segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Esfihas do Rosima

Não, não é mérito meu. Essas esfihas foram compradas em um dos meus lugares favoritos: Rosima, um botequinho árabe que existe desde a minha infância, na Rua Pamplona. Para quem só come Habbib´s e acha que aquilo é esfiha, essas do Rosima são um choque. Massa deliciosa, um exagero de recheio e um sabor sensacional. A de ricotta é quase doce de tão fresquinha. A de vegetais é uma mistura de escarola refogada com alho e cebola, passas, nozes e pinolis. A de zátar foi o Allex quem comeu, e não deu nem tempo de experimentar. Nos meus áureos tempos carnívoros, eu devorava as esfihas de carne e os quibes gigantescos. Há uma miríade de pastinhas e quitutes árabes, todos muito frescos e muito, muito saborosos. Recomendo, recomendo, recomendo! (E eles fazem versões miniatura para festas, também!)

Vai lá: Rosima — Rua Pamplona, 1738, Jardim Paulista, São Paulo. Abre todos os dias, inclusive de domingo, quando funciona até as 20h.

2 comentários:

Sabrina disse...

Ana, em frente ao Carrefour da pamplona tem um restaurante libanês chamado Cedro do Líbano. A esfiha de ricota é a minha predileta e fica muito mais gostosa no dia seguinte, gelada. Abraços

Unknown disse...

Olhando para essas lindas esfirras, observo que falta uma receita delas aqui. hummmmm Quem sabe esse não poderia ser seu próximo post. Aguardando ansiosamente!
Ah... obrigada pelas receitas, já me ajudaram bastante!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails