quarta-feira, 15 de maio de 2013

Muffin de mãe surtada

De repente você pára de dar conta. De repente faz três dias que não consegue trabalhar. De repente, há pêlos de cachorro para todos os lados. De repente, sua nenê que passava horas dormindo agora quer brincar de ficar sentadinha, exigindo sua atenção constante. De repente seu mais velho não quer cochilar à tarde e resolve correr enlouquecidamente pelo quintal, catando taturanas, exigindo também sua atenção constante. De repente você olha a geladeira cheia e simplesmente não consegue processar a matemática de combinações que pode gerar uma ideia para o almoço. De repente faz um mês que você não escreve no blog.

E você percebe não só tarefas se acumulando à sua volta, mas caraminholas se embaralhando na sua cabeça.

Surto.

E a criança tem que levar algo de lanche na escola, e não pode ser uma batata crua.

Fica feliz então de ter arrancado do freezer na noite anterior um muffin de quinua, avelã e banana, e deixado descongelar durante à noite. De manhã cedo ele está macio e fresquinho como se tivesse sido assado no dia, e é enfiado na lancheira junto com uma limonada feita às pressas e um potinho com cubinhos de queijo meia-cura.

Criança feliz e alimentada, mãe menos surtada.

Esses muffins foram uma agradável surpresa, pois sempre tive um enorme pé atrás com gluten-free-baking. Na verdade, quando recém-saídos do forno, os muffins são um pouco esfarelentos. Mas uma vez frios, sua textura melhora, e ficam mais densos e gostosos. Mas esses muffins de banana são muito saborosos e complexos, e aplacam a neura nutricionista de mães paranóicas quando seu filho resolve que não quer almoçar – dá um alívio pensar que ele está comendo quinua e trigo sarraceno no lanche. ;)

MUFFINS DE BANANA, AVELÃ, QUINUA E CHOCOLATE
(do livro La Tartine Gourmande, de Béatrice Peltre)
Rendimento: 12 muffins

Ingredientes:
  • 40g avelãs ou nozes
  • 2 ovos grandes, orgânicos
  • 1/2 xic. (100g) açúcar cristal orgânico
  • 8 colh. (sopa) (113g) manteiga sem sal, derretida
  • 1/4 xic. iogurte natural integral
  • 1/2 xic. (70g) farinha de trigo sarraceno
  • 1 xic. (120g) farinha de quinua
  • 1/2 xic. (60g) farinha de avelã (avelãs moídas no processador até virarem uma farinha grosseira)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colh. (chá) fermento químico em pó
  • 1/2 colh. (chá) bicarbonato de sódio
  • 3 bananas maduras, amassadas com um garfo
  • 90g chocolate amargo (70%) picado

Preparo:
  1. Toste as avelãs ou nozes numa frigideira em fogo médio até que liberem perfume e dourem ligeiramente. Se estiver usando avelãs, esfregue-as num pano de prato para liberar as cascas e pique-as. Se estiver usando as nozes, apenas pique-as. 
  2. Pré-aqueça o forno a 180ºC e forre uma forma de muffins com forminhas de papel. 
  3. Na batedeira, bata os ovos e o açúcar até que fique claro e fofo. Junte a manteiga derretida e o iogurte e bata até que fique homogêneo.
  4. Numa tigela, misture as farinhas, o sal, fermento e bicarbonato. Junte à mistura de ovos e misture apenas até que não se veja mais farinha. Junte as bananas, avelãs (ou nozes) e chocolate e misture delicadamente.
  5. Distribua nas forminhas e leve ao forno por 25-30 minutos ou até que uma faca inserida no meio de um deles saia QUASE seca. Remova do forno e deixe que esfriem por alguns minutos antes de desenformar e deixar que esfriem completamente. Depois de frios, podem ser embalados num saco plástico e congelados. Para descongelá-los, asse-os no forno a 150ºC por alguns minutos ou tire do freezer para descongelar dentro de um pote durante a noite.

15 comentários:

Anônimo disse...

Ana minha linda, se você escrever uma vez por mês está ótimo!Contanto que ESCREVA Pelo amor de Deus não nos abandone. Nana.

Uma cavala velha, esposa, mãe, blogger que te ama.

Ontem estava vendo o vídeo da sua antiga cozinha e me inspirei um pouco mais, adorei a ideia dos potes achei super higiênico. Espero conhecer sua nova cozinha.<3

Carolina Frincu disse...

Bem-vinda ao mundo das mães surtadas! Ê!!
Menino lindo sobre o muffin (e sobre a mesa...)e gracinha de bebéia querendo ficar sentada. Receita anotada (só para quando chegar e casa e começar o processo de desintoxicação das crianças, cujas avós e bisavós estão tentando loucamente estragar com doces e REFRIGERANTES). Bjo!

salesol disse...

De repente você arrasou mais uma vez. Bjs

Cd Paraná disse...

Eu bem senti sua falta... mas vida de mãe é assim mesmo!

Anônimo disse...

Bem-vinda à fase dos filhos que não dormem mais durante o dia! rsrs
Imagino a sua loucura, porque vivo a minha: criança, trabalho, clientes que insistem em conversas por telefone que duram mais de 01h, duas cachorras (uma delas cavadora compulsiva), casa, comida, roupas em dia...

Anônimo disse...

Oi, Ana!!
Tenho uma dúvida: Como você faz para mandar limonada de lanche para o seu filho? Tanto aquelas que usam limão espremido quanto aquelas em que o limão é batido no liquidificador (a famosa limonada suíça) ficam com um gosto estranho depois de algum tempo. Existem algum truque para o gosto de limão fresco durar mais???
Beijo

Laura

Ana E.G. Granziera disse...

Oi, Laura.
Sempre fiz limonada de jarra aqui em casa (bem azedinha) e deixo pro dia todo, às vezes termino ela no dia seguinte, e, nesse caso, apesar de não estar mega fresquinha, continua totalmente tomável. No caso do lanche do Thomas, faço ela às 7h pra ele tomar 2h depois. A garrafa térmica é de inox por dentro, então não reage com o suco ácido. Talvez seja por isso. Já aconteceu várias vezes de ele não tomar tudo e eu dar o resto no almoço ou no lanche da tarde, e nunca notei gosto estranho.

bjs

thatiana Bandeira disse...

Oi Ana,
Amei a receita, mas meu marido detesta banana! Será que posso trocar por alguma outra coisa? Não imaginei nada que tenha a mesma consistência da banana...
Beijos

Liv Baum disse...

Adorei a receita! Adorei o Thomas loirinho, o muffin e a pequena Madame Bochechas no fundo.

Respira, respira que logo passa e eles estarão interagindo um com o outro - vejo pelos sobrinhos rsrs - e vc ficará um pouco mais tranquila.

Beijos!

Maíra S. disse...

Oi Ana,
Estou chegando agora ao seu blog, apesar de ter visto várias referências a ele nos blogs que sigo. Estou adorando. Adoro receitas diferentes com comentários pessoais mas adoro, sobretudo, pessoas que escrevem bem, com humor e conteúdo. Já fiquei fã!

Heleni Silvia disse...

Oi Ana! Eu estava morrendo de saudades de vc, dos seus posts... adoro!
Beijos carinhosos!

Lylia disse...

Oi Ana,
É tão bom ler o que você escreve..Gente como a gente, como os mesmo dilemas. Assim é a vida. Cheia de brilhos e sombras.
Às vezes, coisas simples como um muffin, nos resgatam do "desespero".
Bj e ótimo fim de semana,
Lylia

Juliana Stelli disse...

Nossa, tenho uma filhota de 3 anos e um bebê de 3 meses, e ontem mesmo parei e desabafei com o marido sobre essa correria louca que nunca termina =)

Sabrina disse...

Vixe, mães têm que surtar muito - não sei se algum dia eu serviria pro cargo, acho que não haha. Mas foi muito bom esse post, me deu vontade de experimentar esse muffin :D

Anônimo disse...

E depois a gente não sabe porque se sente sobrecarregada... Ninguém avisa que a cobrança (interna e externa) é tão poderosa... Podemos ser mães, esposas, donas de casa e profissionais menos perfeitas, desde que em nome da paz interior e da felicidade! Quem tem filhos sabe! Continue fazendo o que der, Ana, já está mais que bom!!! Bj

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails