quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Tiger cake: bolo mármore dos apressadinhos

Eu vivo jogando bolos fora por conta de minha pressa. Largo o computador de repente, sabendo que tenho pouco tempo livre e munida de uma vontade impetuosa de fazer bolo. Mas as receitas exigem manteiga e ovos em temperatura ambiente, e simplesmente não tenho paciência para isso. Para os ovos há conserto: basta colocá-los em água morninha por alguns minutos. Mas a manteiga... nada que se faça para apressar seu amolecimento traz benefícios. Quando muito, prejudica a receita. Bater a manteiga até que ela amoleça incorpora ar demais, e amolecer no forno ou no microondas parece um atalho que destrói a textura principalmente de biscoitos. E lá vão bolos e quitutes ao lixo.

Este bolo mármore de Alice Medrich [definitivamente minha chef pâtissier favorita] é perfeito para os apressadinhos como eu, ou para um daqueles dias "meu-deus-do-céu-minha-sogra-está-vindo-em-casa-e-não-tenho-nada-para-servir-com-café". Primeiro, o bolo não leva manteiga alguma, mas apenas azeite de oliva. Segundo, os ovos e o leite devem estar gelados. É o bolo perfeito para preparar no fim de um dia chato e exaustivo, para ter algo de doce para beliscar no café-da-manhã e começar um dia melhor.

Uma das coisas que mais gosto nos livros de Alice é o fato de ela incorporar ingredientes às vezes estranhos à confeitaria, transformando o que poderia ser trivial em um doce com personalidade. No caso desse bolo, o algo mais é azeite de oliva e pimenta-do-reino branca. Ao contrário do que parece, os sabores não são escancarados, mas sutis. Você percebe que há algo diferente, mas não sabe identificar exatamente o quê. Ao fim da última garfada, você sente uma suave e agradável picância da pimenta, que, junto do azeite, faz com que se pense, talvez, em amêndoas, segundo a própria autora.

Um alerta: cacau em pó deve ser do tipo natural, pois o alcalinizado reage com o azeite e provoca um gosto desagradável. Mas uma vez que no Brasil parece que ninguém informa nada a respeito de chocolate e cacau nas embalagens, como saber se o cacau que você tem na despensa é natural ou alcalinizado? Pela cor. O cacau natural é mais pálido, com carinha de Nescau, muitas vezes avermelhado, e tem um gosto mais ácido e amargo (que eu saiba todos os nacionais são naturais, como o da Garoto, por exemplo), enquanto o alcalinizado (como o da Callebaut, por exemplo) é marrom escuro como chocolate meio-amargo, e seu sabor é mais neutro. Por causa do tratamento, doces e bolos feitos com cacau em pó alcalinizado (Dutch-process cocoa) ficam mais escuros, marrons e têm sabor mais forte de chocolate. Eu uso o alcalinizado para quase tudo o que faço, a não ser quando a receita pede especificamente pelo cacau natural (que raramente tenho na despensa, para falar a verdade). Pois nesses casos, é a acidez do cacau natural que é benéfica para a receita, uma vez que ela reage com os outros ingredientes e ajuda a massa a fermentar.

Agora, o que eu vou fazer com dois bolos? Um deles vai para o café-da-manhã da corrida, amanhã. Então, Bia e Mana, se vocês estiverem lendo, NÃO FALTEM. ;)

TIGER CAKE
(do livro Bittersweet, de Alice Medrich)
Tempo de preparo: 1h30
Rendimento: 1 bolo grande ou 2 bolos ingleses


Ingredientes:
(1a parte)
  • 1/2 xic. de cacau em pó natural
  • 1/2 xic. açúcar
  • 1/3 xic. água
(2a parte)
  • 3 xic. farinha de trigo
  • 2 colh. (chá) fermento químico em pó
  • 1/4 colh. (chá) sal
  • 2 xic. açúcar
  • 1 xic. azeite de oliva extra-virgem
  • 1 colh. (chá) essência de baunilha
  • 1/2 colh. (chá) pimenta-do-reino branca em pó
  • 5 ovos grandes, gelados
  • 1 xic. leite integral, gelado

Preparo:
  1. Posicione a grade do forno no terço inferior e pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma grande de furo no meio com capacidade para 10-12 xícaras ou duas formas de bolo inglês com capacidade de 6 xícaras cada.
  2. Em uma tigela pequena, misture o cacau, o açúcar e a água até que fique homogêneo e reserve.
  3. E uma tigela grande, peneire juntos a farinha, o fermento e o sal.
  4. Na tigela da batedeira, bata (com o batedor de arame da batedeira, se houver) o azeite, o açúcar, a baunilha e a pimenta até que fique tudo bem incorporado.
  5. Junte um ovo de cada vez, batendo bem a cada adição. Ao quinto ovo, bata por 3 a 5 minutos, até que a mistura fique fofa e pálida.
  6. Pare a batedeira e junte 1/3 da farinha. Bata em velocidade baixa apenas até que esteja incorporada. Pare novamente e junte metade do leite. Bata apenas até que esteja incorporado. Repita, com 1/3 de farinha, a outra metade do leite e o outro 1/3 de farinha.
  7. Separe 3 xícaras da massa em uma tigela e misture bem ao creme de cacau.
  8. Coloque 1/3 da massa branca na forma redonda, ou 1/6 em cada forma de bolo inglês. Coloque 1/3 da massa escura por cima, ou 1/6 em cada forma de bolo inglês. Não se preocupe em cobrir ou misturar: a massa é bem líquida e fará o efeito mármore sozinha. Repita as camadas de massa branca e escura, até acabar com elas.
  9. Leve ao forno por 1h-1h10, ou até que um palito inserido no centro saia limpo. Retire do forno e deixe que esfrie na forma por 15 minutos. Então passe uma faquinha ou palito em torno e desenforme, deixando que termine de esfriar sobre uma grade. O bolo fica melhor de um dia para o outro.

12 comentários:

Joana G. disse...

parece delicioso!
perfeito com um bom café!
=)

Michelle Sales disse...

Aninhaaaa que td esse bolo amei, ultimamente ando meio querendo me entregar as coisas da casa sabe... fazer bolo, pão de queijo...sou mineira uai... essas delícias, mas vou pra minha casa só ni final do ano, que é qdo eu caso.... mas até lá vou pegando sua receitas deliciosas....

Adorei seu blog...passa lá no meu tb.... e ah! ta rolando uma rifa super legal la no meu blog...

Virei seguidora...

Bjos.

Patricia Scarpin disse...

E ia pedir para você mandar o outro bolo aqui pra mim... ;)

Que lindos, Ana - já fiz bolo com azeite (e adorei), mas com pimenta ainda não.

Richie disse...

Nossa, Ana Eliza, que diferente ir azeite e pimenta! É pra deixar curioso mesmo, né?

E quanto ao cacau em pó natural, eu nem sabia que existiam dois tipos :S

Obrigado pela dica!

bom feriado! :D

Lilian disse...

Oi Ana!
Fiz o bolo e adorei! Tanto que publiquei no meu blog, com a devida referência ao seu.
http://docemundodelili.blogspot.com/2010/02/bolo-marmore-para-alegrar-o-dia.html
Veja como ficou! =)

Emili disse...

Nossa, deu vontade de ir pra cozinha fazer agora! Adorei seu blog, Ana! Receitas ótimas e fotos inspiradoras.

Como pode ver, também me divirto na cozinha: www.emili.com.br

Bjs!

Tania Pereyra disse...

Ana. Acabei de fazer o bolo. Fiz soh meia receita e nao tinha pimenta branca. O bolo ficou delicioso!!!Eu tb adoro que nao tem que tirar a manteiga horas antes. Vai para o meu caderinho de receitas.
Eu soh mudei a temperatura do forno. Acho que 350C eh muito quente, entao coloquei o forno em torno de 175-200C. Parabens pelo blog. Tania

Ana Elisa disse...

Tania, obrigada! Era um erro na receita! Eram 350ºF, ou seja, 180ºC. Coloquei graus centígrados mas esqueci de converter a temperatura. Espero que nesse meio tempo ninguém tenha esturricado bolo... :P

Bjs

Anacah disse...

Acabei de fazer o bolo e adorei! Realmente a pimenta dá um toque especial!
Bjs

Viagens da Paulete disse...

Oi Ana Eliza, fiz esse bolo ontem à noite e acordei feliz para comê-lo no café da manhã!! Ficou uma delícia e até meu marido que tem horror de ficar na cozinha comigo me ajudou quando eu mostrei a receita!

Ariane Seixas disse...

Oi Ana,

Vim ver o post original depois de ler a parte cortada e copiada na maior cara de pau no outro blog. Adorei que ainda rolou uma edição básica do texto...

Mas enfim, o bolo me lembrou muito a Ciambella, bolo mámore italiano, com azeite e farinha de amêndas. Já comeu? Eu pequei a receita no livro novo do The River Café que é muito bom.

Vânya Lira disse...

Fiz na semana passada e ficou muito bommmmmm! Fácil de fazer, fica super fofinho e com uma doçura no ponto certo. Mas precisei fazer algumas alterações: não tinha cacal em pó em casa, aí tive q substituir por chocolate em pó. Como vc disse que o chocolate reage c o azeite, substituí este por óleo de canola. As claras eu acrescentei só no final, batidas em neve. Bjoks... q blog bacana o seu viw :)

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails