terça-feira, 23 de novembro de 2010

Mousse de chocolate branco dos apressadinhos (mas não dos pouco exigentes)

Fiquei matutando onde começar (ou voltar) a comprar comida a granel ou em grandes quantidades para diminuir o número de embalagens trazidas para casa, mas confesso que me dava uma preguiça monstruosa toda vez que pensava a respeito. Foi preciso que meu parmesão e meu cacau acabassem para que movesse minha pequena busanfa. A notícia de que o Santa Luzia não venderia mais cacau da Callebaut me tirou do eixo. E AGORA???

Agora, bora pro centro.

E já que vou no centro comprar chocolate, por que não aproveitar e passar no mercadão para queijos e outros essenciais? Lá fui eu colocando meus potes e minha sacola dobradinha dentro da mochila, ao que vejo o marido bufar pra fora do sofá, anunciando que não me deixaria ir sozinha e grávida numa manhã de 30 graus no centro da cidade em época de compras de Natal pra voltar carregando quilos de comida no braço. Bom pra mim, tive companhia para um pastel de bacalhau e as compras viraram passeio. :)

Voltei para casa com meus queijos, azeitonas pretas e verdes (trazidas em potes de vidro levados de casa e preenchidos com o líquido da salmoura), 2,5kg de chocolate branco, 2,5kg de chocolate 53% (o que mais uso) e 1kg de cacau em pó. Só não trouxe mais nozes e amêndoas porque não queria estourar (mais) meu orçamento. Fica pra dezembro, pensei.

Arranjei potes grandes de vidro para acomodar meus lindos callets marrons e brancos e prossegui com a minha vida, estranhamente apaziguada pela consciência da fartura de chocolate na despensa. Bom saber que por muito tempo não terei a surpresa de encontrar uma barra de 200g pela metade, quando precisava dela inteira para uma receita.

Mais tarde, Allex não se conformava com a quantidade abissal de chocolate na nossa minúscula cozinha, e tentei, em vão, explicar a ele que o consumo daquilo não seria imediato, mas diluído em muitos e muitos meses, uma vez que costumo comprar/usar de 200 a 300g de chocolate por mês (pouco até, considerando a quantidade de doces que produzo). Ele entendeu apenas quando lhe contei a diferença do preço, mas mesmo assim lançou-me olhares desconfiados de que o chocolate não fosse durar tanto assim.

"Bom, tudo bem, vai... Mas você vai fazer uma mousse de chocolate branco, não vai?", fez manha. Fiquei sem reação por um momento.
"Hoje?"
Já eram oito da noite. Para falar a verdade, eu também queria um docinho.

Apanhei minha bíblia do chocolate, Bittersweet. Deveria haver lá algum mousse ou pudim rápido de chocolate branco. E havia. Muito simples e muito rápido, que firmou em pouco mais de meia hora. Coloquei dois dedos de água numa frigideira e levei quase à fervura, desligando o fogo em seguida. Numa tigela, coloquei 255g de chocolate branco, 4 1/2 colh. (sopa) de água fria e 1 1/2 colh. (sopa) de conhaque. Acomodei a tigela na água quente da frigideira (30 segundos depois de desligar o fogo) e mexi com uma espátula, até derreter o chocolate. Segundo Alice Medrich, esse método de banho-maria desligado e água misturada ao chocolate evita que o chocolate branco queime. Retirei a tigela e deixei amornando enquanto batia 1 1/2 xic. de creme de leite fresco quase em ponto de chantilly, apenas para que começasse a formar picos, mas ainda mole o bastante para escorrer da tigela da batedeira. Juntei o creme ao chocolate ainda morno (se estiver frio, a mousse fica granulosa) e misturei com uma espátula, rápida mas gentilmente, até ficar uniforme. Despejei em 8 potinhos de 90ml e levei à geladeira até firmar um pouco. Ficaram suficientemente firmes em pouco mais de meia hora, mas Alice recomenda no mínimo 1 hora inteira.

A perspectiva de mais mousses e pudins de chocolate pelo próximo ano e meio acalmou qualquer dúvida e desconfiança. A mousse ficou leve e doce na medida. Fiquei feliz por ter seguido a sugestão da autora e não ter usado apenas 6 colh. (sopa) de água, mas ter substituido uma parte pelo conhaque. Seu sabor ficou sutil mas presente o bastante para cortar o doce insistente do chocolate branco. Recomendo porções pequenas, no entanto.

"Pense bem", disse eu ao marido, satisfeito com sua mousse. "Eu fui, na verdade, muito comedida."
"Comedida??? 5kg de chocolate, mulher!"
"Pois é, mas eu não trouxe nenhum saco do 70%. Poderiam ser 7,5kg."

;)

P.S.: você pode substituir o chocolate branco por BOM chocolate ao leite, se quiser. Lembrando: bons chocolates não têm gordura hidrogenada. 

28 comentários:

Ângela disse...

Ana,
onde você comprou o chocolate? No mercadão mesmo? Nunca experimentei o tal Callebaut e tinha esperança de comprar na minha próxima ida ao Santa Luzia.
Beijo,
Ângela

Rita disse...

Ana,
Vc compra daquele Callebaut granulado ou em barra?
Moro no Rio e aqui não tenho encontrado p/ vender. Se alguém souber, por favor avise.
V pderia dizer o preço do kg em SP, só p/ eu ter uma ideia?
beijo

Elisa Barros disse...

Ana, adoro seu blog e venho sempre aqui. Fico super triste toda vez que vejo alguém falando do chocolate Callebaut porque simplesmente não encontro aqui em BH. Queria tanto poder usá-lo!!! Essa mousse vou fazer com certeza!

Eleonora Benedire disse...

Ana, que delícia de mousse!!
Vou fazer assim que entrar de férias... daqui a duas semanas, se Deus quiser.
Eu acompanho seu blog há bastante tempo, só que não tenho costume de comentar.
Mas, você anda um pouquinho agitada, não? Terceiro post essa semana...
>.<'
Bom pra mim e pro pessoal que ama o La Cucinetta... receitas maravilhosas!
^.^

Amanda Scapini disse...

E salve a Zona Cerealista... :D

Iara disse...

oi ana!
adorei o post! ultimamente tenho comprado alimentos a granel também. Nunca fiz um comparativo na ponta do lápis, mas a zona cerealista (rua santa rosa e redondezas) me parece mais em conta que os preços "turísticos" do mercadão. já comprou por lá?
bjos

p disse...

eu nao poderia nunca comprar 5kg de chocolate! invejo seu controle! e ah, essa mousse deve ser deliciosa! bjo

Laura disse...

5 kg foi mesmo bem comedida...eu voltei da Suiça à pouco tempo e trouxe 24 barras de chocolate dos mais variados tipos...que delícia.
ótima receita, vou experimentar e parabéns pelo ótimo blog (meu marido, Alexander, da EcosSistemas que me indicou. bjs)

Adriana Alencar disse...

Pena que não dá para postar pelo correio para eu experimentar!
Bj
Adri

Jacqueline disse...

Essa mousse está com uma cara ótima e parece bem simples de fazer mesmo!:)
Adoro chocolate branco!

Anônimo disse...

Ana, a gravidez é uma fase linda mesmo, mas acontecem coisas estranhas... Eu estava com um barrigão de quase 9 meses, fazendo faxina no box do banheiro, escovando os rejuntes dos azulejos!!! E tudo parece normal!!! kkkk
Bjs,
Lala.

Maristelli Camargo disse...

chocolate Callebaut no RJ é quase impossível! Também gostaria de saber o preço do kg em SP para, caso encontre aqui no RJ, saber se o preço estará na média.

Maristelli Camargo disse...

Aliás, Ana, vocÊ já pensou em trabalhar com tradução de livros culinários? As traduções que encontramos no mercado na maioria das vezes não são feitas por pessoas que cozinham ou conhecem bem as expressões e diferenças sutis entre fermentos, farinhas, etc.!
Seria o melhor dos mundos!!!

Ana Rita disse...

Só provei 1 vez mousse de chocolate branco e achei muito enjoativa. A sua parece mais light. Estou tentada a fazer para experimenta-la!!

Bjinhos,


Rita

http://bembons.blogspot.com

rosana disse...

Ana.
Acompanho sempre seu blog,e curto muito.
Moro em Sorocaba e venho sempre a Sampa na casa da minha filha ,daí já viu né...Vou à minha disneylandia das embalagens e produtos para doces.
Acho que nos encontramos ehehe na 25 ,tbem fui ontem...
Sobre a mousse,mistura água no chocolate?E não creme de leite?
Amo suas receitas e suas histórias.
Parabéns.
Bjs
Rosana
ateliededocesrosanaxavier.blogspot

Ticiana disse...

Aproveita para comer chocolate na gravidez!!! Quando o bebê nasce, os pediatras recomendam dar uma pausa no consumo pq pode dar cólica no pequeno. (embora apenas 30% dos bebês tem cólica!)
bj.

Juliana Martinez disse...

Ana,
Sempre acompanho suas delícias. Comprei chocolate Callebaut na rua Paula Souza no centro de SP. Foi lá que vc comprou ou foi no Mercadão mesmo???
Parabéns pelas receitas e pelo bebê!!!
beijo
Juliana

Patricia Scarpin disse...

Ana, estamos em sintonia! Também fiz mousse de chocolate branco com o sacão enorme que comprei. :)
Usei a receita do Bill Granger e, como ele, servi com maracujá por cima, dá uma boa quebrada no doce. Porém, acho que gostei mais da tua versão, sem ovos.
Beijo!

Ricota disse...

Oi Ana!
Adorei a receita! Tão simples e parece ser tão gostosa...
Assim como já disseram aí em cima, também tenho tido dificuldade para encontrar bons chocolates aqui no Rio, principalmente as gotas (sempre acho das hidrogenadas... ECA!)
Se vc souber de algum site que venda, divulgue! PLEEEASE!
Beijos

Marcos Cardozo. disse...

ana, acompanho seu blog sempre.
comecei pela frase "un pasto senza vino è come una giornata senza sole" e nunca parei.
parabéns!!
meu blog http://corrieredellaserra.blogspot.com/

Debora disse...

Oi Ana,
Acompanho seu blog a tempos, mas nunca comento nada.
Primeiro parabéns pela gravidez, essa fase é realmente maravilhosa!
Quando eu estava grávida, eu não podia ler seu blog, que já rolava AQUELA vontade de comer a mesma coisa!hahaha
Segundo, em relação aos posts anteriores, sobre fazer as coisas como antigamente, concordo totalmente!
Dá para se ter uma gravidez/maternidade como antigamente também, sabia?
Não sei qual a sua idéia em relação a isso, mas existe o grupo GAMA (Grupo da Maternidade Ativa) que é bem interessante.
Sou meio suspeita para falar, pois escolhi ter uma maternidade BEM ativa. Tive um parto natural domiciliar, uso fraldas de pano em nome do meio ambiente, larguei emprego, e meu filho não sabe, nem saberá o que é comida industrializada.
Enfim, você podia fazer um "La Cucinetta-for babies" com papinhas saborosas! (De preferencia vegetarianas rs)
Beijo
Debora

Especiarias disse...

Oi Ana,

Bem fugindo do assunto da mousse que parece deliciosaaa queria aproveitar para tirar uma duvida sobre a sua produção de pães, qual é o tipo de farinha para pão que vc utiliza? Já procurei em muitos lugares aqui no RJ e não consigo encontrar, por isso acabo utilizando farinha comum...
Estou ansiosa por suas receitinhas de natal...Parabéns pelo blog e por tentar fazer ñ só sua vida mais saúdavel, mas compartilhar valores tão importantes com os leitores...te admiro!
Bjsss
Luciana

Lúcia disse...

Oi!!!
Ana, parece uma delícia mesmo!
Mas eu estou comentando pra dar dica pro pessoal do Rio...
Em Copacabana, no Atelier da Gula, vocês encontram cacaus e chocolates especiais em várias gradações, inclusiva da Callebaut... (pastilhas, em pó, etc). Não lembro agora se tinha do branco, mas vale a pena tentar. São sacos de 2,5kg e não me lembro exatamente quanto saíam, mas não era absurdamente mais caro fazendo a proporção com barras de 0,5kg das marcas nacionais.
No dia estava carregadíssima e não consegui levar mais que um pacote de cacau em pó do tipo meio-escuro (ou meio-forte ou coisa que o valha).
O endereço é Rua Barão de Ipanema 94, loja 104 e consegui entrando em contato com a própria Barry-Callebaut do Brasil, achei o email no site e eles me enviaram o endereço. Pode ser uma dica pro pessoal de outras localidades....

vanessafontes disse...

A minha pergunta é a mesma dos outros: onde vc comprou o chocolate?

Rita disse...

Luciana, obrigada pelas dicas para o Rio!
Bj.

Lele disse...

ai que delícia!!!
callets da Callebaut são tudo de bom! 5kg dá para muiiita coisa e vale a pena a qualidade do chocolate!

essa mousse tá com uma cara boa demaaaais!

Gabitus disse...

Ana,
sou tão preocupada com a quantidade de lixo que produzimos quanto você! Na feira e no supermercado, levo minhas sacolas, mas ainda não acho que é só o que posso fazer, assim como seus posts ultimamente. Você acredita que este último domingo estava comprando uns tomates orgânicos naquela feirinha da Tutóia e pedi para colocá-los na sacola sem saquinho. A moça que os estava vendendo discutiu comigo que eles iam amassar e se recusou! Pegou um saquinho e os enfiou ali!! Fiquei passada!!
Beijos,
Gabi.

Anônimo disse...

Ana,
Fiz a mousse com chocolate ao leite (do bom!!) e foi sucesso total nesse natal na nossa família! O melhor foi a rapidez e pouca louça dessa receita!
Desejo um feliz Natal!
Beijos
Nina

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails