quarta-feira, 20 de junho de 2012

Torta de mirtilos e sour cream


Patrícia sempre atesta que o Bon Appétit Desserts é um de seus livros favoritos. É uma vergonha, portanto, que aquele enorme volume não saia tanto da estante quanto deveria. Principalmente por ter sido uma recomendação sua. Bem, como tudo o que já preparei do livro, esta torta foi um sucesso. Se você sabe abrir uma massa e misturar ingredientes numa tigela com uma colher, então você sabe fazer essa torta de mirtilos e sour cream.

Acho uma pena apenas ter de usar essência artificial de amêndoas, porque aqui no Brasil simplesmente não existe a alternativa natural. Isso sempre me pega de jeito e me deixa com muita raiva, acreditando que nós brasileiros somos muito tontos mesmo, pois nossa exigência com qualidade é quase nula, não apenas no que se refere à comida. Como, no entanto, estou num momento da minha vida em que estou tentando evitar o acúmulo de pensamentos e sentimentos raivosos, vou relevar esse fato e simplesmente lembrar de pedir ao próximo amigo ou parente viajante um vidrinho de extrato natural.

Por quê? Porque apesar do sabor da amêndoa de fato complementar lindamente o recheio de mirtilos, umas gotinhas a mais e você cai no desagradável reino do marzipan vagabundo e todo o retrogosto de plástico que isso representa. Então, vá bem com calma com a essência aqui, vá juntando 1/4 de colher de chá por vez e experimentando, pois algumas essências artificiais são bem potentes. Você quer apenas uma nuance, um perfume, e não gosto de hidratante. Na dúvida, troque por extrato natural de baunilha, que não há como errar.

Fora esse detalhe da essência, essa torta é deliciosa em temperatura ambiente ou mesmo depois de um ou dois dias de geladeira, quando ela vira alvo fácil dos assaltos comilões de meio de tarde. Eu, que sou fã de tortas de fruta, principalmente as de recheio cremoso, corro o risco de devorar metade dela enquanto morro de preguiça nessas tardes cinzentas e chuvosas, assistindo a episódios de Girls, meu novo seriado favorito, e que, na minha opinião, é infinitamente mais interessante e inteligente que Sex and The City – que eu gostava, na época, vi inteiro, mas sempre me fazia sentir... estranha. Inadequada, principalmente.

Andei mesmo desenvolvendo uma teoria de que parte da culpa de a mulherada andar tão tresloucada e autodestrutiva é culpa da imagem feminina projetada pelo seriado e almejada pela maioria das mulheres hoje. Mas pode ser só uma viagem minha. Confesso que sou muito mais fã da imagem da escritora do Girls, que... bem... me parece mais próxima da realidade. Quão triste é o fato de me identificar com Hannah e não com Carrie? Não sei. Talvez não muito, na verdade.

Dicas preciosas:
  • para fazer o sour cream (creme azedo), preencha quase toda uma xícara de creme de leite fresco / pasteurizado e termine de preencher os mililitros faltantes com vinagre branco ou suco de limão. Misture bem e deixe pelo menos meia hora em temperatura ambiente. (Se um dia quiser aquele sour cream mais grosso, para comer com nachos, deixe umas duas ou três horas.) Não se deixe enganar por aquela marca de sour cream que andou aparecendo no mercado. Ela é cheia de espessantes e porcarias. :P  
  • não apresse a massa. Tenho feito as melhores tortas da minha vida agora que parei de teimar contra o relógio e a temperatura e realmente deixei a massa gelar o suficiente antes de abri-la. Se a manteiga começar a derreter e grudar enquanto você abre a massa, grandes são as chances de que ela continue derretendo no forno e a massa fique dura e seca, com uma poça de manteiga derretita no fundo da forma. Gelada e firme, a manteiga derrete na hora certa, criando lindos bolsões de gordura e ar na massa e deixando-a leve e flocosa, ligeiramente crocante e derretendo na boca. 
  • Ainda no caso dessa torta, não espere as bordas ficarem muito douradas antes de colocar o recheio, ou elas virarão carvão antes que o recheio firme. 
  • Sente-se no sofá, embaixo de uma coberta, assista a Girls e se sirva de um enorme pedaço de torta.
TORTA DE MIRTILOS E SOUR CREAM
 (do excelente Bon Appétit Desserts)

Ingredientes: 
(massa)
  • 1 1/4 xic. farinha de trigo
  • 1/2 xic. (115g) manteiga sem sal, gelada, cortada em cubos
  • 2 colh. (sopa) açúcar cristal orgânico
  • 1 pitada de sal
  • 3 colh. (sopa) ou mais de água gelada
(recheio)
  • 1 xic. sour cream
  • 3/4 xic. açúcar cristal orgânico
  • 2 1/2 colh. (sopa) farinha de trigo
  • 1 ovo grande, orgânico, levemente batido
  • 3/4 colh. (chá) essência de amêndoas (ou menos, de acordo com o gosto)
  • 1/4 colh. (chá) sal
  • 2 1/2 xic. de mirtilos (frescos ou ainda congelados)
(farofa)
  • 6 colh. (sopa) farinha de trigo
  • 1/4 xic. manteiga sem sal, gelada, cortada em cubos
  • 1/3 xic. nozes pecã picadas
  • 2 colh. (sopa) açúcar cristal orgânico

Preparo:
  1. Misture a farinha, manteiga, açúcar e sal no processador até que fique com textura de de farofa grossa. (Ou use os dedos, ou garfos, rapidamente, para não derreter a manteiga.)
  2. Junte a água gelada e misture apenas até que a farinha pareça toda umedecida. (Não espere formar uma bola no processador; pois isso quase sempre sova em excesso a massa e ela acaba encolhendo no forno.)
  3. Junte as bolinhas soltas de massa com as mãos e aperte-as juntas até que fique uma massa coesa. 
  4. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por no mínimo 30 minutos e no máximo 1 dia. (Tenho embrulhado em papel alumínio, de modo que eu possa usar o mesmo alumínio para cobrir a torta com os feijões no forno, evitando o desperdício do filme plástico.)
  5. Pré-aqueça o forno a 205ºC. Abra a massa com o rolo numa superfície ligeiramente enfarinhada até que forme um disco de 33cm.
  6. Transfira para uma forma de torta (de preferência de vidro refratário) de 22-23cm. Apare o excesso, deixando uma borda de 1cm, mais ou menos e arrumando a borda de um modo decorativo, se souber como. Congele por 10 minutos. 
  7. Forre a torta com papel alumínio, inclusive as bordas, e preencha a cavidade com feijões. Asse até que as laterais estejam firmes o bastante para que não tombem, cerca de 15 minutos. Remova os feijões e o alumínio.
  8. Numa tigela, misture o sour cream, açúcar, farinha, ovo, essência e sal. Junte os mirtilos. Despeje dentro da massa da tortae asse até que o recheio esteja apenas o bastante firme para que a farofa não afunde depois, cerca de 25 minutos.
  9. Use seus dedos para formar uma farofa com a farinha e a manteiga restantes. Misture as pecãs e o açúcar. Polvilhe uniformememte sobre a torta e asse novamente, por cerca de 12 minutos, até que a farofa esteja ligeiramente dourada. Esfrie a torta completamente numa grade e sirva em temperatura ambiente.  
[UPDATE: Giuliana, querida leitora, enviou-me nesse meio tempo o seguinte link, ensinando a produzir extrato caseiro de amêndoas da mesma forma que o de baunilha:
http://www.glueandglitter.com/main/2012/04/16/homemade-almond-extract/
 Vou testar com certeza, e achei que valeria dividir o link com vocês também. ]

18 comentários:

Junji Takeda disse...

Pergunto-me se seria possível fazer com outra frutas senão mirtilos, apesar de conseguir encontrar aqui com facilidade, até... Tentarei fazer essa torta, assim que eu parar de escrever cinco relatórios por semana e três seminários por mês.

Abraços

Junji

Patricia Scarpin disse...

Agora esta torta está na minha lista também, Ana - a sua parece deliciosa, ficou lindona! Adoro tortas de fruta também.
Quanto ao seriado, sempre me diverti muito SATC, talvez por não gostar da Carrie e curtir as outras meninas, especialmente Samantha e Miranda (a última com quem eu me identificava às vezes). Preciso ver "Girls" - a Sasha Stone, do Awards Daily, falou super bem, e agora vc... Não tenho mais desculpa.
Bj!

raq disse...

concordo sobre girls. é muito bom. virei fã da autora, tão novinha.

Paula disse...

Hahaha, tb super me identifico com a Hannah!
Já experimentou usar algum licor à base de amêndoas no lugar da essência? Fica bom também!
Bj em vc e no seu menininho.

Isadora disse...

demais a sua critica!!! não reclamamos dos produtos de pessima qualidade dispostas em nossos supermercados! torta deliciosa!!

http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

Cynthia Nogueira disse...

Não imagino onde encontrarei mirtilos nesta época do ano, a não ser na gôndola de congelados so hiper mercado. Medo de que tenham apenas gosto de borracha!!
Mas o marido formigueiro fez cara de pidão e a torta é muito fácil para escapar.
Deve ser dificl não comer dela o tempo todo.

PS: pergunta chata: o seu bebê te deu trabalho para comer vegetais? O meu só quer saber de arroz, feijão e carne! Pari um peão!

Juliana disse...

Ana!
o link pra essencia me encaminha pra uma linnnda 404 NOT FOUND. pode checar?

obrigadinha
Ju

Ana E.G. Granziera disse...

Juliana,
o link já foi arrumado, obrigada por avisar.

Cynthia,
usei mirtilos congelados. Aliás, dependendo da "marca" eles são não só mais baratos, como mais saborosos que os frescos. Mirtilo fresco no supermercado aqui do lado de casa é um roubo. Quanto ao bebê, o Thomas comia muito bem até fazer um ano; praticamente qualquer coisa que eu colocasse na frente dele. Agora começou a ficar meio chatinho. Num dia come quinua, no outro dia não come. Aí só come macarrão. Na terça adora abobrinha, na quarta joga no chão. Quase sempre quando ele não come NADA é porque não está com fome mesmo, ou tem sono. O apetite dele diminuiu muito depois que fez um ano, e estou vendo que se ele comer um pãozinho a mais no café, não quer nada no almoço e sai procurando lanche no meio da tarde. A gente vai se adaptando. Só tento nunca substituir o que ele não gostou por outra coisa. Quer, quer. Não quer, pára tudo e tira do cadeirão e come no jantar. Morrer de fome, ele não morre. Aliás, tá crescendo um absurdo. :)

bj

Juliana disse...

obrigada, Ana.!

estava também a pensar sobre os mirtilos... atualmente compro do fornecedor de orgânicos que você deu a dica e não vi nas ultimas listas... estava me perguntando. rs

beijão

ju

Raquel disse...

Lindas as suas fotos, Ana. Assim que puder farei essa receita! Dá pra substituir por outras frutinhas vermelhas, né não? ;)
Um abraço!

Anônimo disse...

Ana, se você quiser muito o extrato, tem um site - beanilla.com - que exporta favas de baunilha e extratos naturais. Uma vez fiz esta doidice - aliás, inspirada em seu blog! Não conhecia baunilha natural e não as achava em Recife. Então pedi neste site, que me enviou oito tipos de baunilha diferentes, que chegaram direitinho aqui em casa! Só assim pude executar algumas de suas receitas... :-)
Além das baunilhas, há extrato de amêndoas, limão, laranja, anis e outros. Se o total de seu pedido, incluindo o frete, não ultrapassar 50 dólares, não há imposto. Ainda agora simulei uma encomenda e poderia pedir 4 extratos e dez favas de baunilha por menos de 50 dólares incluindo o frete para Recife. Quando o dólar era 1,50 era melhor, claro, mas ainda dá pra fazer a "doidice" uma vez ou outra... :-)

Inês Demétrio

cristina disse...

Que torta linda!E que dicas boas. Farei tudo assim que puder.

Ana, como você compra a baunilha em favas? É praticamente impossivel achar aqui onde eu moro. :( Se alguém souber, me fala?? é em Brasília. o/

Regina Gaspar disse...

Mas que bela tarte!! Tenho ali uma caixa cheia de lindos mirtilos e vão direitinhos para esta tarte. Obrigada pela partilha.

Anônimo disse...

Oi Ana, tudo bom?
Outro site bem legal pra comprar essas coisas que não se acha aqui é o Iherb. O extrato de amêndoas, por exemplo, está USD 4,21: http://www.iherb.com/Simply-Organic-Almond-Extract-2-fl-oz-59-ml/31342

Ainda tem sementes de papoula, cacau da Ghirardelli... Muitas coisas legais. Demora um pouquinho pra chegar, mas chega. :)
Neyara
p.s.: vou dar uma olhadinha nesse seriado, valeu a dica.

Unknown disse...

Olá Ana, acompanho seu blog há alguns dias, pois tenho um bebê de 4 meses e estava procurando receitas saudaveis e descobriu seu blog foi maravilhoso, é uma pena aqui em Brasilia não encontrar muitos dos ingredientes que vc cita nas receitas ou quando encontro é muito caro, mesmo assim vou a Sampa no inicio de julho e vou aproveitar para fazer a festa no mercadão... pode me passar dicas de chocolate para fazer as receitas. obrigada

déboraC, disse...

Adorei essa receita. Mas, como não encontrei mirtilos, fiz com uva. Ficou uma delicia :)

Camila disse...

Amei a dica do extrato natural de amêndoas, há mto procurava por isso, não gosto de nada artificial. Obrigada! Bjs

CRISTIANE LARA disse...

Oi Ana, tudo bem ? Amo tortas de frutas e essa sua está bem linda e parece muito gostosa também ! Parabéns ! Beijocas

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails