terça-feira, 16 de outubro de 2007

Trattoria Cadorna

Estava reorganizando minhas fotografias no computador e, ao deparar-me com esta, achei que o lugar valia uma menção por aqui.

Quando estava em Roma, tive alguma dificuldade para encontrar bons lugares (a preços módicos) onde comer, pois tudo parecia-me excessivamente turístico. Um amigo recomendara-me esta trattoria, bastante longe do centro, há uns bons 20 minutos de caminhada da estação Termini, em uma ruazinha desconhecida, de apenas um quarteirão (Via Cadorna). Nenhum mapa turístico mostrava-a; ficava imaginando que a rua deveria ficar a uns 2,5cm do fim da página do guia. Por isso, precisei pedir informações a pelo menos 3 romanos apressados e sem paciência até encontrá-la.

Como eu não me lembrava do nome do restaurante, tive de perguntar ao garçom se havia algum Giovanni no lugar, pois o Norberto cansara de contar-me sobre o "o restaurante do Seu Giovanni", onde ele comera todos os dias durante sua estada em Roma.

Quem me dera eu também ter comido lá todos os dias. Por 16 euros, comi um prato fartíssimo do spaghetti primaverile que se tornou referência para qualquer spaghetti primaverile que eu coma em minha vida, água, 1/4 de garrafa de vinho tinto da casa, uma sensacional panna cotta com calda de chocolate e amêndoas, café (que veio com bombom) e uma dose cavalar de Grappa por conta da casa. Sem contar que pude conhecer o fofíssimo "Seu Giovanni", um velhinho rechonchudo que ficou felicíssimo ao saber que sua trattoria havia sido lembrada e recomendada do outro lado do mundo.

Voltei para o albergue ligeiramente embriagada, mas completamente feliz. E todas as vezes que preparo spaghetti primaverile em casa, lembro-me da Trattoria Cadorna, do Seu Giovanni, e me pego repetindo a mesma história para meu marido, pela enésima vez, cheia de saudades.

Um comentário:

Ana K disse...

Acompanho seu blog já faz alguns meses e quando decidi que minhas férias (julho 08) seriam na Itália me lembrei do restaurante que vc falou no blog, a Tratoria Cadorna. Bom, assim que cheguei em Roma (parte final da viagem!) corri para lá já logo no primeiro jantar para conhecer o lugar! Amei o restaurante e o Sr Giovanni ainda está lá, firme e forte e não falo muita coisa em Italiano, pedi (em ingles) para a pessoa que me atendeu, filho ou neto dele pelo o que eu entendi, que falasse que eu estava lá pq o restaurante dele foi muito recomendado no Brasil. Ele realmente é fofo e a pasta primarera maravilhosa! O tiramissu tb deixou saudades...
obrigada pela dica!;o)
Ana Karina

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails