domingo, 16 de novembro de 2008

PADARIA DE DOMINGO 27: pão meio que de mandioca

Acordo no sábado, tomo meu café, e me vejo mais uma vez em pé em minha cozinha pequena, olhando para as duas prateleiras que chamo de despensa. A batedeira está na tomada, com o gancho de pão à espera, e ainda não sei exatamente o que fazer. Vejo um pote com farinha de trigo, um de farinha integral e um terceiro de farinha de milho. E nenhuma inspiração. Começo a dedilhar sobre meus temperos, tirando-os do lugar, olhando para ingredientes que ainda não usei em pães. Então me deparo com um pacote de farinha de mandioca que comprara para fazer farofa, e sinto um comichão no alto da nuca, uma coceirinha na parte de trás do cérebro, uma sensação incômoda de inquietude até que... hnnnnnnf! Idéia!

Pão de mandioca! Com farinha de mandioca ao invés de mandioca cozida!

Parecia fantástico na teoria, até apanhar o pacote e me dar conta de que mandioca não tinha glúten. Nenhum. Hunf! Mas então a idéia já se afixara em meu cérebro: queria pão de mandioca, mas não sairia para comprar mandioca nenhuma.

Resultado? Decidi que a farinha de mandioca entraria mais como um aspecto aromático, como com o pão de linhaça, do que como ingrediente principal. Na hora de medir as farinhas, acabei resolvendo fazê-lo parcialmente integral, mas me arrependo um pouco da decisão, uma vez que a farinha integral mascarou um pouco o gosto da farinha de mandioca. Ainda assim é um pão interessante. Se você resolver fazê-lo sem a farinha integral, diminua a água para 250ml.

Deve-se apenas atentar ao fato de que, no calorão que anda fazendo, não é preciso pré-aquecer o forno com muita antecedência. E é preferível apenas cobrir o pão com um pano de prato ligeiramente úmido, ao invés de cobrir a tigela com filme plástico. Isso porque o calor excessivo pode fazer o pão crescer rápido demais e prejudicar a textura.

PÃO MEIO QUE DE MANDIOCA
Tempo de preparo: 2h30
Rendimento: 1 pão de 500g


Ingredientes:
  • 240g farinha de trigo para pães
  • 110g farinha de trigo integral
  • 55g farinha de mandioca
  • 9g sal
  • 9g açúcar mascavo
  • 10g fermento ativo fresco
  • 290ml água
Preparo:
  1. Numa tigela, misture as farinhas e o açúcar. Coloque o fermento e esfregue com as pontas dos dedos até fazê-lo sumir na farinha. Junte o sal e a água, misture bem e sove por uns 10 minutos (ou 10 minutos em velocidade 2 na batedeira com gancho). Cubra com um pano e deixe fermentar até que dobre de volume e a massa não volte quando você apertar ligeiramente seu dedo sobre ela.
  2. Devolva a massa para uma superfície ligeiramente enfarinhada e forme uma bola. Deixe descansar por 5 minutos. Então abra-a como um retângulo. Como quem faz um aviãozinho de papel, dobre uma aba em direção ao centro, apertando bem, repita com o outro lado e depois dobre uma aba sobre a outra, apertando bem. Role sob as palmas para terminar de dar o formato e coloque em uma assadeira enfarinhada, cobrindo com um pano e deixando fermentar por mais meia hora, ou até que dobre de volume e, ao apertar ligeiramente o dedo, a massa volte devagar.
  3. Com uma tesoura, faça picotes na superfície (ou cortes com uma faca afiada). Pincele com água e leve ao forno pré-aquecido a 220ºC por meia hora, ou até que esteja dourado e produza um som oco ao bater os nós dos dedos na base.

5 comentários:

Mari Azevedo disse...

Ana, como sempre suas idéias são excelentes... e seu pão ficou maravilhoso!!
Tenha uma ótima semana.
Bjo grande!

Patricia Scarpin disse...

Os seus pães são sempre inspiradores! Ainda te chamo pra montarmos uma padaria juntas. ;)
xx

Laurinha disse...

ACHEI!!

Meu marido ganhou uma farinha de mandioca de um cliente, lá em Goiânia, totalmente orgânica, caseira, e tem de ser usada logo estava procurando por um pão, bolo, é lógico que vc teria um!

Vou fazer!

Beijinhos

Ah, aliás, ontem fiz outro pão seu, bom, 2: o integral com alecrim, e o de centeio. Ambos ótimos!

Beijinhos

Laurinha disse...

Fiz!

Delícia, todos aprovaram.
Usei 255g de água... vapor... perfeito!

Ah, e é da Bahia, não de Goiânia...

Ana Elisa disse...

Mari,
nem todas as minhas idéias são excelentes... hehehe... eu diria que tenho eventuais golpes de sorte!

Patrícia,
Opa! Vamo lá!

Laurinha,
Ai, que bom que deu certo e você gostou! Iêeeei!!!! :D

Beijos!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails