sábado, 23 de junho de 2007

Sopa de Funcho e Batatas


Se existe um modo muito simples de experimentar novos sabores e combinações é através de sopas. Esta é tão rápida de ser feita, que não lhe resta desculpa a não ser experimentá-la. E se funcho (mais conhecido como erva-doce) não é seu vegetal favorito, ainda assim peço para que a experimente: o funcho, quando cozido ou refogado, perde boa parte de seu sabor de anis, ficando muito mais suave, como uma nota adocicada permeando o creme de batatas e leite. E para os que continuam comprando iogurtes que prometem levá-lo ao banheiro, o funcho tem fibras suficientes (que dissolvem na sopa) para regular o intestino mais preguiçoso.

SOPA DE FUNCHO E BATATAS
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 4 porções como principal ou 6 como entrada


Ingredientes:
  • 1 colher (sopa) cheia de manteiga sem sal
  • 350g de batatas
  • 300g de funcho (erva-doce) com os ramos — compre o mais arredondado, que tem mais sabor que o comprido
  • 1/2 cebola grande ou 1 pequena
  • 1 dente de alho grande ou 2 se quiser um sabor mais forte
  • 1/4 de colher (chá) sementes de erva-doce
  • 1 cubo de caldo de vegetais dissolvido em 500ml de água
  • 500ml de leite integral
  • sal e pimenta-do-reino branca a gosto

Preparo:
  1. Corte a batata em cubos pequenos e reserve. Pique bem a cebola, o alho e o funcho.
  2. Derreta a manteiga em uma panela de fundo grosso. Junte a cebola, alho e funcho picados e refogue em fogo mínimo, mexendo sempre com uma colher de pau, por 5-10 minutos, até que os vegetais fiquem muito macios e translúcidos. Não deixe que dourem ou queime, ou isso comprometerá o sabor delicado e a cor clara da sopa.
  3. Junte as batatas e as sementes de erva-doce e mexa bem por 1 minuto, para cobrir as batatas com os outros legumes.
  4. Acrescente a água com o cubo de caldo, mexa com a colher para que as batatas não grudem no fundo e aumente o fogo até comece a ferver. Então abaixe de novo o fogo para que a sopa fique em ebulição constante. Deixe por 15-20 minutos, mexendo de vez em quando, até que as batatas estejam cozidas.
  5. Desligue o fogo. Passe a sopa para o liqüidificador e bata até que vire um creme claro e homogêneo. MUITO CUIDADO ao bater líquidos quentes no liqüidificador: comece pulsando devagar e então deixe batendo, ou o líquido pode "explodir" com o vapor e queimá-lo seriamente. Como alternativa, deixe que a sopa esfrie um pouco antes de batê-la.
  6. Volte o creme para a panela e junte o leite, misturando bem. Ligue o fogo novamente apenas para reaquecer a sopa. Não deixe que ferva, ou o leite pode talhar. Experimente o tempero. Salgue e coloque pimenta a gosto.
  7. Sirva quente com as folhinhas de funcho como decoração ou guarde bem tampada na geladeira por até 2 dias e sirva gelada. Se quiser a sopa mais consistente, susbtitua metade do leite por creme de leite fresco.

4 comentários:

Ali Ckel disse...

Ana, fiz esta sopa de entrada para o jantar de sexta-feira e ficou uma delícia. O maior sucesso! É uma sopa leve e muito refrescante. No dia seguinte, comi fria e gostei ainda mais. Obrigada pela dica :)

Ana Elisa disse...

Que bom que você gostou! Ela é mesmo uma delícia.

Abraços!

Anônimo disse...

Ana, em Lima no Peru, comi uma massa com camarões e um molho rosa (rosè?) que tinha um gosto maravilhoso de funcho. Como faço esse molho?

OBS: Sua sopa divina!

Josi

Filipa disse...

O funcho tem outra propriedade muito importante, que é a de aumentar a produção de leite materno, por isso é uma boa dica para as mães a amamentar.

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails