sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Mais um motivo para você preparar esse panettone (Updated)

"Allex, quer café?"
"Quero."
"Quer um pedaço de panettone?"
"Quero."
(Fatia, bota no prato, dá uma mordida, bebe o café, dá outra mordida.)
"Ô, muito bom esse panettone!"

Iêeeeei! Mais um chocottone-lover convertido!
Único aviso: o melhor é fazer panettones menores, de meio quilo no máximo e sair dando de presente, pois é ideal que ele seja comido em uns 2 dias. Ao contrário da versão industrial cheia de melecas químicas, este, como todo pão caseiro, seca rapidinho. Hoje, terceiro dia, ele ainda está saboroso, mas mais sequinho. Amanhã vai virar pavê (triffle) ou pudim de pão (bread-and-butter-pudding).

[UPDATE: Passaram-se já alguns dias e o panettone continua firme e forte, delicioso e leve, só um pouco mais seco que no dia em que o fiz. Estava torcendo para que ficasse logo "amanhecido", para que pudesse transformá-lo em alguma divina e cremosa sobremesa, mas, pelo visto, vou acabar com o benedetto às fatias antes que isso aconteça.]

2 comentários:

Laurinha disse...

ou torradinhas, ou um zuccoto diferente... ói eu dando sugestão, eita!
Beijinhos,

Ana Elisa disse...

Sugestões são sempre bem-vindas!! No fim o bichinho ainda não secou o suficiente para ficar incomível, então é capaz de eu acabar com ele e não fazer nada! hehehe...
;)

Beijos!

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails