quinta-feira, 5 de março de 2009

Uma deliciosa torta de escarola e uma vitória pessoal!

Estou feliz. Muito feliz mesmo. E por dois motivos:
  1. Atingi minha meta. Foram 8 meses de muita corrida e vigilância a meu prato, e, sinceramente, um certo nível de stress em alguns momentos. Mas hoje fui liberada da nutri. Com 10kg a menos, é estranho pensar que os 28% de gordura que tinha antes me diziam que 1/3 do meu corpo simplesmente não deveria estar lá. Agora, com 15%, vejo os músculos que andara trabalhando na corrida finalmente aparecendo, e me sinto mais leve e muito, muito mais saudável.
  2. Atingi minha meta nos MEUS termos, e só Deus sabe como eu gosto de ter razão! Nenhum produto light, nenhuma barrinha, shake ou pilulinha. No meio do caminho, houve muitos bolos, pudins, cookies, sorvetes, pães e iogurtes – com gordura! ;) E, claro, dezenas de saladas multicoloridas, sopas deliciosas, legumes assados, peixinhos, grãos integrais, uma miríade de frutas, e a certeza de que finalmente aprendi a comer não só bem, mas direito. Preciso confessar que pregar um estilo de vida tão natural e ao mesmo tempo estar tão acima do peso fazia com que eu me sentisse uma farsa. Não consigo expressar o tamanho do alívio que sinto hoje. Se eu precisava mostrar ao mundo que a indústria light é uma verdadeira enganação, sinto que cumpri meu papel, senão aqui, ao menos em meu círculo de amigos e familiares. No fim das contas, tudo de que você precisa é tirar a bunda do sofá e comer pratos menores, mais coloridos e mais naturais.
Agora é o momento-chave: a manutenção. Cuidado para não jogar fora o quase um ano de reeducação. No entanto, vendo como me sinto hoje e como me sentia antes, em termos de disposição e energia, não vejo como ousaria voltar a me comportar como antes, faltando na corrida e comendo macarrão todo dia. O fato de estar treinando para uma prova mais longa no segundo semestre, o que tornará meus treinos cada vez mais intensos, certamente me ajudará a manter o que foi transformado e fazer um ajuste fino do que ainda não está lá essas coisas. Sinto finalmente que estou dando a meu corpo o respeito que ele merece. Afinal, seu corpo é apenas um empréstimo. Assim como não se devolve um livro destruído, é muita falta de educação receber um corpo perfeitamente saudável e devolver à terra uma verdadeira tranqueira. ;)

Porque estou feliz, então, presenteio vocês com essa torta italiana incrivelmente deliciosa e fácil de se fazer, retirada do livro Larousse da Cozinha Italiana, que dei à minha irmã certa vez, mas que vira-e-mexe eu surrupio. Sua massa é fermentada como pão e leva muito menos manteiga que uma pâte brisée, e o recheio é uma quantidade enorme de escarola (que está na época, é amarga e eu adoooooro) refogada em alho e misturada a azeitonas pretas, alcaparras, uvas passas e pinoli, criando uma combinação deliciosamente agridoce, complexa e satisfatória. Não vejo a hora de prepará-la de novo, principalmente para minha mãe, que divide comigo o amor pela escarola e chicórias em geral.

TORTA DI SCAROLA E OLIVE
(do livro Larousse da Cozinha Italiana)
Tempo de preparo: 1h40m
Rendimento: 6 fatias


Ingredientes:
(massa)
  • 5g fermento biológico fresco
  • 1 colh. (chá) açúcar
  • 100ml água
  • 250g farinha de trigo
  • 50g manteiga em temperatura ambiente
  • 1 colh. (chá) sal
  • Pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • azeite e 1 ovo para pincelar
(recheio)
  • 500g escarola cortada em tiras
  • 1 dente de alho grande picado
  • 3 colh. (sopa) azeite
  • 100g de azeitonas pretas sem caroço
  • 70g uva passa (clara ou escura)
  • 70g pinoli (ou castanha-do-Pará picada)
  • 1 colh. (sopa) alcaparras
  • 3 colh. (sopa) salsinha picada

Preparo:
  1. Dissolva o fermento com o açúcar e a água e deixe descansar por alguns minutos. Junte o restante dos ingredientes da massa e sove até obter uma massa elástica e lisa, por uns 10 minutos. Cubra com um pano e deixe fermentar por 1 hora.
  2. Refogue o alho no azeite até começar a dourar. Junte a escarola aos poucos, mexendo, até que murche e toda a sua água evapore. Pique as azeitonas e as alcaparras juntas e junte à escarola. Junte também os pinoli, a uva-passa e a salsinha e misture muito bem, deixando no fogo por mais um minuto. Experimente para acertar o sal. Se as alcaparras e azeitonas forem bastante salgadas, talvez (como eu) você não precise acrescentar sal nenhum. Tempere com pimenta a gosto e reserve, deixando que esfrie.
  3. Sove a massa fermentada por meio minuto e divida em duas partes. Abra uma das metades com um rolo e forre uma forma de torta (22-23cm) untada com um pouquinho de azeite. Espalhe muito bem o recheio frio, abra a outra parte da massa e cubra o recheio. Dobre e pressione bem as abas das massas, fechando a torta. Pincele com azeite e deixe descansar por meia hora.
  4. Pré-aqueça o forno a 200ºC. Pincele a torta com um ovo ligeiramente batido e leve ao forno já quente por 45 minutos.

29 comentários:

Laurinha disse...

15% de gordura é uma excelente taxa, hein! parabéns....

gosti, tanto da massa, como do recheio. Ontem mesmo fiz uma de cebolas roxas, mas com a patê brisée... vou experimentar esta sua sugestão!

Beijinhos

Silvia Fochesato disse...

Ana, que bacana , que conquista maravilhosa para sua vida , e tão legal atingirmos as nossas metas e ainda por cima ficarmos com nossa auto estima lá nas alturas , parabéns !
Espero que você continue nos prestigiando com essas deliciosas receitas , que sempre me servem de inspiração !
Grande beijo

Lílian disse...

Parabéns !!!! Fiquei realmente feliz por você. E como passou rápido este tempo...

Renata disse...

Parabéns pela "conquista" Ana, concordo com vc, é sim possível comer bem, de forma saudável e sem encher o armário de coisas lights industrializadas e etc... qnd todo mundo pergunta pq eu como tanto e sou magrinha, respondo: aprendi a comer bem! E acho que esse é o segredo!
até!
Renata

Bigode de chocolade disse...

É mais tem tanta gente que cai diariamente nessa armadilha. Visitei a pouco uma amiga que elegantemente me serviu uma tábua de queijos. Para beber só tinha coca light – para compensar, ela disse. Absurda o seu conceito de como manter a forma e um pecado com o queijo também. Se quero que algo fique mais leve... não compro light, eu como menos. E essa torta aí, hummm. Logo-logo é páscoa e tou a fim de fazer uma daquelas enormes cheia de escarola e ovos inteiros. E 10 kg, Ana! Parabéns!!! Acho que de presente faço uma sobremesa para você, ih ih ih. Beijos

Isabel Furtado disse...

Hummmm... Será que vou ser contageada com a sua felicidade e vou começar a minha reeducação alimentar? Confesso que o meu corpo já está pedindo uma atenção especial e eu estou adiando atender esse pedido há tempos.

Carolina disse...

Uh-huuullll!!!
Concordo plenamente que "comer light" significa "comer consciente". E tambem, nao ha nada como chacoalhar o esqueleto para manter a saude e auto estima.
Parabens Ana, pela determinacao e esforco recompensado.
Beijos,
Carol

Rivera disse...

Muitos parabéns!!
Em 2007 também estive numa nutricionista e consegui emagrecer 10kg, mas ainda me faltavam 5kg. Entretanto foi o meu casamento, 15 dias de lua-de-mel e quando voltei já tinha mais 4 kg :(
Entretanto, acabei por deixar a nutricionista e ganhei mais 4 kg depois dos sa lua-de-mel. Mas para mim é muito dificil emagrecer porque adoro cozinhar e comer bem!
Mas adorava voltar a perder peso.

Felipe Santiago disse...

Bom dia! Seu blog é um "must"; uma fonte de inspiração!
Também estou contente; concordo com tudo que você escreve a respeito da mudança de estilo de vida. Há três meses venho fazendo o mesmo que você e já me livrei de 6 kg, passei a dormir mais e melhor, desapareceram as irritações musculares, sobretudo do braço direito, provocadas pelo constante uso do computador e minha pressão voltou a nível normal. Sigamos assim! Um abraço!

Amanda Scapini disse...

Oh, parabéns! É tão bom estar de bem com a gente mesmo, não é?
Há algum tempo engordei um pouco (apesar de teoricamente ter uma alimentação saudável) e não consegui me entender com nenhuma nutricionista. Me recuso a comer coisas light, diet e disfarçadas de saudáveis...
Vou continuar procurando uma nutricionista como a sua! :)

Beijos

Liks disse...

...parabéns pela conquista...também estou na luta, mas estou só começando...1 mês para ser exata...caminhadas, saladas, chá verde...é complicado para quem é viciada em pão e bolo...dureza!!!!! Mas com testemunhos como o seu a gente segue em frente...
Bjuuuuuuu

Patricia Scarpin disse...

Parabéns, Ana! (fazendo reverência enquanto digo isso). :D

Realmente foi um esforço hercúleo e a sua perseverança é admirável - dificilmente nos atemos a algo com resultados a tão longo prazo, tendemos a ser imediatistas demais, não?

A sua torta está linda e meu pai é louco por verdes amargos. Vou fazer pra ele!

Um beijo!

Andreia disse...

Oi Ana, que bom que conseguiu. Também emagreci e mantenho o peso à 6 meses, na verdade engordei dois kgs, mas precisava engordar mesmo, pois estava muito magra. Hoje, assim como vc, me sinto bem melhor, comendo de tudo, manteiga, sorvete, muito azeite e etc e tal.
Só não abro mão do leite desnatado para tomar no café da manhã (pode me xingar), pq eu prefiro o gosto dele, mas para todo o resto uso o integral, bom gosto é gosto, né. Só tenho que voltar a me mexer, pois estou em falta. Como vc faz para deixar a preguiça de lado? Bjos

Jun.~ disse...

Poxa Ana, Parabéns MESMO. 8 meses de reeducação alimentar e exercícios constantes é uma batalha dura, sei como é isso. Agora vem a parte onde você tem que manter o peso (a mais difícil, na minha opinião).

Cheguei a emagrecer 29kg (uhul, tava quase pra viver no mar =D). Agora eu engordei mais um pouco, mas chego lá de novo, ainda mais que eu estou animado desde que eu recebi um email de aprovação de teste de dança japonesa.

Mas falando agora da comida (acho que eu falei demais sobre mim, tenho que me policiar, fato), eu ainda estou devendo fazer uma torta dessas em casa. Acho que vou aproveitar e fazer de escarola também! Todos de casa gostam.

Aliás, sua família toda gosta de cozinhar, não é? Bom, pelo menos foi o que eu deduzi lendo seus posts. :)

Ariel Pacífico disse...

Ana, parabéns pela tua conquista! No final, temos que comemorar com você, pois sua dedicação em compartilhar conosco seus conhecimentos sobre como ser mais saudável, com certeza nos infuencia a cada dia.
Bjos,
Ariel

Diogo Henrique (Guga) disse...

Parabéns pela conquista!!! :)
Espero que esteja contente com todos os benefícios que a corrida pode trazer!!!

E parabéns pela receita… vo tentar no final de semana!!

Um ótimo final de semana moça.

Elena sem H disse...

Parabéns!
Fico feliz por você e mais animada a parar de inventar desculpas, tirar a bunda do sofá, comer pratos menores e mais coloridos (e sem pilulinhas ou barrinhas e produtos light).
Por que será que é tão trabalhoso sair da teoria e entrar na prática?
Adorei o comentário de não devolver destruído o que nos foi dado em perfeita ordem, vou lembrar disso.

Beijos e obrigada ;-)

Elena sem H

Luciana disse...

Menina, vim te dar os parabéns pela conquista, e também para dizer que eu AMO escarola! :D Meu marido torce o nariz, mas já o convenci a comer abobrinha, então tá valendo, por enquanto! hehe! Também estou num momento reeducação alimentar porque engordei uns bons quilinhos no ano passado, culpa das comilanças do curso de chef! hahaha! Mas é isso aí, comida saudável é comida de verdade, mas em menor quantidade. Beijão!

Andreia T. Farias Britez disse...

ADORO escarola!! Acabei de comer no almoço, feito salada!! Vou tentar essa torta com certeza!! Quanto à sua conquista, só posso parabenizá-la! Essa semana resolvi começar uma "reeducação", por assim dizer. Não é dieta, como de tudo mas em menores porções e voltei a comer salada e frutas, que andavam meio escassas em casa!! Seu relato é uma inspiração, tanto para a boca como para o corpo (tbém voltei pro treino de corrida!). Espero poder voltar aqui pra dizer que atingi minha meta tbém!! Beijão!!

Letícia disse...

Oi Ana!
Parabéns pela conquista! Eu também consegui emagrecer 8 quilos e sei do que você está falando! É um sentimento muito bom, e lembra o respeito que devemos ter com o nosso corpo!
Ah, adicionei seu blog aos meus favoritos, ok? tem sido de grande inspiração para mim.
Beijos

Cristiane disse...

Ana, complimenti!!!!!
E eu aqui, na luta para perder dois mìseros kilos e nao consigo porque sou relaxada... Nao resisto a um prato de pasta asciutta!
Bom final de semana,
Cristiane.

gasparzinha disse...

Ana Elisa, muitos parabéns ela meta cortada!

Abraçar uma alimentação e estílo de vida mais saudável é sempre motivo de aplauso e incentivo, pois a nossa saúde é o maior bem que podemos ter.

Sou leitora e fã do teu blog há muito tempo, apesar de não ter o hábito de comentar, foram já muitas as receitas que foram daqui até à minha cozinha.

Sou portuguesa, de Lisboa, os seus petiscos são sempre um sucesso cá em casa.

Tenho um blog acabado de sair do forno e teria muito gosto que fosses lá conhecê-lo:
http://nosoup-foryou.blogspot.com/

Beijinhos e parabéns por este blog selicioso!

Karina disse...

Oi Ana, parabéns pela sua conquista! Adoro seu blog, as receitas e as fotos super apetitosas! Não consegui resistir a essa torta, já que adoro escarola (apesar de comer raras vezes) e estava procurando uso pros pinolis que tinha comprado. Fiz no fim de semana e o recheio é muito bom! Não incluí as azeitonas pois esqueci de comprar e fiquei c/ preguiça de voltar ao mercado. Já minha massa ficou muito seca. Aqui não tem fermento fresco e eu tentei adaptar c/ pó Royal, mas deixou a desejar. Da próxima vez vou tentar c/ outro tipo de fermento seco e colocar menos farinha pra ver o que acontece. Qto à mudança no estilo de vida, concordo plenamente com você - tb estou controlando mais minha alimentação, principalmente os carboidratos, e fugindo de produtos light/diet. C/ um pouco de disciplina já consegui emagrecer 7kg, e espero continuar assim pois ainda tenho muuitos kgs pra perder pela frente...

carladuc disse...

Ana,

Parabéns! :)

Obrigada por compartilhar esta receita que já está anotadíssima! :)

Beijo,

Andreia T. Farias Britez disse...

Oi Ana,
Tive que voltar aqui para dizer que esta torta é MUUUITO BOA!!! Adorei! A massa lembra massinha de pão, diferente da massa de torta de todo dia e o recheio é realmente delicioso! Fiz algumas adaptações como adicionar cebola no refogado da escarola e troquei a castanha do pará pela de caju pois era o que eu tinha em casa! Mais uma receitinha pra repetir várias vezes! Obrigada!!

Ana Elisa disse...

Gente,
obrigada pela força. De uma certa forma, o fato de vocês continuarem aparecendo por aqui apesar do compendium de saladas e da diminuição de docinhos e tortas, fez com que eu me animasse a buscar mais versões gostosas da "comida de dieta". Até o momento em que a coisa deixou de ser "comida de dieta" e simplesmente "boa comida". Muito obrigada pela força nos últimos meses! Fiquei feliz ao longo do tempo de ver alguns se animando também para começar a rever sua alimentação!

Junji,
minha família toda tem um pezinho na cozinha, em diferentes níveis. Meu pai e minha irmã são mais do tipo "cozinheiros para momentos especiais", mas não estão lá todo dia não... ;) A maior parte de meus tios também gosta da coisa e minhas avós eram excelentes (uma se foi e a outra deu um tempo nas panelas)!

Elena,
outro dia um amigo meu reclamou: aaah, eu queria tanto ter disciplina... Virei para ele e disse: sabe como se consegue disciplina? Tendo disciplina. Não tem jeito. Tem que começar. Tem que se convencer de que aquilo é o melhor para você. Como qualquer outra coisa que vc quer muito na vida... :)

Bjos

Sabores de Aromas disse...

olá,

Eu tenho esse livro, também ja fiz essa receita é muito boa mesma.
parabens pela perda de peso..

bjs
visita meu blog http://saboresdearomas.blogspot.com

Dani Oliveira disse...

Parabéns pela vitória Ana!

Anônimo disse...

Seu blog é simplesmente fantástico! Confesso que acabei de descobrir a existência dele... sabe como é, ne? Vou entrando em um, ai clico nas indicações, que depois clicamos em outra, depois em outra e paft! Cheguei ao seu.
Me casei há 6 meses e estou realmente descobrindo o prazer de comer COMIDA de verdade! Eu já comia (e algumas besterinhas tbm!) mas não sabia que eu era capaz de cozinhar.

Sempre bom ter novas receitinhas!
Parabéns! Lindo o blog e pelos comentários... receitas deliciosas!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails