terça-feira, 28 de junho de 2011

Sempre garantidos blinis de agrião com chantilly de cominho

Não esperava que meu pequeno matador de dragões fosse também um tão prodigioso produtor de xixi. Mamando feito um ogro esfomeado, tive de passá-lo para fraldas maiores, imensas, que fecham no melhor estilo "Saint-Tropeito", antes que seu tamanho estivesse adequado, uma vez que as fraldas "corretas" não aguentavam mais o tranco. Ainda assim fui pega de surpresa. Estava me acostumando às maravilhosas 6 a 8 horas de sono ininterrupto, quando Thomas voltou a acordar de madrugada, entre 2 e 4 da manhã, reclamando de fraldas cheias e, uma vez desperto, fome, provavelmente por conta do tempo frio.

Esse retorno ao sono interrompido tem me deixado capenga, e muito pouco ansiosa para voltar ao trabalho. Foi um retrocesso inesperado na minha rotina. Mas, como mãe agora, parece-me mais correto esperar pelo inesperado, conformar-me e não criar muito caso a respeito. Ver meu cavaleito ítalo-germânico crescendo e ficando forte compensa meu eu-zumbi, e saber que essa rotina não será para sempre me alivia.

O que é esperado, no entanto, é o destino do primeiro maço de agrião orgânico que aparece em minha casa. Há já alguns anos eles se transformam imediatamente em blinis, essas panquecas de fermento biológico, servidas com chantilly de cominho. A ideia de um chantilly salgado parece estranha, mas fica deliciosa com as panquecas de agrião.

BLINIS DE AGRIÃO COM CHANTILLY DE COMINHO
(da revista Saveurs)
Tempo de preparo: 1h20m
Rendimento: 4 porções

Ingredientes:
  • 160g farinha de trigo
  • 2 ovos orgânicos
  • 200ml leite
  • 50ml creme de leite fresco
  • 20g fermento biológico fresco ou 7g fermento biológico seco
  • 5g sal
  • 1 maço de agrião
(chantilly)
  • 100ml creme de leite fresco
  • 1/2 colh. (sopa) cominho moído
  • 1 pitada de sal

Preparo:
  1. Lave e seque bem o agrião. Pique-o bem, descartando os talos mais grossos.
  2. Aqueça um pouco o leite (não deixe passar de 60ºC) e reserve. Numa tigela, esmigalhe o fermento junto à farinha.
  3. Separe os ovos e reserve as claras fora da geladeira. Bata as gemas com o creme e o leite morno. Incorpore aos poucos a farinha com o fermento, obtendo uma mistura homogênea. Salgue e deixe repousar em temperatura ambiente por 1 hora pelo menos. 
  4. Prepare o chantilly, batendo o creme com o cominho e o sal, e reserve na geladeira até a hora de servir. 
  5. Passado o tempo de fermentação, bata as claras em neve e incorpore-as delicadamente à massa. Junte o agrião picado. 
  6. Aqueça uma frigideira com um fio de óleo e despeje porções da massa, do tamanho que quiser. Cozinhe cerca de 2 minutos de cada lado e sirva os blinis quentes, com o chantilly à parte.

13 comentários:

CRISTIANE LARA disse...

Oi Ana, que bom que vocês estão bem e saudáveis :).
Adorei esses blinis de agrião ! Além de lindos, parecem muito gostosos com esse chantilly. Hummm...Mais uma receita para testar. Beijocas

Ligia disse...

Ana, que boa ideia pra usar o agrião! aqui em casa, metade do maço tem ido pras papinhas do meu filho, e metade eu uso em sopas pros adultos, mas estou ficando meio enjoada. tua receita veio a calhar!e sabe que meu filhote está com quase 1 ano e passando pela mesma coisa que o teu: voltou a acordar durante a noite, por causa da fralda encharcada (acontece com todos os bebês, no inverno, já que eles transpiram menos). eu já estava quase comprando um pacote GG, mas decidi aumentar a temperatura do aquecedor no quarto e com isso, ele fica mais quentinho, até dá uma transpiradinha, e dorme a noite toda...tenta aquecer um pouco mais teu filho, quem sabe ele não se anima e volta a dormir como antes?

Anônimo disse...

Ana! Saudades dos seus posts tão espirituosos e das deliciosas receitas!

miosotiis disse...

Adoro agriões crus, em saladas, mas estes blinis...estão a piscar-me o olho! :D
E com chantilly salgado... vou experimentar de certeza! Até porque não gosto do doce :P

saborcomletras disse...

Ana, minha mãe diz que depois que se tem filho o sono nunca mais será o mesmo. Explico: Nessa fase você já percebeu os motivos, na medida em que se vai crescendo a mãe continua preocupando se saiu, com que, se já voltou... ela diz que mesmo depois que o filho sai de casa as mães ainda têm um sono leve sempre uma preocupação com o filhote... que para as mães nunca crescem. Mas é isso maternidade é uma coisa linda, um amor incondicional... tudo vale a pena, sempre! Abraços, Adriana.

Anônimo disse...

Oi Ana,

Gostei muito dessa receita, aliás é genial, vou testá-la.

Ah! Faz um tempão que tento me adaptar.... Mas compensa nos deixa mais versáteis e por sua vez criativas. Sempre assim menos de um lado mais do outro.

Um beijo pros tres Miti

angela disse...

Oba! Farei!
Tomara que ele seja como o meu segundo filho que largou as fraldas noturnas também aos dois anos!

leila disse...

Acho q sou uma mãe desnaturada, pq durmo feito pedra... Ana, se isso te consola, para a maioria dos bebês a rotina noturna melhora 200% do terceiro para o quarto mês. Seja firme no treinamento de guerra, que o soldado vai responder uma hora ou outra. Guenta firme que logo sua vida vai voltar quase ao normal! Muitos beijos e abraços e felicidades

Leila disse...

a próposito, tb estou usando o truque do aquecedor e meu filho de 11 meses já fazendo menos xixi à noite. ele também estava acordando encharcado... eu uso um aquecedor a óleo e deixo a porta entreaberta, mesmo assim aquece legal pra ele dormir.

Barida disse...

adorei essas panquecas, que ideia tão original :)

Patricia Scarpin disse...

Fiquei bem curiosa com esse chantilly salgado, Ana. E não me lembro de ter comido blinis (acho que nunca, mesmo). Adorei a idéia de colocar agrião na massa, adoro essa folha.

xx

Anônimo disse...

Acabei de almoçar essas coisinhas macias e saborosas....

Aprovadissima

cronicas gulosas disse...

Nunca pensei em blinis de agrião, e adorei isto. Prometem sucesso no próximo jantar. Abs e obrigado

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails