sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Calzone de espinafre e pimentão vermelho

Respirando fundo. Passada a raiva de ontem, vamos voltar ao que interessa e me deixa de bom humor – e não só a mim: comida.

É comum ver por aí receitas cheias de atalhos práticos para o dia-a-dia. Use base de torta comprada pronta, polenta pré-cozida, massa folhada congelada, etc e tal. Eu adoro fazer justamente o oposto. Apanhar o atalho e retorná-lo ao seu processo original. Não por teimosia ou orgulho, mas porque, se eu sei fazer e tenho tempo, não me parece haver motivo para gastar mais dinheiro com o atalho. Pois atalhos são sempre mais caros.

Esta era uma receita rápida da edição de Abril da revista Gourmet. [Para quem perguntou, se sua assinatura ficou pela metade, você vai receber Bon Appétit no lugar.] Usava pimentões em conserva e massa de pizza congelada. Bastante prático. Mas eu tinha enormes pimentões vermelhos na geladeira, e não me parece esforço nenhum chamuscá-los e picá-los. E, ainda que eu ache as massas de longa fermentação mais complexas em sabor e textura, Jamie Oliver tem uma receita de massa de pizza bastante honesta e que fica pronta em meia hora, em seu livro Jamie's Italy.

Iêeei! Calzone!

Para quatro calzones muito bem servidos, chamusque na chama do fogão um pimentão vermelho bem grande até que fique pretinho, pretinho. Feche-o dentro de um saco plástico e deixe que esfrie. Então retire do saco, retire a pele chamuscada e o miolo com as sementes. Se ficar um pouco de pele chamuscada, não se importe, e não passe na água, pois ela levará embora o delicioso óleo natural que o pimentão soltou, além daquele gostinho defumado. Corte em pedaços de cerca de 2cm e reserve.

Corte uma cebola ao meio e fatie fino. Refogue em um pouco de azeite de oliva e uma pitada generosa de sal, até que comece a dourar. Junte 2 dentes de alho picados e cozinhe até ficar aromático. Junte as folhas bem lavadas e escorridas de um maço de espinafre, e mexa até murchar. Acrescente um punhado de azeitonas pretas picadas grosseiramente, meia pimenta dedo-de-moça sem sementes picadinha e o pimentão vermelho reservado. Misture, acerte o tempero, e retire do fogo.

Numa tigela grande, misture 400g de farinha de trigo, 100g de semolina e 1/2 colh. (sopa) de sal. Faça um buraco no meio e coloque ali 7g de fermento ativo seco instantâneo, 1/2 colh. (sopa) açúcar e 325ml de água. Misture esse centro um pouquinho com um garfo e deixe descansar uns 5 minutos. Em seguida volte a misturar com o garfo, trazendo a farinha em torno para dentro do buraco aos poucos, até que a massa fique mais resistente ao movimento. Entorne tudo na bancada e sove por uns 10 minutos, até que a massa fique macia e elástica. Polvilhe de farinha, embrulhe em filme plástico e deixe descansar por 15 minutos em temperatura ambiente.

Passado esse tempo, divida a massa em 4 porções iguais e, na bancada enfarinhada, abra cada uma das porções em discos de cerca de 20cm. Distribua o recheio sobre uma metade dos discos, deixando uma borda de uns 2cm. Corte 250g de mozzarella defumada, cacio cavalo ou provolone em 16 pedaços iguais e distribua sobre o recheio, 4 pedaços em cada calzone. Dobre uma metade sobre a outra, como um pastel, e, a partir de uma das pontas da meia-lua, vá dobrando e apertando a borda, para selá-la completamente. Com uma faquinha, faça 3 cortezinhos sobre cada um deles, para o vapor sair. Passe um fio de azeite sobre eles e, se estiver usando uma pedra no forno, coloque-os diretamente sobre a pedra quente em forno pré-aquecido no máximo. Se não, coloque sobre uma assadeira polvilhada com farinha de milho e leve ao forno pré-aquecido no máximo. Asse até que estejam dourados, uns 15 minutos (depende do forno). Deixe descansar por 5 minutos antes de servi-los.

16 comentários:

Aninha Padredi disse...

Delícia!!
Ganhei o livro Jamie's Italy ontem do meu noivo de aniversário!! É muito bom!
Esse final de semana vou começar a estrear as receitas!
Beijocas!

cacahuete disse...

E a primeira vez que visito este blog e adorei tudo o que vi. Desde as fotos, as receitas aos textos, para mim esta tudo fantastico.

Hei-de vir ca muitas mais vezes.

Parabens pelo optimo blog que tem.

Bjs e bom fds

pimentacalabresa disse...

Eu curto os atalhos, que mtas vezes salvam meu dia; mas qdo tenho tempo, tb gosto de fz do zero!
Aliás, a sua patee brise, que delicia hein?
Fiz há uns dias e postei essa semana no blog. Fiz doce, a proxima sera para torta salgada.

Que bom que tu ta postando com mais frequente de novo! ;-)
Bjs

Tatoo disse...

Oi Ana,

em primeiro lugar, obrigado por ter respondido à minha pergunta sobra a Gourmet. Devia ter perguntado para a Editora, né?

Outra pergunta, assim como vc eu tb tenho irmã arquiteta que acaba de me arrumar um pedaço de mármore. Foi um custo mas consegui. O detalhe é que ela é menor que a largura do meu forno, e as grades do forno não a aguentariam. O que fazer? Estava pensando em colocar pedras nos quatro cantos para servirem de pé. Ou deixo no assoalho do forno mesmo? A sua pedra fica dentro do forno o tempo todo?

Para finalizar, vc outro dia estava falando do início do blog etc e me bateu muita curiosidade de ler. Então se eu comentar alguma coisa não estranhe, tá?

Valeu!

Ana Elisa disse...

Tatoo,
a pedra costuma ficar no forno, só porque meu fogão é aquele de forno duplo. Por uma mera questão de espaço mesmo. Para pizzas, coloco direto na grade inferior. Para pães, na do meio. Nunca coloquei direto no piso. Certeza que as grades não aguentam? Teoricamente elas têm que aguentar aqueles perus assados de natal que pesam quilos e quilos, ou um panelão de ferro cheio, como uma Le Creuset, que também pesa horrores quando cheia. Experimenta, coloca a pedra com cuidado e fica de olho. Será que sua irmã te arranjou uma pedra muito grossa? A minha tem 2cm de espessura e 40cm2 e a grade aguenta numa boa.

bjs

M disse...

Ana, a receita de pizza de meu ex-marido é diferente desta mas também deliciosa,o problema é que o calzone nunca fica tão bom. Vou sugerir a ele que teste esta receita. Aliás, para quem come carne, experimentem moer ricota temperada com sal e pimenta-do-reino, mussarela e presunto para rechear o calzone. Simples e delicioso.

Carla Nogueira Kuramochi disse...

Que delicia Ana! Quando tenho tempo adora fazer as receitas do zero. O problema é que me enrolo toda e quero fazer até a caixinha para dar de presente.
Suas receitas são uma lição de culinária. Eu aprendi muito "fuçando" por aqui. Já fiz Cinnamon rolls (a massa é maravilhosa), sorvete de morango e estou fico literalmente babando quando vejo seus pães.

Bjs

Carla

miosotiis disse...

Esta é uma das receitas que me deixam muito feliz! :D

E sou como tu: fazer do início, sempre que possível. ;)*

Patricia Scarpin disse...

Lá em casa faço pizza todo sábado - é um vício nosso - mas nunca fiz calzone... Você me inspirou, Ana - ficou muito bonito e os sabores do recheio são deliciosos.

Anna disse...

Adorei esta receita, anotei para fazer.
Beijos

moranguita disse...

bem esta uma maravilha esta receita de calzone.eu ia adorar de certeza.
beijinhos

Nani disse...

Oi Ana!
Só queria dizer q vou pedir a uma amiga de portugal(pq talvez eles não estejam nem ai para clientes do BR) para mandar um e-mail para a tal empresa dizendo que quando se rouba fotos e ainda por cima vincula a foto a uma receita que nem dá aquele resultado é porque vc vive de enganação e para enganação! E o mínimo que se pode fazer é se manifestar pq quem fica sentado olhando está concordando!

Tb queria contar que fui procurar receitas de biscoitos pra fazer para aquele povo que acha super oportuno te visitar quando vc está toda inchada, dolorida e embarangada com um bebê virando sua casa e sua vida de pernas pro ar da maneira mais linda e maravilhosa possível. E acabaei morrendo de rir do post: Cookies, Muffins e torta de maçã...
Simplismente pq pretendo criar minha filha assim como vc... Até brinquei com meu namorido esses dias que a primeira coisa que ela vai botar na boca depois do leitinho materno vai ser verde... papinha verde...macarrão verde...só pra não virar destas crianças que torcem o nariz p/ tudo q é verde só pq é verde!
Acho que simplismente dá MUITO trabalho criar um serzinho! E com certeza é muito mais fácil comprar tudo pronto e deixar a criança por conta sem te encher o saco!
O problema hoje em dia é q os pais são uns preguisos! Começando pelo parto... hoje em dia todos querem arrancar os cabelos pq vc vai fazer parto normal...Pô! engravidou ao menos se dá ao trabalho de botar no mundo né!Mais isso é uma longa briga... e muito pessoal!
Enfim! Seus filhos terão MUITA sorte! Pode ter certeza!

Não precisa publicar este post!
Nem responder é claro!
Só queria q vc soubesse!
Beijinhos! E TUDO de bom!!

Tatoo disse...

Oi Ana,

vc me deixou mais esperançoso. achei que sua pedra encaixava nas ranhuras do forno e substituia uma grade. Minha pedra é 40 por 50 cm a espessura eu não medi não, mas acredito que não passa de 2 cm, não. Vou tentar hoje, sem falta.

Já usei a pedra pela primeira vez eu e a patroa fizemos pizza no sábado. Fou um sucesso, mesmo com a pedra no assoalho. A massa ficou muito mais crocante do que da última vez. Quer dizer, dessa vez ficou crocante pq dá última vez, apesar de saborosa, ficou borrachuda.

bjos,

Anônimo disse...

Oi Ana,
já acompanho seu blog há alguns meses,qndo decidi comprar minha sorveteira!Tenho me aventurado com seu sorvete de doce de leite,de chocolate, iogurtes e queijinhos...o sanduiche de pera com queijo é meu novo vício.rsrsrs.
Já fiz aquele pão da receita da internet com suas adaptações e é delicioso como o pão de Petrópolis, conhece?Mas hoje resolvi fazer seu pão de forma de leite(que ficou ótimo!)e para nã perder o fermento fiz esse calzone de espinafre, mas a massa ficou LÍQUIDA!são 325ml de agua mesmo?!tive que colocar muuuito mais farinha, e por fim virou um pão!(ótimo tbm, mas não é calzone...rsrsrs)Estou escrevendo pq realmente não entendi se a receita pode estar errada ou eu me enganei de algum modo.
Abcs!!!!!!!!
Dadi

Ana E.G. Granziera disse...

Dadi,
fui até conferir no livro do Jamie Oliver, mas é isso mesmo. As medidas que passei são exatamente metade da receita inteira dele. Você tem certeza de que mediu o total de 500g de farinha (400g comum +100g semolina)?

Bjs

Luciana disse...

Oi... Ana, sigo seu blog há algum tempo e neste final de semana fiz a receita que vc postou do calzone....muito boa...massa super leve...parabéns

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails