quinta-feira, 1 de julho de 2010

Spaghetti con le vongole podia ser o novo PF

Da próxima vez em que você for a um restaurante e tentarem cobrar, não sei, 35-45 reais por um prato de spaghetti con le vongole, saiba que custa menos de 5 reais para fazê-lo em casa. Hein??? É. É isso mesmo.

Encontrar frutos do mar ainda em suas conchas na feira é raridade, pelo menos para mim. E não tenho o hábito, nem recomendo, comprar mexilhões, mariscos e companhia fora de suas conchas. Afinal, de que maneira você saberá se eles estão estragados, se o único indicador é a concha?? [Se crus, jogue fora os que estiverem abertos; se cozidos, jogue fora os que continuaram fechados.] Por isso, quando vi o bandejão de mariscos em suas conchas, fui logo pedindo meu tradicional "punhadinho". Porque o Allex não é fã de frutos do mar, então sempre compro apenas o suficiente para uma única porção. Meu punhadinho, 250g de mariscos, custou R$1,00. UM REAL. Nem acreditei. Nunca tendo comprado mariscos na vida, sempre acreditei que tudo aquilo que vem em concha fosse caro. Adorável surpresa. :)

Voltei para casa feliz da vida e preparei meu almoço: spaghetti con le vongole. Mariscos: R$1,00. Spaghetti: R$1,00. Vinho Marsala: R$2,50. Temperos: alguns centavos. Comer um prato metido à besta pelo preço de um PF: não tem preço. 

SPAGHETTI CON LE VONGOLE
Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 1 porção

Ingredientes:
  • 100g spaghetti
  • 250g mariscos na concha, já sem areia*
  • azeite de oliva extra-virgem
  • 1 dente de alho picado (pequeno ou grande, dependendo do quanto você gosta de alho)
  • 1 pitada de pimenta-calabresa seca
  • 3 colh. (sopa) salsinha picada
  • 1/4 xic. vinho Marsala
  • pimenta-do-reino moída na hora
*Pergunte ao peixeiro se eles estão limpos. Se não estiverem, deixe sob água MUITO salgada, como água do mar, por um dia.

Preparo:
  1. Coloque 1 litro de água para ferver. Enquanto isso, retire os mariscos da água (se estiverem), passe embaixo da torneira aberta para tirar qualquer resquício de sujeira e deixe em um escorredor. Jogue fora qualquer um que esteja aberto.
  2. Em uma frigideira que tenha tampa, aqueça um fio de azeite. Junte o alho e a pimenta calabresa. Quando você sentir o cheiro do alho na frigideira, junte os mariscos, metade da salsinha e metade do vinho. Cubra com a tampa e cozinhe em fogo alto até que todos os mariscos estejam abertos (vai demorar alguns minutos). Não precisa salgar o molho; os mariscos já estão "naturalmente salgados".
  3. Enquanto isso, cozinhe o spaghetti. Quando os mariscos estiverem prontos, desligue o fogo e transfira os mariscos para uma tigela, deixando o líquido de cozimento na frigideira. Jogue fora qualquer marisco que continuar fechado. Retire a carne da concha de metade dos mariscos e descarte essas conchas vazias. 
  4. Junte à frigideira umas duas colheres da água do macarrão. Escorra o spaghetti 1 minuto antes de ficar pronto e coloque-o na frigideira em fogo alto, com o restante da salsinha e do vinho. Cozinhe por 1 ou 2 minutos, mexendo, até que o molho reduza um pouco e junte aos mariscos na tigela. Misture bem, tempere com pimenta-do-reino moída na hora e mais um fio de azeite.

11 comentários:

Camila disse...

Nossa, que surpresa! Eu fiquei super muquirana com risoto em restaurante depois que eu aprendi a fazer. Só pago mais caro se levar algum ingrediente tipo açafrão, porque é caro mesmo.

Quanto vc pagou na garrafa de vinho Marsala? Acabei de comprar uma por R$ 59,00, queria saber se é o preço mesmo.

Ana E.G. Granziera disse...

Camila,
putz, andou aumentando de preço, né? :P Já cheguei a pagar 35, há uns anos atrás. Hoje em dia, dependendo da marca e de onde foi comprado é isso mesmo. Eu deixo a minha garrafa embaixo da pia (o lugar mais frio e escuro da minha cozinha) e uso só p/ cozinhar. Então compro 1 por ano. Aí não sai caro. O mesmo para rum escuro e para conhaque, duas coisas que ADOOOORO em sobremesas. :)
Eu faço como você: só peço em restaurante o que eu não faria em casa (coisa que tá ficando rara...hehehe...).
bjs

ROBERTO (ANTICA OSTERIA MARINO) disse...

Olá Ana!

Adoro clássicos e essa sua receita é um deles. Comida barata e saborosa feita por um povo pescador que tinha que usar a criatividade para dar sabor aos pratos.

Bella Sicilia.

Abbracci.

Sarah Abreu disse...

Hum! Fiquei com água na boca! Vou experimentar! Você indicaria um bom Marsala? Não conheço e fiquei curiosa, mas não quero comprar um que não valha a pena.
Beijos!

Camila disse...

Obrigada, Ana. Comprei o meu para cozinhar mesmo, começarei pelo clássico tiramisu. Vou fazer a receita do It Chefs, um site feito por chefs italianos, que ensinam qual é a verdadeira versão dos pratos italianos. Vc conhece?

http://www.itchefs-gvci.com/

Bjs

Patricia Scarpin disse...

Ana, eu não imaginava que esse prato pudesse sair tão em conta - aliás, se eu João souber disso... ele ama frutos do mar! :)

Ana E.G. Granziera disse...

Sarah,
eu costumava comprar o Pellegrino (sempre compro o mais seco, pois gosto de bebericá-lo quando faço cantucci), mas não achei da última vez. Comprei o Cantina Florio, e depois é que descobri que esses dois são os mais tradicionais. Pode confiar. :)

Camila,
obrigada pela indicação, vou dar uma olhada.

bjs

Carla Nogueira Kuramochi disse...

nossa que delicia

Bjs

Carla

Valentina disse...

Eu AMO spaghetti ao vongole. Bom, gosto de tudo em conchinhas. risos. E além de bom é de preparo fácil.Ótima escolha.

Helena Cortez disse...

é por isso que só vou a restaurante comer coisas que não sei fazer... comida italiana em restaurante é bobagem! É sempre fácil, gostoso e muito mais em conta fazer em casa!

ELIANE TAVEIRA disse...

Oi Ana,

Nunca comi vongole, mas suas receitas são maravilhosas...
Fiz uma pizza sua e deu certo de primeira! Ficou uma delícia, já postei no meu blog e já fiz outra vez... Excelente!

Bjos

Eliane

http://receitaserecipestop.blogspot.com

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails