sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Fettuccine de abobrinha

É muito bom quando invencionisses não apenas dão certo, mas ficam também muito boas. Traumatizada pelas abobrinhas que deixara estragar no mês passado, resolvi usar as novas rapidinho, sem dó. O plano inicial era fazer bolinhos de abobrinha, mas tive uma preguiça imensa de preparar todos os outros pratos de arroz, salada, etc, e eu tinha um resto de ricotta que sobrara do preparo da última polenta, que estava para vencer. Como amanhã, também, vou viajar para uma prova de revezamento em Bertioga (minha primeira prova de corrida!!), não queria nada que me deixasse restos até segunda-feira.

Refoguei a abobrinha fatiada (2 grandes e uma pequenininha) em um dente de alho do tamanho do meu dedão (fico sempre impressionada com esses alhos super desenvolvidos), uma pitada de pimenta calabresa seca, pimenta-do-reino preta e branca, menta seca e sal. Deixei ficar bastante macia, mas sem perder o verde vivo da casca. Desliguei o fogo, e triturei em meu mini-processador metade das abobrinhas com cerca de 100g de ricotta de búfala e um punhado de parmesão, até que virasse uma pasta densa e verde-clara. Acertei sal e pimenta e deixei de lado enquanto cozinhava a massa. Depois de escorrer o fettuccine, misturei a pasta de ricotta, as abobrinhas refogadas, um fio de azeite e um punhado generoso de salsinha picada. Fiz questão de anotar a receita para repeti-la depois. Use quantidades moderadas de menta seca (uma pitada basta), ou o sabor anisado ficará forte demais.

2 comentários:

Agdah disse...

Adoro invencionices. Obrigada pela visita ao Agdá.
Menta seca ?

Ana Elisa disse...

É fácil de achar menta seca em lojas de produtos árabes, se não tiver no supermercado. Depois que vi a Nigella usando, fiquei curiosa, e não é que a danada é gostosa e mega-refrescante??

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails