quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Torta di carote

Havia semanas que essas cenouras estavam me olhando de dentro da geladeira. Como chegaram mais na cesta orgânica, resolvi me dar o luxo de fazer um bolo com elas (aproveitando também que o Gnocchi estava dormindo). Adoro bolo de cenoura com café de manhã cedo.

Ao invés de usar a receita dummy proof de minha mãe (a mesma que explodiu no forno da outra vez), resolvi testar essa outra, que leva farinha de amêndoas e limão siciliano, igualmente dando sopa na despensa. A receita é deste livrinho pequenininho e todo ilustrado que comprei na itália. Quando li o nome "Torte Rustiche come le faceva la nonna" (bolos rústicos como fazia a vovó) e vi que ele era todo diagramado como se fosse de fato um caderninho antigo, não resisti. A verdade é que, como as receitas de nossas avós, as indicações podem ser muito enganosas. Nenhuma delas indica tamanho de forma, para começar. E às vezes surgem ingredientes estranhos, em italiano, como é o caso desse bolo, que leva "frumina". Google nele, e descobri que frumina é amido de trigo ("frumento" em italiano). Como nunca vi isso na minha vida, usei amido de milho mesmo (Maizena). Também descobri que eu tinha só 150g de amêndoas ao invés de 200g, então acrescentei 50g aos 100g de farinha.

O que achei estranho nesse bolo foi o tempo que ele ficou no forno. O livro pedia 50-60 minutos em forno a 200ºC. Só que meu forno pré-aqueceu demais e acabou ficando nos 220ºC, e não dava para esperar esfriar, pois a massa levava claras em neve e o bolo corria o risco de perder volume. O que aconteceu foi que 20 minutos depois ele já estava lindo e exalando cheiro de pronto. Não, pensei, estou enganada, vou deixar mais tempo. Ledo engano. O cheiro de pronto virou cheiro de queimado. Quando completou meia hora, resolvi dar o braço a torcer e tirá-lo do forno. Palito espetado no meio e ele me pareceu prontíssimo. Desenformei e tirei o papel-manteiga, para descobrir que o fundo dele estava pretinho-pretinho. Lá vou eu com faca de pão tirar 2mm de fundo do bolo. Coloquei num prato, tirei foto que é de praxe, e agora estou esperando para experimentar e ver se está comível ou se as substituições e forno louco estragaram a receita.

Nenhum comentário:

Cozinhe isso também!

Related Posts with Thumbnails