segunda-feira, 14 de julho de 2014

Pesto de folha de cenoura e novidades


Dia desses estava conversando com a Pat a respeito de eu não acreditar ter um "prato meu", como era o lombo com batatas da minha avó materna, ou o Apfelstrudel da avó do Allex [que eu juro, juro que vou postar a receita da próxima vez que preparar o danado]. Esses pratos que, toda vez que é preciso preparar comida, os outros pedem que você faça a tal da gororoba, e que eventualmente ganham uma assinatura só sua.

Acho que eu vario tanto o cardápio, que não dá tempo de repetir uma receita o bastante para torná-la minha.

Aí me lembrei do bolinho de folha de cenoura. Esse bolinho que venho fazendo há já alguns anos, desde que descobri a receita por aí, internet afora, e anotei no caderno, sem a fonte para dar os devidos créditos. Toda vez que os ramos das cenouras vêm bonitos, invariavelmente acabo preparando os danados, pois todas as outras alternativas de uso das folhas que testei não chegam aos pés dos bolinhos.

E ao longo dos anos, fui parando de pegar o caderno na prateleira, e fui fazendo de memória, inventando em cima, acrescentando quinua cozida (delícia), trocando farinha de trigo por outra qualquer disponível, usando mais queijo, menos queijo, queijo nenhum, ervas diferentes... até que ele virou MEU bolinho de folha de cenoura. Mesmo preparado cada vez de um jeito.

Ok. Comparar bolinho de folha de cenoura com Apfelstrudel e lombo com batatas é piada. Difícil imaginar os pimpolhos já adultos suspirando de saudades do meu bolinho verde. ¬_¬

Mas daí que nessa semana os ramos de cenoura vieram numa fartura tal, que apenas os bolinhos não deram conta. E eu que tenho uma nóia gigante com desperdício, saí matutando sobre o quê poderiam virar aquelas folhas.

Apanhei o copinho de bater tempero do liquidificador e meti as folhas ali. Fui no quintal, apanhei um pouco de manjericão e meti junto. Alho. Pensei em pesto. Mas pensei em pesto diferente. Apanhei sementes de girassol. E um punhado de parmesão, e azeite, e sal e pimenta. E bati. E as dez folhinhas de manjericão que eu usei transformaram aquelas duas xícaras de folha de cenoura em outra coisa. Ninguém diria que aquele não era um pesto exclusivamente de manjericão. Verde intenso, perfumadíssimo, delicioso. E barato, e cheio de coisas boas, e evitando despedício. Tão, mas tão bom, que decidi que a primeira coisa a se fazer com as folhas de cenoura a partir de agora não é mais bolinho: é pesto.

Enquanto o macarrão cozinhava, fatiei fino duas abobrinhas bem pequeninas, e refoguei num pouco de azeite e alho picado, até dourar. Misturei ao macarrão cozido e a metade daquele pesto, diluído com umas colheres da água do cozimento do macarrão, para ajudar o molho a aderir à massa.

De lamber o prato. Acredito que minha filha tenha de fato feito isso. Maravilha, que ela cata salsinha do prato, com nojinho,  e se recusa a comer espinafre, mas não se incomoda com um molho de macarrão inteiramente verde. ;)

Agora, as novidades.

Além, claro, do fato da Laura ter entrado oficialmente na fase chata de não comer.

Nesses tempos em que as crianças andam numa fase... ahn... que requerem um monte de atenção da minha parte, vejo posts e mais posts se acumulando, ficando apenas na intenção e nunca sendo escritos. Ou, mais comum, preparo algo digno de um belo de um post, mas estou tão atrapalhada, que desencano de pegar a câmera boa e ao menos tentar uma foto não-mequetrefe. E, sem foto, não há post.

Daí que, para resolver minha preguiça e falta de tempo, e para me manter mais próxima de vocês, queridíssimos leitores, enfim, FINALMENTE, La Cucinetta tem uma página no Facebook.

Aêeeeee!

ENTRA AQUI. Quero ver quem vai ser o primeiro a "curtir". ;)

É com certeza mais fácil atualizar o Facebook do blog via celular, com a criançada do lado, do que tentar mantê-los fora do meu escritório enquanto estou no computador.

Outras novidades são a reformulação da MINHA LOJA no Iluria, agora com uma área inteira La Cucinetta, apenas com temas culinários, e que em breve terá um bocado de pôsteres da Nonna e produtinhos diversos. E para quem tem cartão internacional, tem a MINHA LOJA do Society 6, com reproduções em diversos formatos de alguns trabalhos meus, e até produtos como caneca da Nonna, relógio de parede da Nonna, almofada da Nonna.

Ó que coisa cutchuca.

Vão lá. Fuça aê.
Façam pesto de folha de cenoura.

MOLHO PESTO DE FOLHAS DE CENOURA
Rendimento: cerca de 1 1/2 xic, o bastante para 6-8 porções de massa. 

Ingredientes:

  • 2 xic. folhas de cenoura bem verdes, sem os talos mais grossos (as folhas bem apertadas na xícara medidora)
  • 10 folhas de manjericão fresco
  • 2 colh. (sopa) sementes de girassol
  • 1/3 xic. parmesão ralado
  • 1 dente de alho pequeno
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • azeite de oliva o quanto baste para dar consistência ao molho


Preparo:

  1. Aqueça uma frigideira pequena, coloque as sementes de girassol e toste, mexendo de vez em quando, apenas até que fiquem perfumadas. Coloque-as no copo do liquidificador ou processador. 
  2. Junte as folhas de cenoura, manjericão, alho, queijo, sal e pimenta, e bata até obter uma pasta. 
  3. Junte o azeite aos poucos, batendo, até obter um molho grosso e razoavelmente homogêneo. Experimente e acerte sal e pimenta, coloque mais queijo ou mais azeite, de acordo com seu gosto. 
  4. Se não for usar na hora, guarde num pote bem fechado, na geladeira, de preferência com um filme plástico aderindo à superfície do molho, pois ele escurece rapidamente em contato com o ar. 

19 comentários:

Marina disse...

Ana, que delícia saber que vou poder ler (ou ver, né) o La Cucinetta em mais um lugar! Não fui a primeira a curtir - segundo o contador da página, fui a terceira - mas fiz questão de vir aqui comentar que adorei a novidade! :) E minha felicidade é bem genuína, já que eu vivo revirando seus arquivos hahaha Sinceramente eu não faço ideia de há quantos anos já sigo você... Uns 6, 7?
Beijos!

Silvia disse...

Oi Ana, tudo bem?

Mesmo não tendo facebook entrei pra dar uma olhadinha. Vou favoritar para acompanhar sempre as novidades :)

Porem quero deixa aqui o meu apelo: ANA, FAZ UM INSTAGRAM!

Sempre que vejo um perfil legal, penso que adoraria que vc tivesse um perfil. Acho suas fotos a cara do instagram. Faz faz, não custa nada e ainda usa as fotos do facebook :D

Beijos!

Cintya Maria Pedroso Ferrari disse...

Amei as novidades! Essa do pesto com folhas de cenoura é sensacional! E eu peço pro verdureiro cortar as folhas #remorso... Preciso testar essa versão de pesto!!!
Também adorei saber que agora poderemos acompanhar o blog pelo FB (já curti, claro!).
Obrigada por compartilhar suas delícias saudáveis e saborosas! =)
Beijocas!

Junji Takeda disse...

Vou já fazer esse pesto de folha de cenoura! Só pra ter certeza de que a indigestão que eu tive com o pesto de salsinha não foi culpa da folha (o que eu duvido muito, e ainda desconfio do alho). Esse negócio de "prato meu" é um negócio complexo. Eu uso sempre a receita de bolinho de banana daqui do blog (com mil modificações, até com tofu no lugar do ovo) e o povo acha que é O Meu Bolinho. Sempre passo o link da sua receita pra eles hahaha

Abraços

Junji

Eloisa Vidal Rosas disse...

Oi Ana, quanta novidade boa! Desde que me ensinaram, na feira orgânica, a aproveitar a rama da cenoura eu faço esse pesto, que além de delícia - tem um frescor incrível - dura na geladeira. Como também a rama da beterraba dá um refogado crocante e delicioso! O pesto eu vario, de cada vez faço de um jeito, às vezes coentro, às vezes manjericão.
Parabéns pelo face, pela loja, pelas crianças que crescem saudáveis!
Um beijo daqui do Rio de Janeiro!

Carolina Corrêa disse...

Adorei! Aqui a rama vira torta, entra em omeletes e refogados. Mas ainda fico triste de não aproveitar os talos... Você já pensou em alguma utilidade pra eles?

Adorei a novidade do Facebook também.

Grande abraço!

marcia disse...

oi ana!
essa receita de pesto parece muito boa, mas também fiquei interessada na receita do bolinho! será que pode ser o tema de um próximo post?! :)
sigo seu blog faz tempo e todas as receitas que ja testei sempre dão certo e são sucesso.
que bom que vamos poder segui-la em outro canal agora. sucesso!
beijos

Ana Elisa Granziera disse...

Marcia,
a receita base é essa: http://www.lacucinetta.com.br/2007/08/bolinhos-de-folha-de-cenoura.html
Mas eu coloco hoje em dia tanta folha, que ele fica verde-escuro. :)

bjs

Anônimo disse...

Oi Ana, que bom que as criancas estao comendo, apesar das birras. Ontem fiz um programa que vc ia adorar, colher mirtilhos. Tem uma chácara aqui perto de casa que planta de um lado mirtilhos e do outro morangos, logo mais abaixo tomates e batatas, e funciona no esquema colha e pague, estava cheio de criancas lá junto com os pais colhendo as frutas e bincando com os leitoes. Acho muito bacana as criancas aprenderem de onde vem o alimento. Bjs Elo

Susana Gomes disse...

Faço o mesmo com a rama das cenouras que trago dos meus pais e ninguém acredita quando prova o pesto. Há sempre um frasquinho no frigorífico :)

Adoro os teus trabalhos, já estou a seguir a loja.

Um beijinho.

Cynthia Nogueira disse...

Justo agora que eu decide ELIMINAR o Facebook da minha vida???
Ah não ...

Liana disse...

Nunca tinha provado esse molho pesto, mas depois desse post me animei.Outro dia congelei um bocado de manjericão toscano da minha hortinha e aproveite para usá-los. Fiz umas adaptações: Não tinha rama de cenoura e usei de brócolis e não tinha pinolis e usei amendoim(me senti uma pobre rsrsrs). Amei o resultado. Farei mais vezes

Ana Paula disse...

Que post providencial. Sério, sem brincadeira, comprei cenouras com ramas na feira e fiquei pensando que daria um pesto. E aí entro aqui - tudo bem que com atraso gigante - e vejo uma receita de... Pesto.

É um sinal?

Vou tentar o meu com amendoim e ver se rola. Veremos.

Bjs,
Ana

Carolina disse...

Muito legal os produtos da loja, so tenho uma sugestão : cadê os aventais com ilustração da "nona" ? ;-)

Camila Pedrini Marques Vieira disse...

Eu fiz o pesto! Ficou muito bom, adorei, família aprovou.
:)

Molinha disse...

Olá Ana! Nada como aproveitar bem todas as partes né? Gosto de pesto rúcula também. É possível congelar esse tipo de molho?

Raquel disse...

Muito gostoso. Acabamos de almoça-lo. Recomendo.

Raquel disse...

Só não colocamos o queijo, mas ficou muito bom.

Amanda disse...

Eu diria que "seu prato" é o pesto! Cheguei ao seu blog anos atrás pelo pesto de Gênova, depois aderi diversas vezes ao pesto de couve, e hoje procurando pelo de couve, encontro esse de folha de cenoura (que coincidentemente esse fim de semana vi meu pai jogando para as galinhas no sítio e pensei que poderia tentar uma receita com elas). As duas receitas que fiz foram sucesso! Muito boas!
Gosto muito do seu blog, das receitas e das ilustrações! Tem muita sensibilidade em tudo o que faz. Parabéns!
Poderia te pedir para postar mais, mas prefiro que faça do seu jeito, cuide de seus filhos e de vez em quando venho aqui buscar umas receitas e dar uma espiada em novidades! =)
Um abraço

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails