terça-feira, 9 de junho de 2009

Gratinado de abóbora e batata-doce

E mais batata-doce, por que não? Afinal, elas estão tinindo esse mês. Alguns vão notar quantas abóboras andam surgindo em meus jantares, e estranharão, uma vez que já disse uma centena de vezes por aqui como meu marido odeia abóboras. É interessante ver que aquela teoria de que um ser humano precisa ser exposto de dez a doze vezes a um alimento até se habituar a ele parece ser verdade. Pois se antes o homem olhava para a abóbora no prato e ia direto esquentar água para o miojo, ontem ele torceu um pouco o nariz e hoje ele come numa boa, sem mais apontar para o fato de que o prato "está gostoso... apesar de ser abóbora". Não acredito que ele esteja 100% convertido, mas ao menos não preciso mais ficar reservando a abóbora para meus almoços solitários e posso dividir com ele todo esse delicioso e adocicado alaranjado.

GRATINADO DE ABÓBORA E BATATA-DOCE
(da revista Saveurs)
Tempo de preparo: 15min+40min (forno)
Rendimento: 4-6 porções


Ingredientes:
  • 400g abóbora (usei a japonesa)
  • 400g batata-doce
  • 1 cebola
  • 2 colh. (sopa) azeite
  • 2 ovos
  • 200ml creme de leite fresco
  • 20g manteiga
  • 1/2 colh. (chá) páprica doce
  • 1 pitada de noz moscada
  • 80g de queijo ralado grosso (usei Minas Padrão)
  • 2-3 ramos de salsinha
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora

Preparo:
  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga uma travessa refratária média.
  2. Descasque a abóbora e as batatas. Corte-as em pedaços de uns 3-4cm.
  3. Pique a cebola e refogue-a no azeite, polvilhada de páprica, até que amacie.
  4. Junte a abóbora e as batatas e cozinhe por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando. Os legumes devem manter-se ainda firmes. Tempere com sal e pimenta e transfira para a travessa.
  5. Numa tigela, bata os ovos, o creme e a noz moscada. Junte metade do queijo e tempere com sal e pimenta. Derrame a mistura sobre os legumes.
  6. Polvilhe com o restante do queijo. Pique a salsinha e a polvilhe por cima. Leve ao forno por 35-40 minutos até que esteja dourado e os legumes estejam macios.

13 comentários:

ViVá disse...

Hum!Parece muito bom! Vou fazer depois!! =))

Fúlvia e Suzie disse...

Ana, estou ficando doida com seu blog hehehehe.
Cada coisa gostosa que vc faz, parabéns! Já testei algumas receitas aqui e todas deram certo (além do sucesso que fizeram aqui em casa).
Estou lendo todo seu blog e tenho adorado tudo: receitas, dicas, quinquilharias e seu cãozinho Gnocchi.
Continue assim: ótima cozinheira, escritora e fotógrafa.
Beijos

sentadanapia disse...

Aqui em Seul o que não falta são abóboras e batatas-doce. Eu também partilho da "doutrina do marido". Hoje ele já come carne de porco e gosta. Abóbora vai ser mais complicado, mas eu sou paciente!

Dani disse...

Ana, era tudo que eu precisava, pois etou com uma abóbora japonesa na geladeira e não queria fazer sopa. ótima idéia. Uma receita rídicula de fácil com batata doce: Lave-as bem, corte em rodelas finas com casca (orgânicas always, coque em uma assadeira cubra com azeite, flor de sal, alecrim e parmesão ralado. deixe assar até gratinar. É dos deuses.
Bjokas da Dani

rachel leite disse...

Na verdade este não é um comentário da receita. Estou usando este espaço porque não sei onde colocar minha dúvida que é a seguinte: qual a época do morango?
Na lista que peguei neste blog, não aparece esta fruta...
Obrigada desde já, Rachel

thecookieshop disse...

Essa teoria da exposição eu uso muito com a minha filha pequena... Esses homens são uns bebês, mesmo!

Edilia disse...

Delícia de gratinado,ficou um belo prato,e muito saboroso não é?
Edilia

Dani Corrêa disse...

Ana, da noite para o dia descobri seu blog e estou vasculhando TUDO! rs
Eu e meu marido queremos fazer N coisas que por voce já foram testadas... Principalmente os cookies e os brownies. [Tb quero comprar uma sorveteria logo logo!]
Como li seu blog 'de trás pra frente', lááá na frente, no seu início, estou me identificando contigo: casamento recente, cozinha sendo 'construida' etc etc etc... Adorei seus 'causos' sobre seu cãozinho, suas idas ao Mercadão e volta pra casa, rs... Enfim, várias coisas. Meu marido se identificou tb por voce ser publicitária/designer, pois ele tb é... [e tb, tem um 'quê' de ser como o seu marido de 'não gosto disso, nem faça', ao invés de fazer comida para 2, frequentemente faço para uma, rs].
Mas o que nos chamou MUITO atenção foi o Brownie Blondie da Nigella, ficamos com mta vontade de provar, contudo nao entendi como se faz... Se fosse possível, vc poderia me enviar a receita?
Moramos no Planalto Paulista e daqui estamos acompanhando seus quitutes com água na boca!
Obrigada por inspirar minhas aventuras na cozinha! rs
Bjs, Dani Carneiro Correa.

Ana Elisa disse...

Rachel,
o morango chega devagarinho em junho e some em outubro, mas só está no seu pico de gostosura em agosto mesmo, que é quando encontramos os morangos orgânicos. E ele está sim lá na lista do ceasgesp: é a última linha da primeira página.

Dani,
na época daquele post eu não estava colocando receitas no blog que não fossem adaptadas... sei lá, querendo respeitar um pouco direitos autorais. Vou colocar lá a receita.

bjos a todos!

Dani Corrêa disse...

Ok, obrigada Ana! Bjs.

Flavia Pantoja disse...

Eu adoro batata doce e acho que nao usamos suficiente... Está até na minha lista (interminavel , doi pratos que quero fazer) uma sopa de batata doce com tomates e quando vi esse prato, me animei de novo em fazer !
Bjs!

Dani disse...

Ana
Leio o seu blog há bastante tempo e vira e mexe aproveito uma das suas dicas. A última foi a desse gratinado MARAVILHOSO! Namorido, sogros e cunhado receoso aprovaram, rs. Só tomei a liberdade de usar dois tipos de batata doce, a comum e a roxa. A cor ficou 'exótica', como disse a sogra.
Beijos

Simplesmente Mariza disse...

Muito, muito, muito boooooooooooooooooom! Adoro abóboras. O prato ficou lindo.

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails