domingo, 9 de dezembro de 2007

Bolo triplo de chocolate e cerejas triplamente fácil


Depois do desastre do último bolo que tentei fazer com o braço imobilizado, saí para comprar cerejas glaceadas, como pedia a receita original, na esperança de agora produzir um bolo condizente com a foto do livro. Alguns dias depois, porém, já não tinha vontade de comer um bolo simples: a gana por bolo de frutas fora substituída por um desejo por chocolate.

Meu primeiro impulso foi adaptar a receita. E aqui vai a dica:

Para transformar qualquer bolo branco em um bolo de chocolate, não basta acrescentar cacau em pó. Como ele contém amido, ele absorve umidade, e por isso deve-se também reduzir proporcionalmente a quantidade de farinha, para que a consistência do bolo permaneça a mesma. Reduza a farinha em 37,5% da quantidade de cacau acrescida à massa. Ou seja, se você usar 100g de cacau, retire 37-38g da medida de farinha. A quantidade de cacau usada vai depender de suas intenções, se você quer um bolo mais suave ou mais forte, mais doce ou mais amargo. Atenção: é cacau em pó, e não chocolate em pó.

Porém, acabei desistindo de alterar a receita. Não porque não confiasse nos resultados, mas porque assisti a um episódio de Nigella Feasts, no GNT, em que ela preparava um "Quadruple Chocolate Pound Cake" que me fez salivar em frente à TV. A adaptação, então, foi muito pequena: substituí as gotas de chocolate pelas cerejas glaceadas, preparadas como na outra receita, e troquei as raspas de chocolate meio-amargo por raspas de chocolate branco. A massa do bolo tem um sabor muito mais suave do que eu pensara, mesmo com o xarope de chocolate, e ficou muito, muito macia. As cerejas, da mesma forma, não dominaram o bolo, pontuando-o de forma equilibrada com sua doçura e vermelhidão. E o chocolate branco, ainda que eu buscasse com ele um efeito muito mais visual que de sabor, acabou por trazer um elemento doce e leitoso interessante para a austeridade do cacau. Aprovadíssimo.

BOLO TRIPLO DE CHOCOLATE E CEREJAS
(Ligeiramente adaptado de Nigella Feasts)
Tempo de preparo: 1h30 + tempo para esfriar
Rendimento: 1 bolo inglês grande


Ingredientes:
(massa)
  • 1 1/3 xíc. de farinha de trigo
  • 1/2 colh. (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1/2 xíc. cacau em pó belga
  • 1 1/3 xíc. de açúcar cristal orgânico
  • 1/3 xíc. de creme azedo
  • 175g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 2 ovos extra-grandes orgânicos
  • 1 colh. (chá) essência de baunilha
  • 1/2 xíc. de água fervida
  • 1 xíc. cerejas glaceadas
(xarope)
  • 1/2 xíc. de açúcar cristal orgânico
  • 1 colh. (chá) de cacau em pó belga
(acabamento)
  • chocolate branco em barra (de qualidade; manteiga de cacau como única gordura)

Preparo:
  1. Corte as cerejas ao meio, lave-as embaixo da torneira aberta em uma peneira, seque-as com papel toalha e passe-as ligeiramente em um pouco de farinha, chacoalhando para retirar qualquer excesso. Reserve.
  2. Em um liqüidificador potente ou processador de alimentos, bata os ovos, a manteiga, o creme azedo, a baunilha e o açúcar. Vá acrescentando a farinha, o bicarbonato e o cacau peneirados, intercalando com a água quente. Despeje em uma tigela e misture as cerejas enfarinhadas.
  3. Forre uma forma de bolo inglês grande, de aproximadamente 27x11cm, com papel alumínio. Não é preciso untar. Despeje a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido a 170ºC por 1 hora, até que esteja crescido, com rachaduras leves na superfície abaulada e que um palito saia limpo quando inserido em seu interior.
  4. Retire do forno e faça furos na superfície do bolo até o meio. Misture em uma panela os ingredientes do xarope e leve ao fogo até que fique homogêneo e reduzido a um xarope mais espesso. Coloque a forma do bolo dentro de uma assadeira (para não fazer sujeira) e derrame devagar o xarope quente sobre o bolo, para ele entre nos furos e a massa absorva o líquido. Parecerá líquido demais, mas não é.
  5. Pegue uma barra de chocolate branco, vire a parte lisa para cima e tire lascas com um descascador de legumes. Espalhe-as sobre o bolo. Deixe-o esfriar completamente antes de desenformá-lo e retirar o papel alumínio cuidadosamente. O bolo fica mais firme de um dia para o outro.

16 comentários:

Smas disse...

Bem!!!!
Que belo aspecto tem este bolo!!!!
Vou ter de experimentar muito, muito em breve...
Adorei!
Bjs

Laurinha disse...

Gostei da proporção para substituição de far por cacau - sempre fiz 1 pra 1... vou anotar.
Beijinhos

Ana Elisa disse...

Esse bolo acabou rapidinho, rapidinho... E mesmo quem não é fã de cereja em bolo, e foge de um floresta negra, comeu e gostou. Recomendo de boca cheia!

Gabi disse...

Adorei o bolo!

Tenho cerejas frescas do Natal, dá adaptar na receita?

:)

Ana Elisa disse...

Oi, Gabi!
O bolo realmente é muito gostoso!
Cerejas frescas comportam-se bem em bolos e tortas, então não vejo problemas na substituição (sem caroço, é claro). Ainda que eu acredite que não vá sobrar nada dele, cuidado apenas com as cerejas frescas, pois elas deterioram rápido num bolo pronto, ainda mais nesse calor. Então, só fique de olho nisso!
Depois me conte como ficou!

Abraços e feliz ano novo!

Gabi disse...

Oi Ana,

Obrigado pela dica, fiz ele hj para o almoço de Ano Novo, fiquei um pouco receiosa no começo,mas o resultado foi ótimo, ficou lindo e mto gostoso. Tem uma foto dele no meu Flickr http://www.flickr.com/photos/cerola/2156610912/

Obrigado pelas dicas. :)
Bjos e Feliz Ano Novo.

Ana Elisa disse...

Oi, Gabi!

Que bom que o bolo deu certo! É, quando você termina de fazer a massa, não dá a impressão de que vai sair bolo daquilo, mas sai! Vi no Flickr que vc fez alterações na receita! Adoraria saber quais! E muito legal sua foto!!

Abraços e feliz ano novo!

Lorena disse...

ola!!!

tenho algumas duvidas: o que e cacau belga, creme azedo e cereja "glaceada"??? sou iniciante na cozinha, mas amanha e meu aniversario e achei que esse bolo e uma excelente opcao para comemorar!!!

Ana Elisa disse...

Oi, Lorena.

Esse bolo é ÓOOOOOTIMO, ainda mais se você ainda está arriscando uns primeiros passos. Vamos lá:

O cacau em pó é de origem belga. Na verdade, descobri depois que o cacau da Callebaut que eu compro no Sta. Luzia é francês e não belga. É apenas uma garantia de qualidade. Uma vez comprei o da Garoto porque o Sta. Luzia estava fechado, e fiquei abismada ao ver como ele tinha cara de Nescau (marrom pálido e sem cheiro) em relação ao da Callebaut, escuro e perfumado. Isso faz toda a diferença na cara e no aroma do bolo. Mas, na falta, pode ser qualquer um que vc encontrar.

Para saber o que é creme azedo (sour cream), vá na lateral do blog e procure o link para Cremes de leite, na área de dicas e substituições.

O glacê é uma cobertura de açúcar. Logo, a cereja glaceada é a cereja conservada em uma cobertura de açúcar. Ela é "cristalizada", mas não é seca nem é em calda. Se não encontrar, omita e substitua por chocolate picado ou casca de laranja cristalizada. Só não use frutas frescas, pois elas soltarão líquido na massa e o bolo não vai pegar a textura correta. Ok?
Feliz aniversário!
Beijos!

Sabrina disse...

Adoro seu blog, principalmente por você mostrar tão bem como ter uma alimentação mais criativa e saudável!
Fiz o bolo e é muito bom, mas o xarope deixei fora, pois desde o início estranhei o fato de ser na verdade um caramelo, ficou duro, já que na receita constam apenas o açúcar e o chocolate; tem certeza que não vai nada líquido, para que se torne um xarope?
Beijo!

Vânya Lira disse...

Amei essa receita e queria muito fazê-la, mas na minha cidade não encontrei as cerejas glaceadas. Posso substituir por cerejas em calda?
Bjoss

Vânya Lira disse...

Amei essa receita. Queria muito fazê-la, mas na minha cidade não tem cerejas glaceadas. Posso substituir por cerejas em calda?

Kemelli disse...

Olá! Adorei seu bolo, mas só achei um probleminha, provavelmente devido à tradução. Você incluiu na receita bicarbonado de sódio (que em inglês is baking soda), mas na verdade eu acho que você quis dizer fermento químico (do inglês baking powder).

Obrigada pela receita, parabéns pelo bolo e tudo de bom!

Anna disse...

Achei essa receita hoje e fiquei com água na boca! Como sou maluca e também gosto de fazer minhas adaptações, resolvi procurar a receita original da Nigella e vi algumas coisas que podem ajudar as gurias com dúvidas aí pra cima:

- na receita da Nigella ela usa baking soda mesmo, não baking powder - então a tradução da Ana está correta: é pra usar bicarbonato de sódio mesmo.

- como alguém bem comentou, para a calda ficar mais líquida na receita da Nigella tem 1/2 xícara de água. Provavelmente a Ana adaptou a receita ao seu gosto, mas fiz com a água recomendada pela Nigella e deu muito certo!

No mais, bolo testado e aprovado! Obrigada pela receita!

beth strawberrie disse...

encontrei-o procurando por receitas de môlho Pêsto e achei demais o seu blogger ,adorei de bom gosto ,muito saborosissimo ,eu tambem adoro fazer doces e salgados e muitas novidades e vou fazer as suas receitas variadas ,otimas. Parabens.

beth strawberrie disse...

Parabens pelo seu blogger ,e suas receitas adoraveis ,de muito bom gosto eu procurava por receitas de molho Pêsto e achei seu blogger .

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails