terça-feira, 12 de maio de 2009

Bolo de coco e doce-de-leite para meu pai

Assim que o aniversário de meu pai se aproximou, prontifiquei-me a fazer um bolo. Como meu pai não é muito fã de doces, minha mãe ficou chocada quando ele não só deixou que eu lhe preparasse o bolo como ainda escolheu o sabor. Ele o tinha assim, na ponta da língua, tão logo perguntei: "coco com recheio de doce-de-leite".

Como, mas COMO eu poderia ignorar esse pedido?

Confesso que, como os tempos andam meio conturbados, a escolha do tipo de bolo de coco foi um pouco afetada pelos quesitos "tempo" e "dificuldade"... Havia três opções:
  1. preparar minha génoise clássica, adaptando-a para virar uma génoise de coco;
  2. preparar uma receita de bolo de coco da Nigella, despretensioso;
  3. ou preparar o bolo de coco do livro Sky High, que parecia mais rico, por levar leite de coco na massa.
Pensa, pensa, pensa.
  1. Vai que a adaptação torna o bolo seco demais? Se não der certo, não vai dar tempo de fazer outro.
  2. Tem coco ralado e Malibu (rum de coco) na despensa, ambos itens da receita. E o bolo parece simples e direto ao ponto.
  3. Ando meio desestimulada a usar leite de coco, depois que descobri que todas, TODAS as marcas disponíveis em São Paulo engrossam seu leite de coco com Goma Guar. Engraçado, porque, ao meu ver, quando eu compro leite de coco, eu quero leite de coco, e não leite de coco com sementes, algas ou milho, que são as principais matérias-primas das gomas. Aliás, acho que isso é propaganda enganosa, assim como os iogurtes engrossados com amido. Pois é, iogurte de milho. Assim como por lei, requeijão só pode ter esse nome no rótulo se for uma fórmula XYZ, acho que só podia dizer "leite de coco" ou "iogurte" o que tiver SÓ leite de coco na garrafa e APENAS leite e fermento lácteo no potinho. Estou pensando em reclamar no Procon. Mas estou digredindo. Nada de leite de coco, então.
Ok, receita decidida. Nigella é isso aí. Os bolos foram preparados muito facilmente e, ainda que tenham ficado no forno uns 8 minutos a mais que o tempo estipulado na receita, ficaram macios e perfumados. Fiquei com medo, no entanto, que o coco neles, apenas presente em forma ralada, fosse muito pouco, e resolvi banhá-los num xarope de Malibu antes de montar o bolo. Recheei-os com doce-de-leite puro, sem nada mais, e levei à geladeira enquanto preparava a cobertura.

A receita original de Nigella usava glacê instantâneo. Bem, eu gosto de um desafio, e fui atrás da receita do glacê, que, por acaso, estava em outro livro dela. Acabei optando por misturar sua receita com a do Professional Baking, uma vez que Nigella usava glicerina ao invés de cremor tártaro, e apenas o último constava em minha despensa.


Um erro de cálculo durante o preparo, no entanto, fez com que usasse cerca de metade do açúcar de que eu precisava, e o glacê , apesar de saboroso, não secou como deveria, ficando ainda mole como chantilly firme. No entanto, o erro foi para melhor, uma vez que a cobertura ainda mole tornou o bolo mais úmido. Como ele é doce, porém, e o bolo já levava doce-de-leite, fiquei com receio de que muita cobertura o deixasse enjoativo, e acabei não usando tudo, passando apenas uma fina camada do creme, como é possível ver na foto. Bobagem minha, poderia ter usado tudo tranquilamente. Quem não se sentir confortável em usar claras de ovo cruas, pode simplesmente substituir a cobertura por chantilly caseiro aromatizado com Malibu e polvilhar o coco ralado por cima.

O bolo ficou muito gostoso e o coco ficou sutil, apesar de todo o coco ralado com Malibu, cujo teor alcoólico é imperceptível no contexto. Aprovado e anotado, para ser repetido numa próxima vez.


BOLO DE ANIVERSÁRIO DE COCO E DOCE-DE-LEITE

(adaptado do livro How to be a domestic goddess, de Nigella Lawson)
Rendimento: 16 fatias
Tempo de preparo: 3 horas


Ingredientes:
(bolos)
  • 1 xíc. (200g) de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 3/4 xíc. de açúcar cristal orgânico
  • 1/2 colh. (chá) de essência de baunilha
  • 4 ovos grandes
  • 1 1/3 xíc. farinha de trigo
  • 2 colh. (sopa) amido de milho
  • 1 colh. (chá) de fermento químico em pó
  • 1 pitada generosa de bicarbonato de sódio
  • 1/4 xíc. de coco ralado, de molho em 1/2 xíc. + 2 colh. (sopa) de água fervendo
(xarope)
  • 2 colh. (sopa) açúcar
  • 2 colh. (sopa) água
  • 2 colh. (sopa) Malibu
(recheio)
  • 1/2 xíc. de doce-de-leite
(cobertura)
  • 1 clara de ovo
  • 175g açúcar de confeiteiro
  • 1 colh. (sopa) suco de limão
  • 1 pitada de cremor tártaro
  • 2 colh. (sopa) Malibu
  • coco ralado para polvilhar
Preparo:
  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC e unte duas formas redondas de 20cm com manteiga.
  2. Bata a manteiga e o açúcar na batedeira até ficar cremoso e fofo.
  3. Adicione os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Junte a baunilha.
  4. Numa tigela, peneire juntos a farinha, o fermento, bicarbonato e amido. Junte-os em três ou quatro partes ao creme da batedeira, incorporando bem.
  5. Adicione o coco ralado com a água, misture até que fique uniforme e distribua a massa entre as formas. Parecerá que é muito pouco, só um dedinho de massa, mas os bolos vão crescer.
  6. Leve ao forno por 25 minutos, ou até que estejam ligeiramente dourados, afastados das bordas da forma e um palito inserido no meio saia limpo. Deixe que esfriem na forma por 10 minutos, então desenforme sobre uma grade e deixe que esfriem completamente.
  7. Em uma panela, misture os ingredientes do xarope e leve ao fogo médio até que o açúcar tenha se dissolvido. Desligue o fogo e deixe que esfrie. Banhe os bolos frios com o xarope.
  8. Coloque um dos bolos de cabeça para baixo em um prato. Se o doce-de-leite estiver muito firme, bata com uma colher até que fique mais molinho. Espalhe-o de forma uniforme sobre o bolo, deixando 0,5-1cm de borda. Posicione o segundo bolo de cabeça para cima sobre o recheio, com cuidado. Leve à geladeira enquanto prepara a cobertura.
  9. Bata a clara na batedeira até que comece a espumar, e então acrescente metade do açúcar. Quando a mistura tiver crescido um pouco, vá acrescentando o restante do açúcar aos poucos, adicionando o restante dos ingredientes. Bata até atingir uma consistência firme de suspiro.
  10. Retire o bolo da geladeira. Derrame uma parte da cobertura no centro do bolo e espalhe com uma espátula, puxando para as laterais e deixando que escorra. Alise com a espátula para espalhar o creme pela lateral, sempre no mesmo sentido. Vá derramando mais creme e repetindo, até que todo o bolo esteja coberto de modo uniorme. Polvilhe o coco ralado por cima e um pouco nas laterais (ou muito se você quiser) e leve à geladeira até a hora de servir.

35 comentários:

Luciana disse...

Olá, Ana! Tenho "fuçado" suas receitinhas ultimamente. Parabéns pelo blog e pelas receitas!
Ana, essa quantidade de açúcar da cobertura é a quantidade "errada" que você usou ou é a certa, que faz a cobertura secar?
Beijinho!

Leo disse...

Do iogurte eu já sabia, mas do leite-de-coco não. Uma sugestão, eu sei que dá trabalho, mas você pode comprar um coco seco, tirar a polpa e bater no liqüidificador com água. Você vai ter um leite puro.

Ana Elisa disse...

Luciana,
essa é a quantidade que usei para que o bolo fique exatamente como na foto. Para fazer o glacê do jeito correto, para que fique firme, é preciso 250g de açúcar de confeiteiro, se não me engano.

Bjos

Ana Elisa disse...

Leo,
é só isso? Pensei que fosse mais difícil. Na feira eles vendem coco ralado na hora... Você sabe a proporção de coco para água?

Bjos

Leo disse...

Para um coco, é mais ou menos uns 300/350ml, depende da consistência que você quer. Tem gente que usa água morna e gente que usa água em temperatura ambiente. Os dois jeitos funcionam.

Deixe a polpa de molho na água no liqüidificador por uns minutos para dar uma hidratada. Depois é só bater bem. Para aproveitar o máximo, você pode colocar a polpa em uma peneira firme/chinois ou colocar num pano de prato e espremer bem para tirar o leite que sobrou. Depois é só guardar na geladeira. Dura uns 3 dias.

Dani disse...

Iria falar do leite feito em casa, mas o Leo ja comentou, dá um tico de trabalho, mas é garantido, e o coco que você coar ainda pode ser utilizado, é bom pelo reaproveitamento.

Adoro a mistura de coco com doce de leite, mais que com chocolate, acho q um completa muito o outro.

Esse lance do Malibú nessa receita foi oque mais me chamou a atenção. Veja, (não sou alcólotra...rs) pelo contrário, quase não tomo nada alcoólico, mas Malibu é um paraíso pra mim...rs

Essa cobertura branca deixou seu bolo um charme só, sabe oque me fez lembrar? aquele alfajor havanna que tem cobertura de merengue.

Bjs

Lala disse...

Ana, q delícia de bolo!! Mas ainda é muito avançado pra mim :-(
Nem um pão de ló decente não sai do meu forno. Ele cresce, assa, e qdo esfria murcha totalmente... Vc tem alguma dica ou alguma receita de pão de ló que não murche?? Não, eu não abro o forno e não sei o que faço errado. Meus outros bolos até que dão certo!! Se vc puder me dar umas dicas eu adoraria!! ;-)

Sarinha disse...

Ana, adorei! E o papai deve ter se deliciado hein!??!
Bjos

Edilia disse...

Este bolo deve ser uma delícia, a fatia aparece mais o recheio,e o visual é ótimo
Edilia

Noémia disse...

Lindíssimo o seu bolo e apetitoso!
Huuuum! Que pai com sorte! :)

Dete disse...

Oláaaa ANa...
Eu adoro seu blog e o leio com frequencia...
Concordo com a Lala... meus bolos normalmente dão errado... mas eu nao desisto..
Parabens pelo seu bolo, e Muitas Felicidades p seu Pai....
Tu sabes alguma receita d pao australiano?
bjsssss
boa semana

Cucchiaio pieno disse...

Adorei a receita, teu pai tem excelente gôsto - pediu a combinaçao perfeita! Um abraço. Léia

gasparzinha disse...

Fazer bolo para o aniversário do pai dá um prazer...
:)

Ficou lindo!
E a fatia não engana: que delícia deveria estar. :) :)

LAIS GIUSTI disse...

nossa! agora imaginei esse recheio com doce de leite feito de soja e tenho que me segurar pra não fazÊ-lo uma vez que estou no meio de uma receita de tofu, e meu desejo do dia é tofu huhuhuh

sabe o que eu mais adoro aqui?! a forma como parece que todo o resto fica na porta, quando entro nesse teu mundo sou tomada pelos aromas, é uma paz incrível, é engraçado.. huhuhu

bom dia!

Patricia Scarpin disse...

Pois o seu pai tem bom gosto, hein? Gosto muito da combinação coco/doce de leite, acho que ficam fantásticos juntos.
E a aparência do danado do bolo, então? Linda! Uma nuvenzinha, Ana.

Beijo!

Anônimo disse...

Ana Elisa, parabéns para o papai,
duplamente, pelo aniversário e por ter uma filha amorosa como você.
Quanto ao bolo não preciso falar
mais nada, ficou lindo! Glaucia.

P.S.: Em outros tempos, no interior
de MG, só usávamos o leite extraído
do côco...

Cassiano Dias disse...

Por acaso vc conhece o blog do chef Julinho Bernardo? É muito bacana tb, assim como o seu. Descobri vcs dois completamente por acaso e estou muito satisfeitos com as dicas e receitas, abs C

Silvia Fochesato disse...

Ana

Bolo de coco e doce de leite ! Ah assim voce me mata !
Que receita e que foto e essa !!!!

Delicia , delicia .

Eduardo Luz disse...

Cá pra nósa, só o Malibu já justificava o bolo!
Não sou deles mas este é pra fazer!
Abs.

Talita disse...

Acho que optou muito bem na escolha da receita. O bolo ficou com uma cara ótima! Não sabia que engrossam leite de coco nem iogurte.

Tb disse...

Sou portuguesa, não sei muito bem o que deve ser o verdadeiro leite de côco, mas imagino,(1) do comentário anterior ao seu fabrico artesanal e ao tempo de vida de 3 dias, que a goma guar e (2) sendo adicionado por todas as marcas que o produzem, deve lá estar por razões de conservação física: deve ser impossível manter esse líquido estável e sem separação de fases (côco é muito gorduroso, não deve ser verdadeiramente miscível ou homogéneo com água, nem duradoro). As quantidades adicionadas serão mínimas, é um aditivo super inócuo. Já do iogurte atrevo-me a dizer que será para economizar na fórmula...
PS - Adoro o blog!! E o bolo! Na realidade, era isto que eu queria vir cá dizer.

Marinella disse...

Que lindo o seu blog! Forma e conteúdo! :)

Pam disse...

Nossa esse bolo parece delicioso, só vendo a foto parece que até senti o cheirinho de coco com doce de leite, meu pai é outro fã dessa combinação, com certeza vou fazer esse bolo pra ele também...
beijinhos

Loisiana disse...

Oi Ana!

Ai que tortura ver as fotos deste seu bolo!! Parece uma DE-LI-CIAAA!!
E eu agora numa super dieta...

Mas tudo bem! Desta vez não é só por mim, mas tb por uma bebezinha que vem por ai...
Minha nutri deu um bom estímulo...:
-Se vc não perder peso NUNCA mais arruma seu corpo depoia da gravidez...

Já se foram dois quilos e quando vou caminhar sempre penso em você e digo para mim mesma:
-Vai ser muito mais fácil arrastar um corpinho mais leve para a caminhada!

Minha nutri tb não é adepta do light e diet o que é ótimo!

Obrigada por tudo!
Tudo de bom pra vc!
Beijinhos Nani

Aline disse...

Olá Ana Elisa!
Sempre visito seu blog e o acho maravilhoso.
Já fiz várias receitas daqui, e outras tantas inspiradas nas que você publica.
Uma delas foi o seu iogurte, muito melhor realmente do que qualquer iogurte comprado.
Porém, depois de fazê-lo com perfeito sucesso por 3 vezes seguidas, na quarta vez ele não ficou com a textura correta, ficou como o leite normal apenas com um leve gosto azedinho.
Será que teria um limite de vezes para fazer o iogurte a partir do iogurte caseiro já feito antes? Ou será que o clima poderia influenciar? Está frio onde eu moro...
Bom, de qualquer forma agradeço desde já se você puder me ajudar.
E parabéns pelo bolo deste post. Coco com doce de leite é uma das mais deliciosas combinações na minha opinião.
Já estou pensando em fazê-lo em uma breve oportunidade.
Parabéns Ana Elisa!
Beijo
Aline

Lia disse...

Ana, amei a receita. Aliás, adoro bolo de coco. Acho até que farei para domingo, aniversário da minha irmã. Como já tive alguns probleminha com ovo cru, gostaria de saber como faço o chantilly caseiro que vc sugeriu. Obrigada

Ana disse...

Olá!

Descobri este blog há pouco tempo mas não poderia deixar de lhe dar os parabéns!
Adoro cozinhar, principalmente doces que são a minha perdição, adoro devora-los, mas gosto ainda mais de fazê-los :)
Sou química pelo que gosto de perceber o que esta a acontecer por de trás daquilo que se vê, tenho aprendido bastante consigo.
Sou portuguesa mas gosto bastante de comida brasileira, perdi-me quando ai fui...:P
Obrigado por partilhar estas maravilhas!
Beijinhos

Ju R. disse...

caracaaaaaa!!!!

preciso dizer que AMEI esse blog. fui em busca de receitas de risotto e cheguei até aqui.

adorei o desenho que tu fez do teu cachorrinho. não fiquei muito admirada por você ser libriana e designer hehehe (olha o meu perfil). adoro coisas bonitas, bem feitas e, claro, adoro comer!

é isso!
um grande beijo.

Licsk disse...

...adoro bolo...adoro a Nigella...
adoro suas estórias por traz de cada receita!!!!!!!!!
Bjo

Luana Cataldo disse...

Oi Ana Elisa,
sou leitora do seu blog a um tempão, acho que já tem um ano, mas nunca comentei é a primera vez...

não sou vegetariana como você, mas adoro suas receita porque também adoro legumes.... heeheeh...
E também adoro massa... acho que foi exatamente isso que me fez chegar no seu blog.

O bolo desse post é de comer com os olhos, simples e está com uma cara boa!!!! Coco com doce de leite é realmente tudo de bom.

Parabéns para o papai. E parabéns para você também, por esse blog maravilhoso!

michelkhodair disse...

Apesar do tal erro, que nessas alturas passa que éuma beleza, a cara dele está linda.
Deve ter ficado bom pacas.

abs.

Cristiane disse...

Ana, por onde vc anda...

Nato disse...

Está lindo este bolo. Gostei da combinação de sabores. As fotos estão muito boas. Aproveito para lhe perguntar: que tipo de iluminação utilizas para as fotos?

Ana Elisa disse...

Leo,
muito obrigada!

Lala,
minha teoria é de que seu forno está muito quente na hora em que você coloca o bolo. Isso faz com que a parte de fora asse mais rápido do que a de dentro, e a estrutura desaba quando o ar que inflou o recheio esfria. Acho. Meu forno desregulado já estragou muito bolo meu. Compre um termometrozinho de forno bem vagabundo e veja se o seu forno não está aquecendo além do que você quer! :)

Dete,
não sei não. Mas eu já vi essa receita rolando pelos blogs em português...

Cassiano Dias,
não conheço não. Vou dar uma olhada.

Tb,
meu problema é que eu sempre li rótulo de tudo, e o leite de coco sempre teve conservante, mas NUNCA teve gomas e espessantes! Isso é invenção de agora, para a produção ficar mais barata e a gente fazer papel de idiota! :(

Aline,
talvez o iogurte tenha ficado tempo demais na geladeira, ou talvez de fato não tenha se mantido morno e talvez precisasse de mais tempo "fazendo o iogurte" fora da geladeira. A última leva que fiz do zero, usando um potinho comprado foi há uns 5 meses. E o iogurte continua firme e forte! Mas eu faço toda semana, religiosamente, porque como iogurte todo dia depois do treino de corrida (iogurte com fruta fresca, hábito delicioso que sobrou da dieta!). :)

Lia,
quando vc compra a garrafinha de creme de leite fresco, vem escrito nela mesma a receita. É só seguir.

Cristiane,
já voltei! ;)

Nato,
a luz que tem! hehehe... De dia, luz natural, da janela de casa, geralmente na sombra, não direto sob o sol, senão o contraste fica muito forte. De noite, com as lâmpadas porqueiras da sala e da cozinha mesmo. O que eu faço é ajustar o ponto de branco na câmera e depois dar um tapa na foto no computador, se precisar. Parei de ficar me descabelando para tirar foto: tava cansada de comer comida fria. ;)

Bjos

Simplesmente Mariza disse...

Sensacional!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails