quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Cookies de firma e de corrida

Fiquei contente quando meu marido me pediu para que fizesse cookies para levar para a firma. Havia tempos que estava louca para preparar cookies, e o pedido foi perfeito, uma vez que poderia me divertir cozinhando sem ter de me preocupar em comê-los depois.

Escolhi uma receita de Dorie Greenspan, de cookies bem à la Nestlé Toll House. Deixei a manteiga e os ovos fora da geladeira e saí para uma reunião que duraria toda a tarde, sabendo que na volta estaria tudo à temperatura ambiente, pronto para ser usado. Voltei feliz e contente, abri o livro na página marcada e comecei a separar os outros ingredientes, quando percebi que deixara menos manteiga preparada do que deveria. F*ck. Eu tinha reservado aquele tempo para os biscoitos, e não sabia se estaria sossegada nos dias subseqüentes. Corto pela metade? Hmmm... A receita produziria 45. Talvez vinte e poucos fossem de fato... poucos. Não sabia quanta gente os comeria, e ainda queria levar alguns para o pessoal da corrida. A solução estava em uma das adaptações sugeridas pela própria Dorie: manteiga de amendoim no lugar de parte da manteiga. E lá vamos nós.

Os cookies ficaram excelentes em sabor e textura, e foram muito fáceis de fazer. Tive de substituir parte do açúcar mascavo por açúcar demerara, no entanto (coisa que faço muito), pois o primeiro acabou no meio da receita. Importante: a manteiga de amendoim utilizada é SEM SAL E SEM AÇÚCAR; na embalagem constam os seguintes ingredientes: Organic Dry Roasted, Unblanched Valencia Peanuts. Ou seja, apenas amendoins torrados com pele e moídos. Ponto. Caso não encontre nada parecido, recomendo usar a marca com menos aditivos (mas não tenho como garantir que fiquem iguais), ou esquecer dos amendoins e preparar a receita com manteiga mesmo, usando um total de 225g de manteiga sem sal (1 + 1/8 de tablete).

Mas espere um momento: nada deu errado? Nenhum desespero? Nenhuma aflição? Nenhuma anedota para divertir o leitor? A-há! Claro que tem. Sempre que faço cookies, acho que vou produzir cookies do tamanho das receitas brasileiras: biscoitinhos delicados, com uns 3-4cm de diâmetro. Distraída, nem me dei conta de que os 45 cookies que a receita produzia eram grandes, com cerca de 7-8cm. Depois de 4 fornadas rápidas, tendo produzido biscoitos ainda um pouco menores do que os pedidos na receita, fiquei olhando para o tupperware grande lotado e mais o saco de biscoitos que aquela noite rendera, e imaginei como faria para distribuir todo aquele monte de açúcar (conseguira 56 cookies)! Sorte minha que eles fizeram sucesso...

COOKIES DE MANTEIGA DE AMENDOIM E CHOCOLATE
(quase nada adaptado do livro Baking - From my Home to Yours)
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 45-55 cookies


Ingredientes:
  • 2 xíc. de farinha de trigo
  • 1 colh. (chá) de sal
  • 3/4 colh. (chá) de bicarbonato de sódio
  • 200g (1 tablete) de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 1/2 xíc. de manteiga de amendoim orgânica
  • 1 xíc. de açúcar cristal orgânico
  • 1/3 xíc. de açúcar mascavo escuro orgânico
  • 1/3 xíc. de açúcar demerara (ou cristal orgânico escuro)
  • 2 colh. (chá) de essência de baunilha
  • 2 ovos grandes orgânicos em temperatura ambiente
  • 200g de chocolate amargo picado

Preparo:
  1. Pré-aqueça o forno a 190ºC. Forre duas assadeiras com papel-manteiga.
  2. Em uma tigela, misture a farinha, o sal e o bicarbonato e reserve.
  3. Na batedeira, misture a manteiga e a manteiga de amendoim em velocidade média, até que fique homogêneo e cremoso (cerca de 2 minutos).
  4. Junte os açúcares aos poucos, batendo por mais uns 2 minutos, até que esteja tudo bem misturado. A massa terá uma aparência um pouco granulosa. Misture a baunilha.
  5. Adicione os ovos, um de cada vez, batendo por 1 minuto após cada adição.
  6. Desligue a batedeira. Adicione a mistura de farinha, em 3 partes, misturando com uma espátula após cada adição, apenas o suficiente para que a farinha esteja bem incorporada. Não misture demais. Não tem problema se a massa parecer um pouco empelotada. Junte o chocolate picado e misture para distribuí-lo bem.
  7. Distribua porções de massa ligeiramente arredondadas do tamanho de uma colher de sopa nas assadeiras, deixando uns 5cm entre cada uma, pois os biscoitos espalham bastante. Asse a primeira assadeira por 12-13 minutos, ou até que a parte de cima esteja dourada e as beiradas amarronzadas. Os cookies saem ainda bastante moles do forno, e endurecem enquanto esfriam. Retire-os e deixe que descansem na própria assadeira por 1 minuto. Remova-os com uma espátula de metal, cuidadosamente, e deixem que esfriem até temperatura ambiente em uma grade ou um prato. Repita com a outra assadeira. Enquanto estes assam, prepare a próxima, na primeira assadeira novamente forrada de papel-manteiga, que já deve ter esfriado um pouco (se suas assadeiras forem tão pequenas quanto as minhas).

DICA DA PRÓPRIA DORIE: Se não quiser assar os biscoitos no dia, a massa pode ser coberta com filme plástico e refrigerada por até 3 dias, ou congelada. Para congelar, distribua a massa na assadeira como se fosse assar os biscoitos e leve a assadeira ao freezer. Quando as bolas de massa estiverem duras, coloque-as em um saco bem fechado. Para assá-los, não é preciso descongelar: coloque na assadeira forrada e deixe 1 minuto a mais no forno, ou quanto for necessário.

9 comentários:

Clarissa Fondevila disse...

Oi Ana,
Estava lendo seu blog com meu príncipe (de 1 ano e meio) no colo e ele adorou a nonna, acredita? Ele apontava a nonna e falava: "papa, papa"... Percebeu rapidinho que ela estava cozinhando...
Bjs

Mari Rezende disse...

Ana, eu amo amo amo amo cookies... Esse toque da manteiga de amendoim deve ser o máximo!!
Sou como você e gosto de fazer "biscoitinhos bonitinhos", mania herdada da minha avó mineira. Mas fazer isso com cookies é uma fria: eles acabam rendendo demais e a gente não sabe o que fazer com tantos, a não ser comer tudo (o que é um problema sério, né? Hehehehehe!)

Beijinhos!

Ana Elisa disse...

Clarissa,
que bom! Precisava me inspirar e fazer mais ilustrações com ela...

Mari,
É, fica muito gostoso, e olha só: manteiga de amendoim não tem colesterol! Ou pelo menos era o que dizia na embalagem. Então os cookies ainda ficam mais... ahn... saudáveis! hahahah! Pessoalmente, adoro cookiezinhos pequenininhos, desses prá comer com café. Mas os cookies grandes têm a vantagem de ficarem crocantes por fora e mais macios e resistentes por dentro... Delícia! Ai, e eu só comi 2... snif...

Beijos!

BETO disse...

Os cookies ficaram muito bonitos e com certeza gostosos. Se eu estivesse aí por perto não haveria problema para distribuir mais cookies. Abraços.

Fernanda disse...

Mas Ana, me conta uma coisa...Conseguiu resistir à estes cookies deliciosos??
Bjss

Ana Elisa disse...

Fernanda,
pois é... mais ou menos. Comi um no dia para ver se tinham ficado bons (afinal, regra número 1: nunca servir nada sem ter experimentado); comi outro de manhã, junto com o pessoal da corrida. E ontem à noite... não resisti e peguei mais dois. Ai, ai, ai... Danou-se.

Beijos.

Fernanda disse...

Tem problema não Ana e compreendo totalmente, eu também nunca ofereço nenhuma comidinha feita por mim sem primeiro provar ;)
Mas continue firme na dieta e espero que o desejo de doce fique longe por uns tempos depois do pudim delícia que vc fez, deve ser super levinho e saboroso. Enjoy ;)

Simone Izumi disse...

eita lele...
ana, as suas jornadas na cozinha são tão intensas e caricatas (tipo, ,fico imaginando o seu semblante...rsss) que sempre termino o seu post com um sorrisinho no canto da boca.
esses cookies são do tipo chewy ou crocantes??atiçou a lombriga mãe.
bjs

Ana Elisa disse...

Fernanda,
pode deixar!

Simone,
eles são mais crocantes, com o centro ligeiramente "chewy".

Beijos!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails