segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Nestlé Toll House Chocolate Chip Cookies

Quem era fã do seriado Friends com certeza se lembrará do episódio em que Monica tenta recriar chocolate chip cookies a partir de um único biscoito restante de uma "receita de família" de Phoebe, com o intuito de ser a mãe que faz os melhores cookies do mundo. No fim do episódio, descobre-se que a receita viera de um pacote de gotas de chocolate da Nestlé.

Quando Rogério enviou-me a receita destes biscoitos, junto com a história dos mesmos, não podia parar de rir lembrando do episódio. Sempre quisera saber o que era o "Toll House" mencionado no seriado junto ao nome da marca, mas, francamente, nunca me ocorrera procurar.

Segundo ele, a receita dos famosos cookies é oriunda de um posto de pedágio ("Toll House") de 1930, onde uma mulher resolvera assar biscoitos incorporando à massa lascas de chocolate Nestlé. Parece mundano hoje, mas alguém teve de ser o primeiro a pensar nisso! Os biscoitos fizeram tamanho sucesso, que a Nestlé comprou a receita e passou a fabricar o chocolate em gotas com esse propósito específico. (Resumi certo, será?)

Quando recebi a receita, entretanto, não pude deixar de sentir que havia algo estranhamente familiar nela. Corri atrás dos cookies que produzi na Páscoa. Tsc, tsc, tsc... O chef que fez os biscoitos para a então revista Cláudia Cozinha deveria receber umas boas palmadas na poupança. Trocou um tipo de fermento por outro, alterou quase nada o açúcar e apropriou-se da receita sem dar crédito nenhum a ninguém. Que feio...

Depois disso, eu simplesmente precisava testar a receita original, que irá (desta vez sim!) comigo amanhã para engordar aqueles que correm comigo. [É, se vocês estão lendo, não faltem na corrida amanhã!]. A grande diferença entre uma receita e outra está no uso do açúcar mascavo no lugar de demerara. O mascavo torna os cookies muito mais moreninhos. Assei-os pequenos, porque os prefiro assim, quase "bite-size" mas acredito que não haja problemas em fazê-los maiores. Normalmente não colocaria as nozes, duplicando o chocolate. Desta vez, contudo, com propósitos "científicos", mantive-me absolutamente fiel à receita. Por mim, estão aprovados. Pelo Allex, tenho certeza de que não, pois sua ojeriza a nozes é já bem conhecida. Resta saber dos amiguinhos de corrida, agora.

Rogério, tomei a liberdade de acrescentar detalhes ao preparo, para facilitar a vida de quem não tem tanta experiência com cookies...


NESTLÉ TOLL HOUSE CHOCOLATE CHIP COOKIES
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: cerca de 100 cookies de uns 4-5cm


Ingredientes:
  • 2 1/4 xíc. de farinha de trigo
  • 1 colh. (chá) de fermento químico em pó
  • 1 colh. (chá) de sal
  • 1 xíc. (200g) de manteiga sem sal à temperatura ambiente
  • 3/4 de xíc. de açúcar cristal claro orgânico
  • 3/4 de xíc. de açúcar mascavo escuro
  • 1 colh. (chá) de essência de baunilha
  • 2 ovos extra-grandes orgânicos
  • 2 xíc. de gotas de chocolate amargo (usei Callebaut a 70% de cacau)
  • 1 xíc. de nozes picadas

Preparo:
  1. Numa tigela, misture a farinha, o fermento em pó e o sal.
  2. Na batedeira, bata devagar a manteiga, os açúcares e a essência de baunilha até ficar cremoso. Junte os ovos um a um, misturando bem a cada adição. Acrescente a farinha em partes e misture até ficar homogêneo. Misture uniformemente as gotas de chocolate e as nozes.
  3. Sobre uma assadeira grande não untada, disponha bolotas de massa do tamanho de 1 colher de sopa, para que todos os cookies assem por igual. Deixe um espaço de no mínimo 2cm entre as bolotas.
  4. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por mais ou menos 15 minutos ou até que os cookies estejam dourados nas bordas. Retire do forno e deixe que os cookies descansem por 1 minuto na assadeira, antes de retirá-los com a ajuda de uma espátula e esfriá-los sobre uma grade. Uma vez frios, guarde-os em recipiente bem fechado, para que não amoleçam.

27 comentários:

Rogério disse...

Ana, que legal que você já fez a receita. E que bom que gostou! Ficaram muito bonitos.

Ah, obrigado pela gentileza de linkar o Amuse Bouche no seu Blog!

Abraços holandeses...
Rogério

Letrícia disse...

Oi, Ana, desde o final do ano passado tenho visitado o seu blog (vim parar aqui por causa do seu post que diferenciava os 346.637.567 tipos de creme presentes nas receitas - achei utilíssimo, por sinal).

Vi quanto você é disciplinada e metódica nas suas receitas. Isso me fez ficar mais animada a enfrentar um novo round contra os cookies (eu ando apanhando deles na cozinha). Vou seguir essa receita e depois conto quem ganhou!

Beijos!

Michel Khodair disse...

Mas que belezura hein!

Raquel disse...

Oi Ana,
Descobri seu blog há poucos dias, por causa da sua científica e rigorosa lista sobre cremes de leite etc.
Qd li o título desse post lembrei imediatamente do episódio, pricipalmente a revolta de Mônica quando descobre tudo.
Obrigada por explicar tão direitinho, vou tentar fazer!
Bjs.

Laurinha disse...

Ficaram lindos seus cookies, anotei para fazer qq dia - só não faço sempre pq senão, o ponteiro da balança teima em não ficar parado...
Beijinhos,

Lili disse...

Ana,
será que posso trocar todos os tipos de açucar pelo refinado?
Adoro teus post!

Ana Elisa disse...

Oi, Lili.

Você pode trocar o açúcar cristal pelo refinado, ainda que eu prefira um zilhão de vezes o orgânico, que é mais saboroso e menos enjoativo. O mascavo, no entanto, eu não trocaria não, pois é ele que dá essa cor dourada e o sabor ligeiramente caramelizado do cookie.

Letrícia e Laurinha,
Os cookies fizeram o maior sucesso: façam sim, que não se arrependerão!

Rogério,
obrigada a você por dividir comigo a receita! Todo mundo devorou, e até o Allex que odeia nozes gostou!

Beijos a todos!

Anônimo disse...

Oi Ana, estou gostando muito de ler seu blog ultimamente. Conheço essa receita da Nestle Toll House, mas tenho uma dúvida (acha que é de tradução) pois em ingles fala pra usar 1 colher de chá de ´baking soda´ e você usou fermento em pó químico. Eu tenho esta receita a muito tempo e ela está traduzida como fermento em meu caderninho, mas de uns tempos pra cá tenho usado bicarbonato de sodio no lugar do fermento. Qual é sua opinião ? Obrigada pelas dicas, Adriana

Ana Elisa disse...

Oi, Adriana,
A receita quem me passou foi o Rogério, já traduzida. A outra receita de cookies que tenho e que já publicara aqui no blog (dá uma procuradinha), e que se revelou uma cópia deslavada da receita da Nestlé, leva bicarbonato sim ao invés do fermento. Baking Soda é, de fato, bicarbonato, e não fermento, que por sua vez é Baking Powder. Se a receita original diz isso, não tem problema. O fermento químico em pó é composto em boa parte de bicarbonato de sódio.

Abraços!

katty disse...

Eu adoro a série Frends já perdi a conta que vi e revi e andava eu procurando a receita dos cookies e chego ate aqui...amei pois vem acompanhada de historia e tudo ...agora é testar e lambuzar...Beijocas e obrigada.

ALEXANDRE disse...

OLÁ! ALEXANDRE.

GOSTARIA DE SABER SE NESTA RECEITA PODERIA USAR OUTRAS MARCAS DE GOTAS DE CHOCOLATES? (QUAIS SERIAM, TEM ALUMA IDÉIA)? JÁ QUE EM MINHA CIDADE É DIFICIL ENCONTRAR..SERÁ QUE MUDARIA ALGUMA COISA?
O SITE E AS RECEITAS SÃO DE FACIL ENTENDIMENTO, SÃO MUITO CLARAS AS EXPLICAÇÕES...INDIQUEI PARA ALGUNS AMIGOS..

PARABÉNS PELO SITE ..

Ana Elisa disse...

Alexandre,
vc usa as gotas que encontrar ou que quiser, ou substitua por chocolate picado da sua escolha. Só indico marcas para que meus amigos, que comeram dos cookies, possam reproduzir em casa exatamente o que experimentaram.
Beijos

Karine disse...

Ana, acabei de fazer esses cookies, nossa q maravilha,adorei e tenho certeza q meu maridão vai amar tbm.Seu blog é realmente um grande achado para mim.Beijos!

Ana Powell disse...

Absolutamente maravilhosos.
Excelentes fotos x

Lia disse...

Oi Ana,

Adoro o seu blog e o visito com frequência. Já fiz esses cookies 2 vezes mas sempre que faço acabo queimando um pouquinho a base... Vc tem alguma idéia de pq isso ocorre? Asso na temperatura correta, deixo uns 10 minutos e mesmo assim ficam com a base bem pretinha. Não sei o que estou fazendo de errado! Ah, outra dúvida: porque vc fala para não untar a assadeira?
Agradeço o retorno (qdo vc puder, claro!)
Obrigada, bjs

Lia

Ana Elisa disse...

Lia,
unta-se ou não a assadeira de acordo com o tipo de biscoito. Se o biscoito precisa espalhar, unta-se, para que a superfície fique escorregadia. Se não, como é o caso, não se unta. Minha suspeita é de que ou seu forno não está reguladinho (compre um termômetro de forno, desses de 20 reais para ter certeza, ou teste, assando com o forno um pouquinho mais baixo), ou você está usando uma assadeira antiaderente. Se estiver, principalmente se ela for pretinha, troque por uma de alumínio. O antiaderente frequentemente é responsável por queimar bolos, biscoitos e afins. Ok?

Bjs

Leilane disse...

estou frustrada! é a segunda vez que tento fazer cookies, sigo a receita direitinho, mas eles sempre se espalham pela assadeira, e ficam todos grudados... e não ficam do jeito certo! =/ tenho uma amiga nos EUA que veio recentemente ao brasil, e nós cozinhamos dentre outras coisas, os cookies, que ficaram maravilhosos... mas quando tento fazer cookies, eles sempre dão errado! não sei o que fazer, não faço idéia de qual seja o problema.... alguns sites recomendam colocar a mistura 10 min na geladeira antes de colocar na assadeira... será que faz diferença?
I need Help!! =/

Ana E.G. Granziera disse...

Leilane,
os cookies se espalhando demais podem ter as seguintes causas:
1. você pode estar batendo DEMAIS a manteiga e o açúcar. Tente bater apenas o suficiente para que os dois estejam misturados, sem deixar cremoso. Tipo menos de 1 minuto mesmo.
2. Seu forno pode estar em temperatura muito baixa. Compre um termômetro de forno, custa menos de 20 reais, e verifique. Ou tente aumentar um pouco a temperatura.
3. Não unte sua forma e não use forma antiaderente. Asse seus biscoitos em assadeiras de alumínio.
4. Verifique se você está medindo corretamente os volumes de farinha em relação aos líquidos. Pode ser que sua massa esteja úmida demais.

Ok?
bjs

Leilane disse...

De fato, eu misturei bastante o açúcar com a manteira... talvez seja esse o problema. Vou tentar fazer de novo! Quanto ao forno, vou fazer isso mesmo, comprar um termômetro!
Obrigada pelas dicas, Ana!
abraços!

Luzia disse...

Fiz essa receita, só que como não tinha nozes substitui por castanhas do pará assadas. Ficaram divinos, fiz toda a receita e deram muitos biscoitos, mas não sobrou um para contar a história :o)
Ah, como a minha irmã não pode comer chocolate, antes de colocar as gotas eu tirei uma porção de massa para ela e ficaram deliciosos também. Obrigada pela receita.
beijos,
Luzia.

Jennifer disse...

Oi Ana tenho uma dúvida fiz os cookies ficaram muito bons, mas depois que eles esfriam eles acabam ficando muito duros o que pode ser?

Talita disse...

Olá! Acho q nem precisa dizer que gostei do seu blog.... hahahaha

Anyway, eu fiz os cookies e ficaram realmente muito bons!

Eu usei açúcar refinado no lugar do açúcar cristal. Não houve prejuízos (hahaha), mas ainda quero testar o cristal pra ver a diferença!

Juliana Freitas disse...

Oi Ana, tudo bem?
Sempre usei essa receita para fazer cookies, mas jamais imaginanaria que era a original da Toll House!!!
De um tempo pra cá venho procurando as gotas da marca e foi nessa busca que caí na sua página! Amei♥!
Você poderia me informar, por favor, onde encontra as gotas Toll House no Brasil???
Obrigada!
Um abraço,
Juliana

Carol Lucas disse...

Ana, como vai? Esse comentário é um pedido de ajuda, vou ficar feliz se puder responder, mesmo que demore, mas vou entender se não puder!
Tentei fazer os biscoitos ontem. Que tragédia! =(

minhas dúvidas começam em um dos ingredientes: o açúcar cristal. eu o pedi na loja de doces e o moço me entregou um pacote. só em casa vi que o pacote não tinha esse nome. o nome era "açúcar colorido - claro". Usei mesmo assim, bati por bastante tempo com a margarina, e nada dele dissolver. usei o açúcar errado?

segundo, depois de tudo bem batidinho (o açúcar lá, com suas pedrinhas inteiras) percebi que o forno estava frio! Eu havia ligado para pré aquecer. ele desligou sozinho e não voltou mais. Entrei em desespero, a massa toda pronta e nada de forno. só quatro horas depois consegui assá-los na casa do meu namorado.
eles ficaram moles, sem o gostinho que deviam ter... também né!

Além de tudo isso, eu não fiz bolinhas pequenas, fui olho gordo e fiz discos iguais aos cookies que a gente compra em mercado. adivinha? eles derreteram no forno e se uniram virando tudo uma coisa só.

Vou tentar de novo, sem dúvida! Queria sua ajuda pra me dizer onde foi que a coisa desandou. Foi mesmo o tempo que levei pra conseguir assar? Devia ter batido o açúcar insistentemente até ele dissolver? se tivesse feito bolinhas menores com mais espaço, teriam ficado pelo menos com cara de cookies, ou, depois de tudo isso, a receita não tinha mais jeito mesmo?

ps: última dúvida: eu não tinha ovos extra grandes, usei dois de tamanho normal. devia ter usado três?

Era isso. Parabéns pelo blog, estou amando ler seus posts. Tudo de bom!!!

Ana Granziera disse...

Carol Lucas,
vixe! Do começo: toda vez que eu disser "açúcar cristal orgânico", use o mesmo ou açúcar branco refinado comum, o mesmo que você usa no seu café. O cara do supermercado viajou na maionese. Depois, manteiga é manteiga, margarina é margarina. A margarina NUNCA vai deixar o biscoito com a mesma textura que a manteiga deixa. Biscoitos feitas com ela sempre ficam mais molengas, além de não ficarem tão gostosos. E sim, o tamanho dos cookies faz uma diferença BRUTAL. Mudar o tamanho pedido pela receita requer que você ajuste o tempo de cozimento e às vezes a temperatura do forno, pois cookies maiores vão demorar mais para assar no interior, e podem sim ficar mega molengas no meio e queimados nas beiradas. Além disso, quanto maior o cookie, mais espaço você precisa entre eles, para a expansão. Como os seus eram grandes, eles continuaram espalhando até secarem, por isso se uniram num só. Quanto a deixar a massa esperando: da próxima vez que você tiver um contratempo, bote a massa na geladeira. Há receitas que até pedem algumas horas de descanso da massa, pois dizem que o cookie (esse tipo, pelo menos) fica melhor, pois o gluten relaxa, a farinha termina de absorver umidade, a manteiga volta a solidificar, etc, etc... Na hora de assar, prossiga normalmente, com a massa ainda gelada, e apenas dê mais 1 ou 2 minutos de forno além do tempo pedido da receita. Não há nenhum problema em deixar a massa na geladeira por um tempo antes de assar.

bjs

Carol Lucas disse...

Ana, dicas valiosíssimas! Muito obrigada por ter respondido! Você é uma querida!

Vou tentar de novo amanhã, tomara que dessa vez dê certo!
Beijos, tudo de bom!!!

jeferson disse...

Alguem já tentou congela-los? costumo deixar eles na geladeira sempre

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails