quinta-feira, 23 de abril de 2009

Um bolo de maçã muito fácil para quando tudo de que você precisa é um bolo de maçã

E esfria. E chove. Chove só um pouco. E as nuvens estão inertes agora, ainda que tenham andado de um lado para o outro atarantadas durante toda a manhã. E mesmo observando o movimento contínuo e ensaiado do escritório em frente à janela de minha sala – porque eles estão sempre trabalhando ali, dia e noite, como se salvassem vidas com seus trabalhos – o universo em si parece ligeiramente suspenso. A vida flutua sem direção e sem apoio em torno de mim, talvez esperando por um movimento meu, talvez apenas... sendo. E venho para o computador e respondo alguns e-mails, tentando manter o foco na importância (importância?)
de meu trabalho. Outros e-mails mantêm-se no limbo, no purgatório das bandeirinhas cor-de-laranja, lembrando-me de que preciso respondê-los. Um dia. Não hoje. Duvido que amanhã. Fecho os olhos por um instante, e quando os abro novamente me surpreendo pelo mundo ainda estar ali.

Não há nada para ver na TV. Não quero ler agora. Sento à minha mesa de desenho, puxo uma folha e ela volta quase que imediatamente ao topo do bloco, ligeiramente amassada na ponta. Não há nada a ser desenhado. Não hoje. Duvido que amanhã. Embrenho os dedos nos cabelos, massageando o couro cabeludo, cotovelos apoiados à mesa, e suspiro. O ar entrando e saindo assim controlada e vagarosamente me lembra de que preciso respirar.

Vou à cozinha sem pressa. O cão me segue, se espreguiçando pelo caminho. Ele é controlador, e gosta de saber onde estou o tempo todo. O splash-splash que ele produz ao beber água de sua tigela é reconfortante contra o zumbido contínuo da geladeira. Preparo um chá. Chá verde, meu favorito. Levo comigo a xícara fumegante e um pratinho vazio até a sala e olho por alguns segundos para aquele bolo quadrado, ainda morno. O cão me distrai ao subir no sofá e despencar ruidosamente em uma de suas posições de soneca favoritas. Mas ao invés de fechar os olhos, ele continua ali, me encarando, esperando que eu me decida enfim por um lugar e fique nele. Você vai cortar esse bolo ou não?

O bolo é macio e faz sujeira ao ser cortado, espalhando migalhas macias e redondas pela mesa. O cheiro de maçãs ainda quentes e amêndoas me desperta. Sinto-me satisfeita, uma satisfação serena, como todas as vezes em que meus bolos dão certo. É mais como um alívio, na verdade. Carrego comigo o chá e o bolo e me acomodo no sofá, ao lado do cão, que suspira — meu cão suspira — e fecha os olhos, relaxando sobre as almofadas.

O bolo tem gosto de café-da-manhã. Como uma tigela de aveia, maçãs, passas e amêndoas, mas transformada em algo melhor. Quando você se sente desconectada de tudo, ele a traz de volta à terra apenas o suficiente para apreciar o perfume de canela e baunilha. O chá quente limpa o paladar para que a próxima mordida seja como se fosse a primeira. Por um breve instante isso é a coisa mais importante do mundo para mim: chá e bolo no sofá.


BOLO MUITO FÁCIL DE MAÇÃ

(Ligeiramente adaptado do livro Baking - From My Home to Yours, de Dorie Greenspan)
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 16 pedaços


Ingredientes:
  • 1 xíc. leite integral
  • 1 ovo grande
  • 8 colh. (sopa) manteiga sem sal
  • 1 colh. (chá) essência de baunilha
  • 1/2 colh. (chá) essência de amêndoas
  • 1 3/4 xíc. farinha de trigo
  • 1/2 xíc. açúcar cristal orgânico
  • 1 colh. (sopa) fermento químico em pó
  • 1/2 colh. (chá) bicarbonato de sódio
  • 1/2 colh. (chá) canela em pó
  • 1/4 colh. (chá) sal
  • 1/4 xíc. açúcar mascavo
  • 3/4 xíc. aveia em flocos
  • 1 maçã Gala com casca cortada em cubinhos pequenos
  • 1/2 xíc. amêndoas picadas
  • 1/3 xíc. de uvas-passas

Preparo:
  1. Pré-aqueça o forno a 200ºC. Unte e enfarinhe uma forma ou assadeira quadrada de 20cm.
  2. Derreta a manteiga e deixe que esfrie. Numa tigela, junte a manteiga derretida, o leite, o ovo, as essências, e misture muito bem.
  3. Em outra tigela, junte a farinha, o fermento, o bicarbonato, canela, açúcar cristal e sal e misture muito bem. Junte o açúcar mascavo e misture bem, não deixando nenhuma pelota. Junte a aveia e misture mais uma vez.
  4. Junte a mistura líquida à seca e misture com uma espátula apenas o suficiente para que fique uniforme. Junte a maçã, as amêndoas e as passas e misture pouco, apenas para espalhá-las.
  5. Espalhe a massa na forma, alisando com a espátula, e leve ao forno por 30-35 minutos, ou até que esteja dourado e um palito inserido no meio saia limpo. Transfira a forma para uma grade e deixe esfriar por alguns minutos antes de desenformar. Sirva morno ou em temperatura ambiente.

27 comentários:

Maria disse...

Ana Eliza,
sei da sensação que descreve. quando estou fora do mundo, andando como que uns centímetros a cima do chão, mas ainda sem voar, o que me satisfaz, o que me deixa plena é a minha cozinha com seus aromas, gostos e texturas. quando não consigo fazer nada de produtivo, ou quando estou assanhada comigo mesma, quando me amo e quando não gosto de mim, minha cozinha está lá. às vezes não consigo estudar mesmo em véspera de prova, não consigo chorar mesmo estando muito triste, não consigo fazer nada que não olhar pela janela enorme que tem lá em casa e ver o céu mudar de cor. nessas horas, num impulso auto-indulgente e quase desesperado, corro pra cozinha. moro com meus pais - mas a cozinha é minha.

venho lendo seu blog a algum tempo e acho que já li quase todos os posts, mesmo os antigos. me identifico muito com a tua relação com a comida e o cozinhar.

a minha cozinha é o meu território porque é onde eu sei como me virar. mesmo se a receita da errado. eu olho pra massa do pão estalando e sinto se ela pede mais farinha. eu apuro o melhor molho de tomate do mundo em fogo baixo e ele canta pra mim quando é hora de desligar o fogão. os cheiros dos temperos povoam meu imaginário, e só de senti-los posso dizer em que receita viriam mais a calhar.

adoro suas receitas.
estou aqui só pra deixar claro a minha admiração por você.

um beijo da Maria.

Marcelo disse...

Esse bolo é simplesmente tudo.
Não exatamente esta versão, mas qualquer outra.
Bolo de maçã, canela, amêndoas e passas não pode resultar em uma coisa qualquer além de uma maravilha.
Favorito.
Um bom fim-de-semana, Ana.
Marcelo.

fátima disse...

ahhh, me deu vontade de correr pra cozinha agora mesmo e fazer o bolo, mas aí me lembrei que:
1- bolo meu não cresce;
2- não tenho essência de amêndoas;
3- não tenho açúcar cristal...

bj

Mishal Zohaib disse...

Vi um link do seu blog no blog Rainhas do Lar e vou te confessar...Eh sublime, chic, requintado, um LUXO...vc faz tudo com poesia...dah pra perceber em cada linha que escreve o quanto voce gosta do que faz...nunca vi tanto capricho!!! Jah te linkei!!

Meus sinceros parabens!!!

PS: Vi tbm suas receitas indianas, mto bacanas e vc escreve com mta propriedade, fala de coisas q soh quem estah por essas bandas conhece...Moro no Paquistao (que eh vizinho da India, inclusive) e a culinaria aqui eh basicamente a mesma...ADORO!!!

Monica disse...

Que texto lindo! Bolo lindo!

Lala disse...

ai,ai,ai... nem sei o q fazer qdo vejo receitas doces q levam manteiga. Não me entenda mal, porque ADORO, mas onde moro só se encontra manteiga com sal (e muito sal!). Não queria tentar a margarina (acho q vc concorda com isso). Vc tem alguma sugestão pra mim??

Obrigada :-))

Licsk disse...

...até consegui sentir o gostinho do bolo...delícia pura!!!!!!!

Flávia J. F. Solís disse...

Olha, veio em boa hora seu texto e sua receita. Tenho maçãs implorando para serem usadas e todos os demais ingredientes (exceto essência de amêndoa. A de baunilha substituo pelo meu açúcar baunilhado. Confesso que não me dou bem com essências!). Mas a receita é grande para minha família de 2 comedores e 1 lactente. Vou tentar diminuir, reze por mim! Hahahaha! Aii, já estou até sentindo o cheirinho!

rosangela disse...

oi Ana, ontem não vim trabalhar, aborrecida com tudo fiquei em casa cuidando das ovelhas, procurando ninho de galinha pelos pastos, alimentando os gatos, dando banho nos cachorrinhos, fazendo croche...
pretendia tentar fazer seu ultimo pao, mas esqueci a receita no trabalho, entao criei coragem e fiz meu primeiro pao doce, recheado com ricota e uvas passas. e não é que ficou bom???
adoro ler seu blog, todo dia acesso pra ver se tem novidade, voce se tornou uma amiga querida,
obrigada por partilhar suas receitas e seus devaneios..
bjs pra vc
rosangela

Dani disse...

A inspiração que faltou para desenhar transbordou para escrever essa postagem.

Só não vou chorar por um pedaço desse belo bolo pois o sabor me parece ser exato com um que faço em casa. Nossa isso é bom d+ para aquele café ou chá da tarde de um domingo gelado e preguiçoso em familia.

Bjs

Ana Elisa disse...

Maria,
fico muito contente que goste do blog! Volte sempre!

Marcelo,
bolo de maçã também é meu favorito: qualquer um.

Fátima,
Não se acanhe, porque:
1- esse bolo vai crescer, porque ele é feito como um muffin.
2- pode pular a essência de amêndoas. Ela dá um gostinho diferente, mas não é crucial para o bolo.
3- a receita original é com açúcar comum. Mas como alguns amigos dizem "ah, fiz sua receita mas não ficou igual ao que comi na sua casa", coloco exatamente o que eu usei, e às vezes até algumas marcas, para que as pessoas tenham exatamente o resultado que eu tive.

Mishal,
eu ADORO comida indiana. Preciso preparar mais vezes. E preciso definitivamente aprender mais a respeito. Que invejinha por você ter toda essa comida boa aí onde você mora... ;)

Mônica,
obrigada. :)

Lala,
Li uma vez que o famoso caramelo salgado francês nasceu meio que por acidente na Lombardia, uma vez que a manteiga deles é excelente, mas quase sempre salgada. Das duas uma: ou eu simplesmente cortaria o sal das receitas e usaria a manteiga salgada, para ver no que dá (às vezes o sabor pode ficar ótimo), ou faria minha manteiga sem sal em casa, apenas batendo o creme de leite fresco ou nata na batedeira até virar manteiga, e então lavando com água fria para tirar o soro. E o soro ainda é o buttermilk, que você pode usar em outras receitas... :)

Licsk,
ficou muito muito gostoso. Recomendo mesmo.

Flávia,
pula a essência de amêndoas e usa o açúcar baunilhado numa boa. O bolo é pequenininho, na verdade. Tem só 20cm, e nem 5cm de altura.

Rosangela,
que bom... :) Fiquei curiosa para ver suas ovelhas...

Bjos

Sarinha disse...

Ana, que bolo lindo! Acho que senti até o gostinho e o cheirinho...hummmmmmmmm
Deu água na boca!
Bjos

Cristiane disse...

Ai, Ana, me deu uma sensaçao tao gostosa ler o post de hoje... De uma serenidade...
Abraços,
Cris.

Miriam disse...

Ana, um pouco por culpa sua, ontem fui dormir quase uma da manhã... Estava sem sono, entro no seu blog e vejo esse bolo. Fico com muita água na boca de um bolinho caseiro, simples. Daí lembro que não tenho maçãs, mas cenouras que comprei pensando mesmo num bolo. E lá fui eu, às 23h30, começar meu bolo. Ficou bom, só a minha calda ficou rala. Comi ainda quente, antes de dormir e o melhor, acordei com um bolo delicioso me esperando.

angela disse...

tudo que sai da sua cozinha é simplesmente perfeito!

Loisiana disse...

Oi Ana!

Bom, já visito seu blog há algum tempo e meu ego gosta de acreditar que vc talvez lembre de mim entre um post e outro (talvez pelo nome incomum).

Por agora, passei por alguns meses sem a MENOR (menor mesmo) vontade de fazer QUALQUER coisa na cosinha... Fiquei muito intrigada com meu desânimo por várias semanas...

Até descobrir que estou grávida!
Pois é, a vida nos prega peças!!!

Enfim, a vontade voltou um dia destes, sem mais nem menos, e eu fiz um bolinho de maçã muito parecido com este ai...

Eu que estava com horror de qualquer (QUALQUER!!!) cheiro, fiquei na cozinha enquanto o bolo assava...me deliciando com o aroma de maçãs e canela...ai ai...

Tudo de bom!
Beijos
Nani

Marcia Rosa disse...

Ana Eliza, complicar pra que né?A cozinha mexe com todos os nossos sentidos e é capaz de nos deixar feliz com um bolinho de maçã...simplses assim!
bjs

Andreia disse...

Ana Elisa, eu sei que pode parecer uma pergunta boba, mas para mim faz toda a diferença. Será que se eu cortar a canela desse bolo, ele fica bom? É que eu gosto muito de maçã, mas simplesmente odeio canela, não gosto nem do cheiro. Canela, cravo e gengibre são os únicos temperos que detesto, aquela coisa de tentar comer, mas nem conseguir engolir. Sabe? Posso tentar colocar algo no lugar? Sei que não ficará a mesma coisa, mas pelo menos posso comê-lo.Bjos.

Anônimo disse...

Ameeeei esse bolo. Fiz no sábado.
Como não tinha açúcar mascavo, substituí por melado de cana e em vez de amêndoas usei castanha so pará. Todos amaram. Simplismente divinoooo.


Liana

miosotiis disse...

volta e meia, encontro referências a este livro. parecem-me sempre maravilhosas!

já procurei por cá, mas sem resultado...acho que ou fazer a minha primeira compra pela internet... :)

p.s.adoro bolo de maçã; no sábado fiz um que leva iogurte natural, feito cá em casa. :)*

Flávia J. F. Solís disse...

Fiz esse bolo de maçã e ficou muito bom. Coloquei a essência de amêndoa, por fim. :)

Sonia Palma disse...

Gente, fiz o bolo, estou aqui com ele, ainda quentinho, acompanhado por uma xícara de chá. Simplesmente delicioso...
Grata Ana Eliza!

Lia disse...

Realmente esse bolo fica uma delícia!! Fiz hj de manhã e comi com uma xícara de chá, o que caiu muito bem. Os aromas de canela e baunilha no ar, o sabor das maçãs com as amêndoas e uva-passas.... É incrível como todos combinam e se complementam! Usei uma forma retangular e sobrou um pouquinho de massa, que aproveitei para assar em forminhas de muffin. Tive que adivinhar o tempo no forno mas chequei aos 15 min e já pareciam bons. Ficou ótimo!
Obrigada pela receita. Sempre visito seu blog e compartilho muito o seu jeito de pensar em relação à comida. Mesmo atarefada com as ilustrações por favor não pare de escrever!
Abs,

Lia

Simplesmente Mariza disse...

O bolo de maçã é uma tentação irresistível. O perfume que exala quando está assando é demais. Deus do céu é muito bom! Tuas receitas são demais.....

Adriana disse...

M A R A V I L H O S O!!
COMO TUDO QUE LEIO E EXPERIMENTO POR AQUI.
PARABÉNS PELO BOM GOSTO!!
BJSS.
ADRIANA RODRIGUES

Vanessa Paschoa disse...

amo esse blog

Cristiane Fariah disse...

Menina! q bolo bom! já fiz 3x. Em forminhas individuais e com farofa doce.
delícia demais!
obrigadíssima. Deus conserve sua paciência pra manter o blog. =D

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails