quarta-feira, 14 de março de 2007

Summer Rolls


Ontem, no jantar, resolvi enfim testar meu mega-livro de cozinha asiática. O interessante desse livro é que ele não é mais uma adaptação da culinária oriental ao paladar ocidental, mas uma compilação fiel. De modo que resolvi testar mais de uma receita de uma vez, para garantir que ao menos um prato fosse apreciado e não tivéssemos que pedir uma pizza.

O cardápio foi rolinhos vietnamitas de papel de arroz (Goi Cuon) com molho Nuoc Cham (um molhinho apimentado e agridoce), arroz jasmim e salada de shiitake e broto de bambu. Os rolinhos, que vocês podem ver na fotografia, foram um sucesso, muito mais fáceis de fazer do que eu pensara, apesar de requisitar uma boa dose de delicadeza para a manipulação do papel de arroz. E o molho para mergulhar os rolinhos combinou perfeitamente, ainda que possa ser substituído por shoyu num dia preguiçoso. No entanto, da próxima vez, talvez eu substitua os brotos de feijão por cogumelos refogados, imitando a textura e o sabor terroso da carne que deveria ir na versão não vegetariana.

O arroz foi uma agradável surpresa. Quando li a receita pedindo que se cozinhasse o arroz na água sem nenhum sal ou tempero, fiquei ressabiada, mas segui a risca mesmo assim. Acontece que o arroz jasmim é tão aromático, que de fato não precisa de tempero nenhum, e você o saboreia entre os outros pratos de sabores mais fortes, para limpar o paladar. Para quem abusou a vida toda e agora não pode mais comer sal, é uma excelente opção no lugar do arroz comum.

Já a salada... hum... é difícil eu torcer o nariz para qualquer coisa. Mas dessa vez não teve jeito. Nem meu namorado nem eu conseguimos terminar a salada. O broto de bambu definitivamente não agradou.

Se você é vegetariano e de vez em quando enjoa do macarrão e da salada, vale a pena dar uma olhada em receitas asiáticas. Apesar de não haver muitas receitas estritamente vegetarianas, as que existem com certeza refrescam o paladar e abrem sua mente. Apesar dos ingredientes diferentes, o preparo costuma ser bastante fácil.

Um comentário:

Tatoo disse...

Oi Ana,

continuo aqui lendo posts antigos. Estou adorando. Engraçado vc não gostar de broto de bambu. Antigamente quando os restaurantes chineses eram chineses de verdade eu adorava pedir qualquer coisa com broto de bambu. Apesar de nunca preparei nada em casa com ele.

bjos,

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails