terça-feira, 1 de março de 2011

Um bebê numa mão, um burrito na outra

Na minha pesquisa sobre bons pratos congeláveis, acabei caindo justamente em posts do The Kitchn que falavam dessa fase de correria que são os primeiros meses de um bebê novinho em folha em casa, e sobre a fome avassaladora que se tem ao amamentar. Hmmm... essa segunda parte foi uma novidade e um "heads up!", pois não achei nenhuma graça, nos primeiros meses da gravidez, em acordar de madrugada urrando de fome e não ter nem um pãozinho com manteiga pra comer. Bom saber. Assim posso deixar prontas coisas com mais cara de "lanche da meia-noite" do que legumes ao curry.
Acabei caindo no site da Dona Martha, e me apaixonei pela ideia de congelar burritos, tanto para as refeições quanto para os momentos de fome avassaladora. Usei a receita do site mais como uma inspiração, pois não queria usar feijões em lata ou milho congelado. Mas, confesso, com o montante de tempo livre que tenho, a perspectiva de abrir tortillas de farinha no braço não me animou. Fiz vista grossa, portanto, e comprei um pacote delas prontas, versão nacional, que eram tão nhanha quanto as importadas, só que menores e mais baratas.
 Os burritos, feitos com as tortillas nacionais, ficaram menores, e precisei ser comedida no recheio para que conseguisse enrolá-los sem que explodissem. Mas gostei deles assim pequenos, pois esquentarão mais rápido no forno e poderei medir melhor a porção em relação ao tamanho da fome. 

Para o recheio, usei minha receita favorita de todos os tempos de chilli, de Deborah Madison, e usei milho fresquinho, orgânico, que refoguei em azeite, jalapeño e cebolinhas. No lugar do Monterey Jack, que não se encontra por aqui, usei Cheddar.

Tivesse comprado mais um pacote de tortillas, o recheio teria rendido mais unidades. Mas achei que dez burritos eram o bastante, então guardei o excedente de arroz e chilli para o jantar de hoje. Não vejo a hora de requentar uma dessas belezuras! ;)

BURRITOS (para congelar ou comer na hora)
Tempo de preparo: 2h p/ preparar o chilli e o restante + 20 min. de montagem
Rendimento: 10 burritos pequenos, feitos com pães tipo tortillas nacionais de 20cm

Ingredientes:
  • 1 1/2 xíc. de arroz integral já cozido
  • 2 xic. chilli de feijão preto (receita a seguir)
  • azeite
  • 1 espiga grande de milho-verde orgânico
  • 1 pimenta jalapeño fresca
  • 5 talos de cebolinha
  • 1 1/2 xic. de queijo tipo Cheddar ralado grosso
  • 10 tortillas de farinha (nacionais ou importadas)

Preparo:
  1. Enquanto o chilli cozinha, prepare seu arroz integral e deixe que esfrie.
  2. Retire os grãos da espiga com uma faca. Corte a pimenta ao meio, retire e descarte as sementes e pique a pimenta. Pique a cebolinha.
  3. Aqueça um fio de azeite numa frigideira pequena e refogue o milho, a pimenta e a cebolinha apenas por um ou dois minutos, em fogo alto, sem deixar queimar, apenas até que o milho esteja cozido. Tempere com sal a gosto. Retire do fogo e.
  4. Quando o chilli estiver pronto, separe a porção que vai usar para os burritos e misture ao milho. 
  5. Aqueça uma frigideira limpa, sem óleo, e doure as tortillas conforme as instruções do pacote. Mantenha as tortillas pontas embrulhadas em um pano de prato, para que seu próprio vapor as mantenha maleáveis. 
  6. Disponha uma tortilla num prato. Coloque uma colher de arroz, duas ou três de chilli e polvilhe com o queijo. Feche as laterais da tortilla e enrole-a para longe de você, apertando bem o recheio, até que as abas estejam na parte debaixo do burrito. Se vai congelá-los, é mais fácil fazer isso já sobre o papel-alumínio, para que não desmontem. Transfira o burrito com o papel-alumínio aberto para uma assadeira, para que esfrie totalmente antes de você terminar de embrulhá-lo. Repita com os outros burritos.
  7. Termine de embrulhar os burritos já frios, rotule-os e leve ao freezer. Para facilitar, já escreva neles as instruções para requentá-los e a data de validade. Eles podem ser congelados por até 3 meses. Para requentá-los direto do freezer, leve ao forno a cerca de 240ºC por 40 minutos (imagino que assim menores não levem mais que 30 minutos), desembrulhe-os e asse por mais 10 minutos, se quiser a tortilla crocante. Se tiver descongelado o burrito durante a noite, basta aquecê-los por 10 minutos. ATENÇÃO: estou usando apenas papel-alumínio para embrulhá-los. Se você usar filme-plástico, deve desembrulhar o burrito e envolvê-lo em papel alumínio antes de levá-lo ao forno. 
CHILLI DE FEIJÃO PRETO
(Ligeiramente adaptado do livro The Greens Cookbook, de Deborah Madison)
Tempo de preparo: 12 horas para deixar os feijões de molho e cerca de 2 horas cozinhando
Rendimento: cerca de 4 xícaras

Ingredientes:
  • 1 xic. de feijões pretos secos 
  • 1 folha de louro
  • 2 colh. (chá) sementes de cominho
  • 2 colh. (chá) orégano seco
  • 2 colh. (chá) páprica
  • 1/4 colh. (chá) pimenta caiena
  • 1 1/2 colh. (sopa) azeite de oliva
  • 1 cebola grande, picada
  • 2 dentes de alho, picados
  • 1/4 colh. (chá) sal
  • 1 lata de tomates italianos pelados
  • 1/2 colh. (chá) de pimenta chipotle em adobo* (opcional)
  • 1/2 colh. (sopa) de vinagre de arroz (mirin)
  • 1 punhado de coentro fresco, picado

Preparo: 
  1. Deixe os feijões de molho durante a noite. Quanto mais tempo, mais rápido eles cozinham. No dia seguinte, escorra os feijões, coloque numa panela grande, cubra de água, acrescente a folha de louro e leve ao fogo alto até levantar fervura. Abaixe para o mínimo e deixe cozinhando enquanto você prepara o restante. 
  2. Aqueça uma frigideira bem grande. Despeje as sementes de cominho e, quando começarem a dourar, junte o orégano, mexendo sempre. Assim que perfumar, desligue o fogo e junte a páprica e a caiena, mexendo bem. Esses temperos tostam em apenas alguns segundos. Transfira para um pilão e moa a mistura. 
  3. Limpe a frigideira e volte-a ao fogo médio, com o azeite. Junte a cebola e refogue até que amoleça. Junte o alho, o sal e os temperos moídos e cozinhe por cerca de 5 minutos, sem deixar queimar. 
  4. Junte os tomates e seu suco, a pimenta chipotle (se estiver usando), e cozinhe em fogo baixo por cerca de 15 minutos, desmanchando os tomates com a colher de pau.
  5. Junte a mistura de tomate aos feijões, e, se necessário, junte mais água para que haja uns 2 centímetros de líquido acima dos feijões. Continue cozinhando em fogo baixo até que os feijões estejam macios, cerca de 1 hora ou mais. Acrescente mais água sempre que necessário.
  6. Quando os feijões estiverem prontos, acerte o tempero e adicione o vinagre e o coentro.
*O Chipotle em adobo pode ser encontrado no Empório Santa Luzia.
 

22 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Ana, tô babando aqui - nunca comi burritos e eles têm uma cara de que eu vou adorar. Acho que vou fazer no Carnaval!

Obrigada por me lembrar de usar a pimenta que compramos juntas aquele dia. :)

Carol disse...

Eu ammmmo Burritos!! E com certeza vai ser muito prático qndo seu lindo roqueiro estiver aqui do lado de fora!
Boa sorte na nova fase!

Julia disse...

Hmmm, que delícia! Eu estava justamente pensando em te dar esse toque da fome quando você escreveu sobre os projetos de congelamento, hehe. Vi aquele bolinho inglês tão modestinho e pensei com meus botões que não dava nem para o cheiro....

Eu escrevi no orkut um tópico sobre o tanto que comia aos 10 meses de amamentação das minhas gêmeas (aqui: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=87142729&tid=5376910411593350291&kw). Estão com 2a4m agora e já mamam bem menos, mas ainda dá para me divertir muito comendo tudo o que dá vontade!

Bruna M. disse...

Oi Ana!
Gosto muito do teu blog e estou adorando esta tua empreitada de congelar as comidas para a hora do "aperto". Muito legal!
Ah, e os burritos estão com uma cara ótima ;) Comprei tortillas prontas para fazer quesadillas esta semana e fiquei com menos peso na consciência ao ler que você fez o mesmo! ;)
Abraço

Anônimo disse...

Oi Ana,


Neste ultimo final de semana tentei fazer tortilhas mas não foi desta vez, bem... adorei seus burritos, com certeza vou tentar fazê-los.

E essa idéia foi ótima de deixar pronto lanchinhos congelados, e queria te falar que uma ajuda externa em deixar algo preparado vai ser legal, principalmente os frescos, vc vai precisar.

Um beijo grande na família. Miti

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

vim conhecer seu blogue maravilhoso e deparo-me logo com este burrito maravilhoso,bjokinhass

Eloisa Vidal Rosas disse...

Oi minha linda... não quero botar água na fervura dos burritos... mas pergunta pro seu médico se você vai poder comer pimenta e/ou temperos picantes enquanto estiver amamentando... beijinho carinhoso, vi a foto e você está uma grávida linda!

Lucians disse...

Oi Ana,

A fome depois de amamentar é de enlouquecer mesmo!!!
Agora consulte o pediatra para ver se vc podera comer pimenta nos primeiros meses, porque se vc tem a intenção de amamentar( que eu super recomendo), existe alguns alimentos que vc deve evitar para nao dar colica no baby.
E de todas os momentos de cuidar de um bebe novinho definitivamemte a colica e a que mais nos deixa de cabelo em pé!!!!
Bjs

Ju R. disse...

não são nem 10h da manhã e eu estou babando nesses burritos.

ai ai...

Deborah - Delicias1001 disse...

Tá tão elaborada... Coisa de chef!
Tava passeando pela internet e te encontrei... Quanta coisa boa. Vou te seguir, tá?

Aproveito para um convite: Você não quer participar da blogagem coletiva que estou divulgando no meu blog? Entra lá e vê se publica alguma coisa junto com a gente. Pode ser até mesmo essa aqui. É só acrescentar a menção da blogagem...
Me visita sempre, adoro!

Bjs
Deborah

www.delicias1001.com.br

Blogagem:
http://www.delicias1001.com.br/2011/02/blogagem-coletiva-carnaval.html

Sra Mercury disse...

Oi Ana..
Obrigada pela dica do pão, é esse tal ponto de véu é um pouco polemico, mas vou tentar mesmo assim.

um beijo

Anônimo disse...

Ana,
Você tem sugestões para outras opções de recheio que também possam ser congeladas?
bjs

Anônimo disse...

apenas uma palavrinha sobre as filas preferenciais... tem tanto velhinho nas filas que elas acabam sendo inúteis para as grávidas de pés redondos. quando estava grávida, tive que ir ao detran e a fila preferencial demorou mais do que a comum.

lmbblanco disse...

Olá
aonde eu encontro queijo cheddar que seja queijo de verdade e que não seja aqueles sem gosto da Polengui?
adoro o site abraço

Fernanda Garcia disse...

Olá Ana,

Visito aqui sempre, as vezes meio freneticamente, mas sempre em silêncio(tavez por timidez. E tenho que confessar, adoro suas praticidades do dia a dia, esse é um blog que visitarei sempre. Com o maior prazer e com muita curiosidade.

E parabéns pelo bebê! =)
Bjos.

Anônimo disse...

Ana, é outro assunto, mas acabei de ver e lembrei de vc:
http://fogaoazul.com/2011/02/04/deixa-eu-te-ver-peixe-%e2%80%94-entrega-de-pescados-frescos-e-sustentaveis/
bjs

Dadi

Carol Fernandes disse...

Olá! Estava pesquisando na net sobre receita de financiers e encontrei seu blog! Amei! Já estou te seguindo, não posso mais perder suas postagens e vou demorar um tempinho para conseguir ver tudo, mas acabei de ganhar um excelente arquivo de receitas que amo de paixão!
Quando puder vai me visitar tb ok?
Beijos doces!

Bá Maglia disse...

Ana,
Também estou pançudinha e estou amando as dicas para os dias de caos pós parto! Obrigadíssimo! Hoje encontrei um blog que achei que ias gostar muito. Se puderes, dê uma olhadinha http://www.theydrawandcook.com/.

Um grande beijo,

Bárbara

Lee disse...

Bom dia Ana, adorei o seu blog!!! Só queria saber,...aonde eu compro jalpenõ fresco?
Boa sorte!

Lee disse...

Parabens Ana! Seu blog é muitoooo legal! Adorei!

Queria saber aonde eu compro jalapenõs frescos?

Boa sorte!

Lee

Deborah disse...

Oi Ana.
Adorei essa receita!
Amo burritos, chilli, e qq comida q tenha um tchan mexicano! Sem falar q são super práticas para congelar mesmo!
Tô louca pra fazer essa receita!
Bjs

Marisa disse...

Ana, estava lendo outra receita no seu blog e este post apareceu como sugestão. Vim reler e deu vontade de comentar. Inspirada por você, fiz uns 20 burritos para congelar quando estava grávida do meu filho. Até hoje (ele faz 2 anos agora em dezembro), lembro dos burritos com muito carinho. Eles me salvaram várias vezes durante aquelas primeiras semanas loucas com um recém-nascido em casa e zero ajuda durante o dia. Obrigada!
Um abraço,
Marisa
www.ecomaternidade.com.br

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails