terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Um almoço colaborativo: pizzoccheri com folhas de rabanete

Espero que todos tenham tido um ótimo Natal e um excelente Reveillon. Eu tinha sim planos de escrever durante o fim do ano a respeito de todas as minhas desventuras culinárias, mas confesso que depois de passar tantos dias preparando comida, a única coisa que queria era sentar e comer, e não ficar fotografando ou falando a respeito. Passadas as festas, passei dois merecidos dias assistindo a uma temporada inteira de Mad Men, com meus delicados pés tamanho 40 para cima.

[Apenas para matar a curiosidade de qualquer transeunte, o almoço do dia 25 foi quase um repeteco de dois anos atrás: pasta de figo seco e avelã com pecorino, arroz selvagem com cramberries secas e castanhas, couve de bruxelas com parmesão, uma salada de aspargos, batatas e avelãs e uma torta de abóbora, tudo para acompanhar o peru, o tender e a farofa de minha mãe. De sobremesa, o velho e bom panettone, sorvete de nozes, sorvete de baunilha e calda quente de chocolate. Como alternativa, torta de limão com coco. No Reveillon, Saint Peter marinado em charmoula, com berinjelas e pimentões agridoces, rúcula e batatas assadas.]

De qualquer forma, confesso que ainda estou esperando a correria passar. No fim do ano, a correria do trabalho virou correria de compromissos familiares e com amigos que não via havia muito tempo e depois correria de cozinha. Quando essa maratona passou, me vi defronte a uma nova: a maratona do "faltam três meses para o bebê chegar e eu ainda não tenho nem onde colocar o moleque".

Vê-se logo que as experimentações culinárias andam em segundo plano.

Hoje, com pouco tempo e muita fome, resolvi colocar em uso dois deliciosos presentes: um maço de folhas de rabanete fresquinhas, colhidas da horta de meu primo, e um pacote de pizzoccheri que minha cunhada nos trouxe da Itália.

Enquanto os pizzoccheri cozinhavam, piquei grosseiramente as folhas de rabanete e fatiei um grande dente de alho. Refoguei o alho numa frigideira com um fio de azeite e um naco de manteiga. Quando começou a dourar, juntei as folhas, com uma generosa pitada de sal e pimenta-do-reino, e mexi com um garfo grande de bambu [acho os garfos mais práticos que as colheres para mover folhas numa frigideira sem jogá-las para fora da panela] até que estivessem murchas mas ainda de um verde bem vivo. Juntei um punhado de passas, mais um naco generoso de manteiga e acertei o tempero. Então bastou escorrer os pizzoccheri e juntá-los às folhas refogadas, servindo com um punhado de parmesão ralado grosso.

De barriga cheia e gordice satisfeita, posso voltar para minha correria.

11 comentários:

Anônimo disse...

Bom 2011 para você e seu blog. Parabéns pelo filho a caminho. Esse vai comer bem. Luiz Rila.

miosotiis disse...

Estava com saudades de te ler :)

Ainda bem que correu tudo pelo melhor. O mais importante, é que pelo meio da correria haja tempo para parar e estar com quem nos faz sorrir. :)

Abraço. *

CRISTIANE LARA disse...

Oi Ana ! Feliz 2011 !Que você tenha tido também um excelente Natal e um super Ano Novo. Adoro massa e esse prato está simplesmente com uma aparência bem deliciosa. Vou fazê-lo também. Beijos e sucesso pra ti.

Denise Cardoso disse...

Menina,
Que saudade de voce!
Vinha aqui sempre e ainda os benditos torrones.Que bom que voce voltou!
Faltam só 3 meses? Nossa como passou rápido!E voce está passando bem?
E eu pensando que fosse babar com as suas maravilhas de fim de ano...mas tudo bem, voce merecia o descanso.
Depois me conta o que são os " pizzoccheri"?
Ficou um prato bem apetitoso!
Que voce tenha um Ano Maravilhoso.
Um beijo
Denise Cardoso

Livia Luzete disse...

Assino em baixo da Miosotis, saudades viu, de ler você desde os torrones.Aproveito e digo muito obrigada por compartilhar mais uma vez uma receita que pelo comentários é importante para um bocado de gente.
Eita coisa boa, se fartar e estar ao lado de quem amamos.
Ana Elisa, vc é uma inspiração para mim, adoro ler seu blog sempre, tanto que o baixei todo (e o atualizo) no meu pc, para poder ler e reler. As receitas prediletas vão para o caderno de receitas e já estou pensandp em fazer como ví o seu caderno, desenhar. É somos um tanto colegas de quase categoria, faço Design de Moda e tb adoro gráfico.
Feliz Ano Novo e mesmo com a vinda do bebê espero que você use sim o colo da mamys e do marido para embalá-lo para vc poder atualizar o blog!! rsrsr
Beijo.

Jacqueline disse...

Feliz Ano Novo Ana Elisa!
Espero que em 2011 você continue nos inspirando com seus posts!:)
E que seu bebê venha com muita saúde!
Besos

Valeria disse...

Oi Ana...
Minha primeira visita aqui no blog, e amei tudo...inclusive suas estorias e como explica muito bem as receitas...sabe parece que vc estava me falando tudo e não uma leitura...vc é muito engraçada...
Parabens

Valeria Forner

Daniella Midori S. D. disse...

AMEI seu blog. Tenho despertado meu instinto culinário depois de alguns jantares na casa da futura sogra, cozinheira de mão cheia, e descobri esse site pelo Google. As receitas, todas, dão água na boca, em especial os doces, que são meu ponto forte.
Adoro os textos bem humorados! Fazem eu querer mais ainda testar! O que mais me atrai neste blog é, com certeza, os textos. Ler sobre como vc fez a receita é muito legal, interessante e divertido e me deu uma melhor noção de como fazer cada receita. Se vc publicar um livro, um dia, com certeza encontrará em mim uma compradora certa =)
Bjs, Dani.

Wind Zackie disse...

Feliz ano novo! =D

mais prático do que garfos pra mexer folhas, ainda, é o hashi ^_^ deve ter na liberdade pra vender, uns hashis de bambu grandões especificos para cozinhar, e nao para comer.

bjo bjo, até!

Anônimo disse...

Ana, boa tarde!
Adoro seu blog. É maravilhoso, bonito, bem escrito, com dicas e receitas realmente importantes para quem, como eu, não sabe cozinhar e não sabe aqueles truquezinhos indispensáveis para as receitas darem certo.
Parabéns!!

Cássia disse...

Olá Ana!Sem dúvida o seu blog é o mais completo e esticamente perfeito que vi até agora. Me interesso muito por gastronomia e gosto de saber o porque de se fazer "assim ou assado".Obrigada pelo rico conteúdo e cuidado com as fotos. Já te indiquei no meu twitter e recebi comentários de pessoas que também adoraram o seu blog.
Bjo

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails