quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

PADARIA DE DOMINGO 34: Pão de nozes numa quarta-feira

[Um zilhão de anos depois, tentando resolver por que diabos eu não conseguia acessar o Blogger, finalmente um post...]

Neste Natal, como nos anteriores, fiz panettone e sorvete de nozes com calda quente de chocolate. Definitivamente preciso desta tríade no dia de Natal. Uma lembrança de infância que surrupiei para o presente e transformei em minha própria tradição. Todos os anos, a receita produz o sorvete de nozes mais gostoso que já comi, mas também produz sobras com as quais não sabia lidar. O processo de deixar as nozes tostadas em infusão no leite, batê-los em purê e coá-los sempre me deixava com mais leite aromatizado do que a receita pedia e com um belo punhado de nozes moídas e já secas sobre a peneira. Nos outros anos, esses restos foram para o lixo. Neste, eu os guardei.

Minha primeira ideia fora fazer biscoitos com as nozes moídas, mas como ainda tinha Speculatius e ganhara um pacote inteiro de Amaretti de minha cunhada, achei que biscoitos não eram uma boa ideia. Principalmente lembrando que meu marido não é nem um pouco fã de nozes. E eu ainda não sabia o que fazer com o leite aromatizado.

Tive uma epifania quando vi uma receita de pão em um dos livros de Deborah Madison. A receita original usava leite em pó e óleo de nozes. Adaptei substituindo a medida do leite em pó pelo leite de nozes, subtraindo a mesma medida da quantidade de água, e usando óleo de canola. E, claro, as nozes picadas estavam lá, também esperando para serem usadas.

O pão ficou fantástico! De casca grossa, miolo denso mas muito macio, um sabor complexo que não grita "nozes" logo de cara, e absolutamente perfeito com uma colherada de queijo cottage. Nham!

Fiquei muito contente com ele, pois não apenas consegui reutilizar as sobras do sorvete, como finalmente eliminei a uruca dos pães que tive ano passado, quando nenhum deles dava certo. Estão reabertas as Padarias de Domingo, e estou absolutamente empolgada para cozinhar muito esse ano, de forma mais natural, mais nutritiva, mais sustentável e mais divertida! Espero que todos vocês tenham tido um lindo Natal e uma excelente virada de ano. Agora, mãos à obra.

PÃO DE NOZES
(Adaptado do livro Vegetarian Cooking for Everyone, de Deborah Madison)
Tempo de preparo: 4 horas
Rendimento: 2-3 pães médios


Ingredientes:
  • 2 xíc. água morna
  • 2 colh. (chá) fermento biológico seco instantâneo
  • 1/4 xic. de óleo de canola
  • 1 colh. (sopa) xarope de malte ou mel
  • 1/2 xic. leite aromatizado com nozes
  • 2 colh. (chá) sal
  • 4 xic. farinha de trigo integral (da mais grossa, com bastante fibras, não aquela fininha e clara)
  • 2 xic. (aproximadamente) farinha de trigo para pães ou comum
  • 1 1/2 xic. de nozes moídas usadas para aromatizar o leite
  • Manteiga derretida

Obs: Se não fez o sorvete, você pode assar as nozes por 5 minutos em forno médio, misturá-las ao leite e levar à fervura. Desligue, tampe e deixe em infusão por uns 20 minutos. Bata no liquidificador (não precisa transformar em purê, pode deixar grosseiro) e coe em uma peneira forrada com pano limpo. Deixe por uns 30 minutos, para que as nozes realmente sequem bem.


Preparo:
  1. Misture o fermento e 1/4 xic. de água em uma tigela e deixe fermentar enquanto você separa o restante dos ingredientes.
  2. Junte o restante da água, o óleo, o xarope ou mel, o leite de nozes e o sal. Misture bem. Junte toda a farinha integral e bata com a colher de pau até ficar homogêneo.
  3. Junte suficiente farinha de trigo para formar uma massa pesada que descole das laterais da tigela. Adicione as nozes.
  4. Vire a massa numa superfície e sove até que fique macia e elástica, adicionando um pouco de farinha para impedir que grude (o método do Bertinet funciona maravilhosamente, sem que se tenha de juntar tanta farinha e mantendo a massa úmida).
  5. Coloque a massa em uma tigela grande untada com óleo, cubra com um pano úmido e deixe dobrar de tamanho, por aproximadamente 1h30.
  6. Divida a massa em 2 ou 3 pedaços iguais e forme bolas, colocando-as em uma assadeira untada com óleo. Cubra novamente com pano e deixe dobrar de tamanho, por cerca de 45 minutos. Nos últimos 15 minutos, pré-aqueça o forno a 190ºC.
  7. Faça 3 cortes paralelos na superfície de cada pão e pincele com manteiga derretida. Asse até que a casca esteja marrom e o bater dos nós dos dedos na parte de baixo dos pães produza um som oco, cerca de 40-60 minutos.

Como a receita produz 3 pães médios, bastante coisa para duas pessoas, coloquei um dos pães num saco plástico, fechei bem e coloquei no freezer, para ser descongelado durante a noite e reaquecido no forno ou na torradeira, em um outro momento. Não sei se esse pão congela bem. É um teste. Mas esse ano minha meta é desperdício zero... ;)

13 comentários:

Livia Luzete disse...

Oi menina! Saudades de seus post-delícias! Nesse fim de ano onde acalmou mais aqui na blosfera pq o mundo enlouquecia no mundo real, eu pude ler e reler seu blog com calma. E fiz anotações, outras colei e copiei. E ri muito. E uma coisa é certa: cada dia estou mudando mais meus hábitos alimentares e você é minha musa de inspiração. Faço biscoitos caseiros para vender, mas agora os para consumo de casa serão feitos com ovos caipiras (moro numa cidade de interior - aqui não tem orgânico)e manteiga.
Feliz 2010 e que você consiga atingir suas metas. Beijo.

Bigode de chocolade disse...

Feliz 2010. E muito nham-nham para todo mundo!!! E como vai o seu novo vrum-vrum, isto é, seu processador?

Dricka disse...

Que delicia ve-la tão animada!
Feliz Ano Todo pra você e aos seus!
Bjs

Cinha disse...

Adorei este pão, vou reunir todos os ingredientes para o fazer!
Beijinhos grandes.

Anônimo disse...

Enfim a Musa das Cozinhas Desamparadas voltou! :oP

Um beijo de uma leitora nova maravilhada com isso tudo aqui! Desejos de um ótimo 2010, saúde é o que interessa e o resto não tem pressa! :o)

Patricia Scarpin disse...

Feliz ano novo, Ana!

Que pão bonito, uau! Adorei a carinha rústica dele, o tom lindamente dourado. Confesso que sou mais pecãs do que nozes, mas agora fiquei com vontade de experimentar tanto o sorvete quando o pão.

Um beijo!

Mário disse...

CARACA! VOCÊ GANHOU UM FÃ (MAIS UM, NÉ). GOSTEI DEMAIS DO SEU BLOG. VOU ME ARRISCAR A FAZER ALGUMAS COISAS. E, PRINCIPALMENTE, ACOMPANHAR O QUE VOCÊ ANDA FAZENDO. TEMOS (ALIAS, TÍNHAMOS) MUITO EM COMUM: PUBLICITARIO, GOSTA DE COMER, DESENHO. NO ENTANTO, NOS ULTIMOS ANOS MINHA VIDA MUDOU UM MONTÃO: SOU DE BRASILIA E VIREI SERVIDOR PUBLICO, ESTOU FAZENDO DIETA E, COMO ESTOU EM OUTRA FACULDADE, NÃO ME SOBRA TEMPO NEM PRA LER MEUS QUADRINHOS, ENTÃO IMAGINE DESENHAR. MAS SEU BLOG MOSTRA QUE PODEMOS ARRUMAR TEMPO PRAS COISAS QUE NOS DÃO PRAZER. VOCÊ DIVIDIU ISSO COMIGO E VOU DIVIDIR COM MINHA NAMORADA. TENHO CERTEZA QUE DAREI BONS MOMENTOS A ELA. VALEU.

Letícia disse...

kd aquela lista com todos os livros da sua biblioteca? era tao legal ver tds ali! :)

carladuc disse...

Oi Ana,

Obrigada e Feliz 2010 pra você também!

Esse pão está lindo! Eu adoro nozes, deve ser delicioso. E o sorvete também. Nham.

Que venham muitas delícias pela frente ao longo desse ano que está se iniciando.

Beijos,

Anônimo disse...

Ana, 2010, DEZ, para você! que bom que voltou... Todos as pães se con-
gelam muito bem. Este ano fiz uma
receita maravilhosa de panetone (do
Chef Rogério Shimura) resultaram 5
de 500gr. Dei, comemos e congelei
para as festas...perfeito! Vai em
frente e estaremos com você!
Bjs Glaucia

DricaPeixoto disse...

Como costumamos dizer por aqui ... o seu blog tá bombando :D
Gostei de todas as receitas, todas!
Bjo

Livia disse...

Parabéns, Ana! Adoro o seu blog e o seu poder transformador sobre os alimentos e, certamente, sobre a vida.

moranguita disse...

desde ja um bom ano de 2010.
este pao esta uma maravilha.
adorei a sugestao
beijinhos

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails