segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Sardines Panées

Fui dormir ontem à noite folheando uma revista francesa Saveurs, de Agosto. Quando vi as sardinhas empanadas, fechei a revista, os olhos e adormeci pensando no almoço do dia seguinte.

Hoje, preparei-as, comi-as, lambi os dedos. Delícia. Mas sei que elas nunca mais terão esse gosto, não importa quantas vezes repita a receita. Pois ao invés da ciabatta amanhecida esfarelada, usei as últimas duas broinhas de fubá que haviam restado, sequinhas, sequinhas. O sabor sutil da erva-doce das broas com certeza enriqueceu o tempero das sardinhas. Substituí também os pinoli requisitados por castanhas de caju bem picadas, e, por fim, a menta por manjericão. Por último, as sardinhas usadas na revista tinham pele e ainda as barbatanas do rabo, mas as únicas sardinhas em lata que eu tinha eram do tipo sem pele e sem espinhas. Está bem, é praticamente outra receita. O importante é que ficaram perfeitas sobre uma cama de rúcula selvática, meu tipo favorito, mais suave.

SARDINHAS EMPANADAS
(Adaptado livremente da revista Saveurs, edição de Agosto de 2007)
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 2 porções


Ingredientes:
  • 50g de broa de milho amanhecida
  • 30g de queijo parmesão ralado
  • 1 punhado de salsa picada
  • 20g de castanhas de caju picadas
  • algumas folhas de manjericão picadas
  • 1 lata de sardinhas sem pele e sem espinhas (cerca de 6 filés)
  • 1 ovo extra-grande
  • 2 colh. (sopa) de farinha de trigo
  • 2 colh. (sopa) de azeite de oliva
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
Preparo:
  1. Esfarele o pão até virar pó. Misture-o ao queijo, castanhas, salsa e manjericão. Em outra tigela, bata o ovo com uma colherinha de leite ou água.
  2. Espalhe a farinha em um prato. Pegue os filés e, um a um, passe-os na farinha, depois no ovo batido e em seguida na mistura de pão, cobrindo-o o mais possível e separando as sardinhas empanadas em um prato.
  3. Aqueça o azeite em uma frigideira. Doure as sardinhas em fogo baixo por 3-5 minutos de cada lado. Tempere-as com sal e pimenta-do-reino moída na hora sobre uma salada de rúcula.

Um comentário:

bruna lyrio disse...

Olá, Ana Elisa! Descobri o seu blog há pouco tempo e achei muito legal, parabéns! Li os arquivos anteriores e achei muita coisa interessante. Temos uma forma de encarar a cozinha bem parecida, me identifiquei bastante. E essas sardinhas têm uma carinha ótima. Quando começar a temporada das sardinhas por aqui, vou testar a receita com elas frescas, e te conto.
Um beijo,
Bruna.

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails