sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Biscoito com doce de buriti pra mãe de dois

Você sabe que é mãe de duas crianças quando:
  • Passa 45 minutos brincando com o mais velho de fazer um trenzinho de fricção passar debaixo de duas cadeirinhas infantis verde-limão, enquanto equilibra um bebê de uma semana no ombro. 
  • Pega seu mais velho no colo, sente a blusa encharcar e percebe que não é ele fazendo xixi em você, mas você vazando leite nele.
  • Passa 6 horas ininterruptas com dois choros de timbres diferentes, às vezes intercalados, às vezes em uníssono.
  • Começa a confiar que seu mais velho não vai comer pedras se brincar cinco minutos sem supervisão no quintal, enquanto você dá banho na mais nova.
  • Fica mais flexível com horários e deixa o mais velho ir dormir às 8h da noite, só pra ficar junto da irmã mamando e não ficar com ciúmes. 
  • Se desapega da fantasia de dar de mamar tranquilamente na poltrona enquanto coloca a leitura em dia.
  • Depois de ficar de ombro direito torto de carregar o mais velho de 15kg no colo, fica com o ombro esquerdo torto de colocar a menor, de 4kg, para arrotar, desenvolvendo uma linda postura perfeita e igualmente torta dos dois lados. 
  • Têm a oportunidade de, quando os dois acordam chorando ao mesmo tempo, escolher quem pega no colo primeiro – ganha normalmente quem tem histórico de ser acalmado mais rápido ou quem tem potencial para criar mais problemas caso seja deixado chorando.
  • Calcula 1 hora de trajeto Aldeia – São Paulo, mais 30 minutos de trânsito em potencial, mas esquece dos 45 minutos que levam para trocar as fraldas dos dois, montar malinha com muda de roupas, brinquedo pra distrair, uma banana, garrafa com água, travesseirinho pro carro, agasalho pro caso de esfriar, última mamada de reforço antes de sair e colocar os dois pimpolhos nas cadeirinhas. Não sem antes sair do carro e voltar pra casa três outras vezes pra desligar o gás, fechar a porta da cozinha e pegar a carteira que ficou em cima da mesa. 
  • As duas crianças estão cochilando e você abdica do direito de dormir (enfim) em detrimento de atividades que colocam sua cabeça no lugar e a fazem feliz, como assar biscoitos. (Louca?)
  • Escreve posts de biscoito catando milho no teclado com uma mão só enquanto segura o bebê com a outra e tenta impedir que o mais velho aperte repetidamente o botão de liga-desliga do scanner.
Maternidade, essa coisa linda.

Estes thumbprint cookies ficaram deliciosamente saborosos, com uma textura de derreter na boca. Ao invés da geleia, tradicional, resolvi derreter com um nadinha de água o que sobrara do gostoso doce de buriti enviado pela Cynthia, leitora querida. A combinação ficou perfeita, algo que me lembrou doce-de-leite, mas azedinho, e precisei esconder o pote de biscoitos do Thomas, que cavocava o doce, lambendo os dedos, e comia o biscoito depois. Pode-se usar qualquer outro doce (goiabada?) derretido com um nadinha de água, só para dar consistência de pasta ou geleia firme, ou usar a geleia de sua preferência, ou lemon curd, por exemplo. A massa é bem molinha e derrete rápido nas mãos ao fazer as bolinhas, então sugiro que, assim que começar a ficar cheia de manteiga nas mãos, volte a massa para a geladeira. Pois os biscoitos que fiz primeiro, com a massa ainda gelada, ficaram com o formato mais bonito, enquanto as outras espalharam mais.

THUMBPRINT COOKIES COM DOCE DE BURITI
(do ótimo e fofo Miette, de Meg Ray)
Rendimento: a receita diz fazer 36 biscoitos de 5cm, mas consegui mais do que isso. 

Ingredientes:
  • 1 1/2 xic. farinha de trigo
  • 1.4 colh (chá) fermento químico em pó
  • 1/4 colh. (chá) sal
  • 3/4 xic. (170g) manteiga sem sal, em temperatura ambiente
  • 1/2 xic. açúcar cristal orgânico
  • 2 colh. (chá) extrato natural de baunilha
  • 1/4 colh. (chá) extrato natural de amêndoas (ou licor de amêndoas)
  • 1 ovo grande, orgânico
  • 1/2 xic. doce de buriti derretido com algumas colheres de água, com consistência de pasta, oua geleia sem sementes de sua preferência

Preparo:
  1. Peneire numa tigela a farinha, o fermento e o sal.
  2. Na tigela da batedeira, bata a manteiga, o açúcar e os extratos em velocidade média até que fique pálida e fofa, cerca de 5 minutos. Pare a batedeira e raspe as laterais com uma espátula. 
  3. Junte o ovo e bata em velocidade média até que esteja bem misturado.
  4. Junte os ingredientes secos e bata em velocidade baixa apenas até que não se veja mais farinha. Leve a massa à geladeira, embalada em filme plástico, por no mínimo 1 hora e no máximo 2 dias. 
  5. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Forre duas assadeiras grandes com papel-manteiga ou silpats. Use uma colher de chá para retirar bocados de massa e forme bolinhas do tamanho de uma bola de gude grande. É melhor que as bolas fiquem mais altas que largas. Coloque-as nas assadeiras, com 5cm de espaço entre elas. (Se a massa estiver mole, volte-a à geladeira antes de assar.)
  6. Asse por 12-14 minutos, ou até que estejam ligeiramente douradas.
  7. Imediatamente use a parte de trás do cabo de uma colher de pau, ou qualquer outro instrumento, para pressionar buracos sobre os biscoitos ainda quentes, para acomodar o recheio. Imediatamente recheie com 1/4 colh. (chá) em cada biscoito.
  8. Transfira para uma grade para que terminem de esfriar por pelo menos 30 minutos. Uma vez frios, podem ser guardados em pote fechado por até 2 semanas.


12 comentários:

Anônimo disse...

Olá! Sou leitora assídua do seu blog e posso dizer que seus cupcakes e iogurtes mudaram a minha vida familiar.

Que alegria é ouvir " mãe, tem daquele iogurte? " ou sair por aí distribuindo as receitas do seu cupcake mais fácil do mundo. Tenho a sensação de que isto é espalhar alegrias pelo mundo. Muito obrigada!

Pensei duas vezes antes de escrever porque sei que está com bebê recém-nascido ( maior alegria que existe no mundo!!!!!! muitos parabéns!!!!!! ), mas não resisti à vontade de perguntar qual cream cheese usou para fazer o london cheesecake. Se puder me orientar neste sentido, agradeço muitoooooo.

Ah, seguem duas receitas que testei nesses dias e foram aprovadíssimas:



Esta vazou de forma desmontável ( tive que passar correndo pra forma comum, de bolo inglês ), mas é "hummmmmm demais":

http://receitas.ig.com.br/bolo-gelado-de-laranja/4fb4faa8832bee2e1b000124.html



E esta do famoso Atala ( depois de juntar o queijo, levo ao banho-maria para que não grude no fundo ):

http://blogndicas.com/2012/04/11/aligot-do-d-o-m/



Muitassssss felicidades.

Nine disse...

Lembrei dos meus primeiros dias de recém parida e mãe de 2! Achei que ia pirar, e pirei mesmo, mas depois as coisas vão de ajeitando e entrando nas rotinas mais menos estabelecidas. Há que se baixar expectativas! E eu ia fazer bolo com a mais velha para poder passar mais tempo com ela, ao invés de descansar quando mais novo dormia...coisas da vida. Beijos!

Sil disse...

"Maternidade, essa coisa linda."
Amei! hahahaha
Podia ser mais complicado - pensa se vc estivesse no 3o pimpolho!
Já imaginou? bjs, e curta muito tudo isso!!!

Livia Luzete disse...

Eu penso que se os maridos tivessem e cuidassem dos filhos,eles nao se estressariam tanto. Não estou falando de você em especial mas das mães como um todo.
Vejo que os pais não se preocupam tanto com a casa perfeita,a roupa da criança incrivelmente limpa desde da hora que saiu da gaveta até a hora do banho...e por aí vai...

tirando as necessidades em "conjunto" de dar banho,dar comida,trocar fralda em um e fazer algo pelo outro ou outros, é relaxar mesmo, e a casa que fique em segundo,terceiro,quarto plano...só fazendo o estritamente necessário.

no mais,curtir muito cada momento com essas criaturinhas que nos ensinam tanto.

Esse biscoitinhos me lembraram demais a minha primeira receita,com uns 8 anos de idade:
Flor do Campo
12 colheres de farinha de trigo com fermento
4 colheres de açúcar
2 colheres de manteiga
1 ovo
estrato de baunilha(gotinhas)

Misturar tudo,fazer bolinhas e no meio achatar um pouco e por nesse centro um pedacinho de goiabada.
*a colher medida é a de sopa

Adoro cheirar neném, o cheirinho de suor misturado com leite...rsrs
Beijos. E obrigada por compartilhar mais uma gostosura.

Cynthia Nogueira disse...

Oi Ana!
Que delícia de biscoitos!!1
Fiquei muito feliz que você tenha gostado do doce de butiri. De início fiquei receosa de que você não gostasse,mas pensei bem e como sei que você tem um paladar avançado resolvi arriscar.
Te mandei um email estes dias (na verdade dois!) felcitando pelo nascimento da Laura, mas acho que não deu certo.
Vou mandar mais buriti e também castanha de barú que são bons pra aumentar o leite!
Abraços e keep calm que tudo se ajeita!
PS: jantandao um espetacular risoto de shitake e lembrando de você. Estou mudando as prateleiras do mercado mequetrefe aqui do lado de tanto insistir em novidades no "fale conosco". Depois te conto.

Roberta Vasconcelos disse...

Ana,
A foto deste post me transportou para os sábados da minha infância, quando a nata recolhida no leite da semana virava biscoitos nas mãos da minha mãe, irmã e minhas. Os meus eram sempre os com goiabada, bem parecidos com os seus, mas simplesmente colocávamos um pedacinho do doce nos biscoitos antes de assá-los, e a goiabada derretia no calor do forno.
Bons tempos! Só não tinha graça quando era obrigação =P

Anônimo disse...

Querida,
Você já viu esse vídeo http://youtu.be/UNYnuLkn1kU ??? Vi hoje, é uma fofura e lembrei IMEDIATAMENTE de você e da sua saga materna! É curtinho, dá uma olhadinha...

Beijo,
Renata

Nara Serafim disse...

Oi Ana!

Parabéns vc tem filhos perfeitos e saudáveis! A rotina é esta mesma, eu tive gemeas....hehehe mas tudo passa.... beijos

Nara

Junji Takeda disse...

Será que posso fazer com geléia de sakura pra comemorar a entrada da primavera do Japão...? :)

Farei esta receita!

Carolina Frîncu disse...

Vc sabe que é mãe de dois quando senta para procurar uma receita de biscoitos, acha uma e lê Meg Ryan como autora do livro citado no blog... sem mais! Acho que sucumbirei à soneca antes dos biscoitos, pelo menos nessa tarde pós-hospital com 2 tossindo e febris. Bjão, Ana!

Sil disse...

Ana, eu de novo!
Passeando pelo seu blog, me deparei com um post, de terça-feira, 29 de julho de 2008.
Não resisti, tinha q postar aqui de novo! Dá uma olhada, leia o que vc escreveu!! Delícia de ler!! hahahaha
bjsss

Candy Love disse...

Que biscoitos deliciosos :)

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails