, minha anterior profissão). Minha primeira providência? Mudar-me da cidade grande para outra bem pequena, meu marido e eu, ambos aos 70 anos de idade. Imagine só a surpresa (se não o choque) de parentes e amigos! Ambos aparentamos 10 anos a menos e estamos curtindo muito a mudança. A cidade onde estamos agora tem ao mesmo tempo muito movimento (para quando quisermos) e tranquilidade. Essas viradas radicais podem assustar os que nos são caros, mas são maravilhosas! Ah, a cidade para onde nos mudamos foi Paraty. Desejo a você todo o sucesso na mudança, como nós tivemos. Neiva

wair de paula disse...

Ana, depois de ans morando nos jardins (Oscar Freire, no meio da muvuca) mudei-me para um canto afastado do Morumi, que chamo de "campo". Tenho laranja-lima, romã,
Amora, salvia,alecrim, alfazema e em breve nêsperas. Os amigos não vêm jantar m casa como era constante, mas vida está mais tranquila. Portanto, boa sorte & tudo de bom.

Marina disse...

Ana, que máximo! Confesso que tenho muita vontade de ir pra mais perto do mato, um lugar onde todos da família pudessem almoçar juntos, onde marido chegasse em casa do trabalho em 15 minutos, no máximo. Enfim, muitas coisas que melhorariam nossa qualidade de vida!
Buuuuuuuut, a proximidade da família, que muito me ajuda com minha mais velha (2 anos e 7 meses) e vai me ajudar mais ainda qd a minha caçula nascer (em novembro), sem contar a proximidade da praia, tem adiado os nossos planos! Quem sabe em alguns anos!

Boa sorte na mudança e super parabéns pelo segundinho ou segundinha. Beijocas

Anônimo disse...

Oi Ana,
Sempre acompanho o seu blog, embora essa seja a primeira vez que criei coragem para te escrever... Adoro a verdade das tuas linhas, bem diferente de muitos blogs que encontramos por aí... Durante minha gravidez voltava sempre aos seus post escritos durante a tua, sempre em busca de encontrar ali sentimentos e situações comuns a fase em que me encontrava...

Puxa, fiquei impressionada contigo, com tua coragem de encarar uma mudança com um filhote de pouco mais de 1 ano. Sou filha de militar e esposa de militar também, ou seja, mudança está no meu sangue por mais de 30 anos (só de casada já foram 6 mudanças e ano que vem terei mais uma), e devo dizer que adoro me mudar. Conhecer novas cidades, novas pessoas, redecorar a casa é sempre revigorante e desafiador... Só o trabalho que sai prejudicado, mas aprendi que temos que priorizar algumas coisas na vida em detrimento de outras às vezes...

Agora o que me impressionou mais foi tu encarar isso grávida de novo... aliás, me impressionei já de cara por ter engravidado de novo.. sou mãe de 1ª viagem e de uma filhota fofissima de 2 meses prestes a se completar e devo admitir que não consigo me ver encarando tudo isso de novo! A perfeição desse presente que Deus nos dá em forma de filho é magnífica e de um amor de ternura sem fim, mas várias vezes me pego chorando junto, quando minha filha resolve por a prova o pulmão que tem ao querer dormir e não conseguir... não tem colo, carrinho, bebe conforto ou qualquer coisa que dê jeito.. Como tu conseguiu passar por isso um dia desses e ainda querer outro? Fico me perguntando se tu chamavas teu filhote "dragão" por algum motivo especial assim...

Bom, fica aqui os meus parabéns pelo pouco que podemos conhecer de vc através do teu blog, parabéns pela gravidez!!

Deane

Tati Perolada disse...

aff, queria ter visto essa receita do angel cake e dos marshmallows antes :)
eu tinha 36 claras sobrando do quindão que fiz pro aniversário da minha filha (sou do mesmo tipinho que o seu, que gosta de comida roots, sem artificialismos), e eu tenho uma forma de pudim que é praticamente um balde :)

Camila disse...

Boa sorte com a mudança! Poxa, já é tão difícil achar certas coisas em grandes centros...se puder, nos dê um retorno de como vc está contornando a situação de comprar certos ingredientes no interior, Bjs

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails